Reavivados por Sua Palavra


JUÍZES 13 by jquimelli
24 de maio de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/juizes/jz-capitulo-13/

Não houve nenhum juiz igual a Sansão, e seu chamado também foi incomum. Na verdade, seu chamado veio através de seus pais, antes de ser concebido. Embora a esposa de Manoá lhe houvesse retransmitido a mensagem do Anjo, de forma completa e precisa, Manoá ainda duvidava. Não se tratava aqui de acreditar ou não em sua esposa, mas como Gideão, em ter certeza de que ele estava preparado para a tarefa diante dele. Manoá esperava mais instruções do que as concedidas. Para ele, certamente deveria haver mais coisas a saber para criar este menino, do que a obediência às simples ordens de Deus. Manoá precisava de um sinal e o Senhor o deu de uma forma surpreendente (vs. 19-20).

Faltou a Manoá o discernimento espiritual para reconhecer a Deus quando Ele apareceu diante de si. Mas, desde o começo, ele sabia o suficiente para orar por orientação e o Senhor respondeu a sua oração.

É reconfortante saber que Deus está disposto a trabalhar conosco, mesmo quando duvidamos de Suas palavras. Quer nos sintamos inadequados, ou simplesmente inseguros a respeito de Sua vontade, o Senhor encontrará um meio de nos fornecer a tranquilidade e a orientação de que precisamos.

Justo Morales
Southern Adventist University

Fonte: https://reavivadosporsuapalavra.org/2016/02/20/
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



JUÍZES 13 – VÍDEO COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
24 de maio de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria



JUÍZES 13 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
24 de maio de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Se você lê o livro de Juízes procurando perfeição, logo se deparará com a decepção. Depois de tudo o que Deus já havia feito até o capítulo 12 de Juízes, note o primeiro versículo do capítulo 13:

“O povo de Israel voltou a agir mal diante do Eterno. Por isso, o Eterno os entregou ao domínio dos filisteus por quarenta anos”.

A seguir, o texto prepara-nos para o nascimento de Sansão; Dale Ralph Davis intitula o capítulo assim: “Nasce Sansão o salvador”. Salvador?

Sim! Roy E. Gane diz que “Sansão foi um libertador especial a quem Deus escolheu antes do Seu nascimento”. Por quê? Porque embora eles O tivessem abandonado, “Deus, em Sua grande misericórdia, não abandonara os israelitas”.

Todo nascimento de uma criança neste mundo é um milagre divino; porém, o nascimento de um bebê por uma mulher estéril (impossibilitada de engravidar) é bem mais impactante e mais miraculoso. Sansão, nitidamente, foi fruto de um milagre (vs. 2-3). Contudo, isso não resolve o problema da nação em pecado.

Sansão foi um milagre de mãe estéril. Manoá e sua esposa receberam não só a visita de um anjo, mas orientações divinas dele. Ao crescer, Sansão foi abençoado por Deus… e foi guiado pelo Espírito Santo. Eis o início da história do homem mais forte do mundo; do qual, através dele Deus começaria a livrar Israel das mãos dos filisteus (vs. 4-25).

• Acaso Deus omitiu alguma orientação?
• O que mais Deus deveria fazer?
• Faltou algo a Sansão para permanecer nos caminhos do Senhor?
• Os pais de Sansão foram totalmente consagrados?
• Sansão tornou-se o líder mundial mais consagrado e poderoso?

Sansão era narizeu antes de nascer. “Deus instituiu o chamado ao narizeado para ajudar a reforma e sociedade hebraica (Amós 2:10-12). A promessa de ser temperante era parte fundamental dessa reforma. Hoje, quando a maior parte do mundo está embriagada com o vinho de Babilônia (a contrafação espiritual) e também degenerada com o vinho pelos hábitos de comer e beber, a vida de abstinência é especialmente recomendada” (Gane).

• Hoje, Deus quer pessoas que se consagrem a Ele!
• Não importa se o ambiente é favorável ou não, a decisão de servir a Deus está em tuas mãos!
• Temos muito a crescer!

“Reaviva e reforma-nos, Senhor!” – Heber Toth Armí.



JUÍZES 13 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
24 de maio de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Então, Manoá orou ao Senhor e disse: Ah! Senhor meu, rogo-te que o homem de Deus que enviaste venha outra vez e nos ensine o que devemos fazer ao menino que há de nascer” (v.8).


Do nascimento à morte de Sansão, temos o cenário da história de Israel. Deus gerou de Abraão uma nação que deveria ser consagrada a Deus. Até ali, todos os juízes de Israel foram indicados por Deus quando já em fase adulta. Desta vez, o Senhor estabeleceu que o próximo juiz fosse consagrado a Ele “desde o ventre de sua mãe” (v.5). Para anunciar a inesperada gravidez, o próprio Jesus apareceu e orientou a futura mamãe consoante às restrições que envolviam o nazireado. Atordoado com a notícia dada por sua mulher, “Manoá orou ao Senhor” (v.8), a fim de que o Mensageiro celeste novamente aparecesse e lhes ensinasse o que deveriam fazer ao menino que havia de nascer.

Manoá acreditou nas palavras de sua mulher, creu que o menino nasceria, mas agora a sua real preocupação era sobre uma nova missão: a de ser pai. E pai de uma criança cujo nascimento moveu um Ser celestial a descer para dar a notícia. Ele não duvidou das palavras de sua mulher, nem tampouco orou para ter a confirmação, ele orou como um pai de primeira viagem que necessitava de auxílio. Sabemos que Israel aguardava a chegada do Messias, e o fato do nascimento de Sansão ter movido o Céu para anunciar, provavelmente encheu de expectativa o coração do velho pai. Como educar aquela criança? Qual seria “o modo de viver do menino e o seu serviço”? (v.12).

Vendo a sincera preocupação de Manoá, Deus ouviu a sua voz, “e o Anjo de Deus veio outra vez à mulher” (v.9). Correndo para chamar seu marido, os dois se apressaram em comparecer perante o Anjo do Senhor. A Sua tremenda aparência lhes causou grande temor, mas ao mesmo tempo alegria e gratidão. O convite para uma refeição era prova disso. Contudo, as respostas quanto à identidade daquele Mensageiro deveriam por si só revelá-la. “Ele respondeu: Eu sou” (v.11); “Por que perguntas assim pelo Meu nome, que é Maravilhoso?” (v.18). Quando Jesus apareceu a Moisés, Ele disse: “Assim dirás aos filhos de Israel: Eu Sou me enviou a vós outros” (Êx.3:14). A respeito de Jesus, o profeta escreveu: “e o Seu nome será: Maravilhoso Conselheiro…” (Is.9:6).

A aparição de Cristo àquele casal foi tão pessoal que até O convidaram para comer com eles. Mas, ao oferecerem ofertas ao Senhor, a Bíblia diz que “o Anjo do Senhor se houve maravilhosamente” (v.19), enquanto Manoá e sua mulher apenas O observavam. Jesus estava diante de um símbolo de Seu próprio sacrifício. Aquela oferta queimada representava a Sua entrega por cada ser humano. E na chama daquele altar, Ele subiu ao Pai, como um Deus que não via a hora de vir à terra, cumprir Sua missão e Se fazer oferta por nós. Por isso ficou tão maravilhado diante da sombra do que seria a Sua própria entrega pela humanidade.

O encontro dos pais de Sansão com Cristo revela a mais importante e primeira lição que todo pai e toda mãe devem saber: antes de apresentar Cristo a seu filho, é preciso conhecê-Lo! À mãe em especial, é dado o privilégio de ter este encontro com Cristo de forma muito particular, e atender-Lhe a ordem: “Guarde-se a mulher de tudo quanto Eu lhe disse” (v.13). Como podemos apresentar a nossos filhos um Deus que não conhecemos? A insistência de Manoá em saber quem era o Anjo do Senhor deve ser a nossa também. Quem é Deus para você? O segredo para a vitória na paternidade e na maternidade estava diante deles: o Eu Sou, o Maravilhoso! Pais que conhecem a Deus pelo nome ensinarão seus filhos a serem, antes de tudo, filhos de Deus.

Sansão pode não ter sido o melhor dos filhos. Você pode ser um pai ou uma mãe que sofre por um filho que tomou um caminho diferente do que você ensinou. Mas tenha certeza de uma coisa: se você segurou na mão do Senhor para instruir este filho de acordo com a vontade de Deus, ele tem o melhor pai, ou a melhor mãe que poderia ter! Quando os filhos largam de nossas mãos, os nossos joelhos se apegam ao chão! Portanto, não desista de ser um pai ou uma mãe que conhece ao Senhor, pois a sua missão vai “desde o ventre materno até ao dia de sua morte” (v.7). Vigiemos e oremos!

Bom dia, pais que conhecem o Senhor e prosseguem em conhecê-Lo!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus  #Juízes13 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100

Deixe aqui seu comentário ou pedido de oração:



JUÍZES 13 – VÍDEO COMENTÁRIO PR RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
24 de maio de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria



JUÍZES 13 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
24 de maio de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

710 palavras

filisteus. Os “povos de mar”, que deram o nome de “Palestina” a Canaã, eram oriundos de Caftor (Am 9.7); eram, geralmente, relacionados com a ilha de Creta. Não eram semitas [como os moabitas, amalequitas e amonitas] , nem praticavam a circuncisão. Inimigos, até a época do reinado de Davi, oprimiram a Israel por mais tempo que qualquer opressor. Sua maneira de dominar (contrária à dos moabitas, midianitas, etc.) se realizava pela infiltração. Casamentos mistos, comércio e outros contatos pacíficos eram mais perigosos, porque ameaçavam dominar integralmente a nação. Bíblia Shedd.

As advertências da Palavra de Deus são claras: se continuarmos a endurecer nossos corações contra Deus, podemos esperar o mesmo destino que Israel. Life Application Study Bible.

Os filisteus (comparar com 3:31; 10:7) eram um povo bélico que migrou para a região litorânea do sul de Canaã passando pela área em volta do mar Egeu (perto da Grécia). Estabeleceram cinco cidades-estado poderosas e coligadas. Em Canaã, o monopólio filisteu sobre os utensílios de ferro lhes dava forte vantagem militar (1Sm 13:19-21). Bíblia de Estudo Andrews.

Zorá. 22 km a oeste de Jerusalém, na fronteira de Dã e Judá. Bíblia Shedd.

Cidade originalmente destinada a Judá (Js 15.33), mas posteriormente da a Dã (Js 19.41). Passou a ser o ponto de partida para a migração da tribo de Dã para o norte (18.2, 8, 11). Bíblia de Estudo NVI Vida.

. A essas alturas, a tribo de Dã ocupava a região no sudoeste, perto da planície (Sefelá) habitada pelos filisteus. Por causa da grande opressão destes, Dã, em sua maior parte, foi forçada a habitar o norte do Mar da Galileia. A história de Sansão revela as condições de vida sob a constante ameaça de que se constituíam os filisteus. Bíblia Shedd.

conceberás. Não havia ninguém, nem mesmo uma pessoa improvável, que pudesse liderar o livramento de Israel. O povo de Deus havia perdido as esperanças. Por isso, Ele levantou um libertador especial por meio de um nascimento milagroso, anunciado de antemão por um mensageiro especial. Bíblia de Estudo Andrews.

nazireu… desde o ventre de sua mãe. Normalmente, o voto do nazireado era tomado por um determinado período de tempo e não desde o nascimento. Bíblia de Genebra.

Embora Samuel não seja chamado de nazireu, sua mãe estéril fez um voto, antes do nascimento do mesmo, que, se Deus lhe desse um filho, ela o dedicaria ao Senhor por toda a vida e “sobre a sua cabeça não [passaria] navalha” (1Sm 1:11). Nem Samuel nem Sansão tinham a proibição de se tornar impuros por meio do contato com cadáveres (Jz 15:15, 16; 1Sm 15:33), como os nazireus temporários (Nm 6:6-12). Bíblia de Estudo Andrews.

começaria a livrar Israel do poder dos filisteus. Foi dito a Manoá que seu filho começaria a libertação de Israel da opressão dos filisteus. Não foi até os dias de Davi que a oposição filisteia foi completamente esmagada (2 Sm 8:1). A parte de Sansão em subjugar os filisteus foi apenas o começo, mas mesmo assim foi importante. Foi a tarefa que Deus para Sansão fazer. Seja fiel em seguir a Deus mesmo que você não veja resultados imediatos, porque você pode estar iniciando um trabalho que outros finalizarão. Life Application Study Bible.

8 Esta oração é recomendada a todo pai de família. Bíblia Shedd.

18 maravilhoso quer dizer incomunicável. A palavra hebraica vem de uma raiz que significa “separado”, “inefável” (cf Sl 139.6). O homem não pode sondar o mistério divino. Bíblia Shedd.

Em Is 9.6, a expressão hebraica (traduzida por “Maravilhoso”) aplica-se ao que viria como “Deus forte”. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Em harmonia com Sua identidade “maravilhosa”, no versículo seguinte, o Anjo atua “maravilhosamente” (v. 19). O “Anjo do Senhor” não acendeu o fogo do sacrifício (contraste com 6:21), mas subiu na chama (13:20). Neste momento, Manoá percebeu que o Anjo era divino (v. 22), ou seja, Cristo em forma humana… Aosubir com o holocausto (no hebraico, “oferta ascendente”) de Manoá, Cristo se identificou com o sacrifício animal mais do que em qualquer outra ocasião e apontou para Seu próprio sacrifício ascendente (Jo 12:32, 33; 20:17) mais de mil anos depois. Bíblia de Estudo Andrews.

Às vezes perguntamos algo para Deus e não obtemos resposta. Isto não significa que Deus está dizendo não. Podemos ter pedido por conhecimento além da nossa capacidade de compreensão ou aceitação. Life Application Study Bible.

24 Sansão. Deriva-se de Semes, “Sol”. Sansão significa “pequeno sol”.Bíblia Shedd.




%d blogueiros gostam disto: