Reavivados por Sua Palavra


JOSUÉ 23 by jquimelli
10 de maio de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/josue/js-capitulo-23/

Sabendo que seu tempo era curto, Josué chama o povo escolhido de Deus para lembrá-los de que Deus estava cumprindo tudo o que Ele prometera aos seus antepassados (23:2-3). E agora, depois de um período de descanso das batalhas, chegara a hora de terminar o trabalho de ocupar completamente a terra prometida (23:4-6). Viver em harmonia com Deus através do amor, obediência e fidelidade asseguraria suas vitórias (23:5). Se, no entanto, eles dessem espaço ou se curvassem aos falsos deuses dos pagãos através de casamentos com eles ou da adoção do seu do estilo de vida, Deus retiraria Suas bênçãos de proteção e vitória, deixando-os perecer nas mãos de seus inimigos (23:7-13).

Assim como Deus prometeu uma terra ao povo e cumpriu, Ele prometeu um Messias para salvar o Seu povo. Jesus veio em cumprimente desta promessa. Jesus veio para viver uma vida sem pecado, morrer em nosso lugar na cruz e vencer a morte! Hoje essas são as “boas novas” que devemos contar ao mundo. Afinal de contas o último capítulo da história da Terra está bem à nossa frente!

O convite de Josué 23 é o mesmo convite para o povo de Deus hoje (Apocalipse 14:12). Estamos vendo com nossos próprios olhos o cumprimento das profecias nos desastres naturais, nas guerras, no caos político. Não há como negar: o final dos tempos é AGORA! Precisamos escolher de que lado queremos ficar.

Que todos nós decidamos ficar do lado de Deus! (Josué 24:15)

Jack Nickerson
Ancião, líder do Ministério da Saúde
Igreja Adventista de Desert Cove
El Mirage, Arizona, EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=456
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



JOSUÉ 23 – VÍDEO COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
10 de maio de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria



JOSUÉ 23 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ  by Maria Eduarda
10 de maio de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Quando cada indivíduo vive seus próprios interesses problemas tendem a aparecer com facilidade (veja o capítulo anterior); porém, quando todos têm objetivos comuns, a união é quase que automática…

Imagine se todos os habitantes do Planeta Azul estivessem dispostos unanimemente a seguir indicações morais instituídas pelo Criador do Universo!

Após ler Josué 23 em tua Bíblia, observe estes pontos:

• Josué considerava sua velhice e, por conseguinte, fez discurso de despedida diante do povo de Deus. “Josué fez uma promessa para o futuro, a qual estava firmada no tempo e no espaço. Ele não pediu ao povo que desse um salto kierkegaardiano de fé” (Francis A. Schaeffer). Fé verdadeira tem lógica, não é irracional (vs. 1-5).

• As palavras finais de Josué estão carregadas de teologia. A “ênfase sobre a ação de Deus na História reaparece ao longo de toda sua despedida […]. A fé bíblica está alicerçada em fatos que podem ser vistos e ouvidos […]. As Escrituras nunca nos confrontam repentinamente com uma linguagem celestial que nos levem a uma experiência religiosa sem conteúdo” (Schaeffer). Observe atentamente os versículos 6-16.

A religião bíblica baseia-se na divina revelação escrita. Sempre foi assim. A segurança presente, e futura, está em seguir o manual de instrução originado no Céu: “Agora, sejam fortes e constantes. Obedeçam a tudo que está escrito no livro da Revelação de Moisés – não omitam nenhum detalhe” (v. 6).

Deus liberta-nos para a obediência! A obediência sempre deve resultar da graça divina. A graça que foi relevante no passado é importante no presente. Amor e submissão ao Senhor, não ao pecado, ‘e o segredo do sucesso!

O capítulo em questão importa ser bem considerado por quem quer evitar o inferno e alcançar o Céu prometido por Deus. “A passagem de 2 Coríntios 6:14-18 faz um paralelo com esse texto. A vida de santidade é essencial para a comunhão do indivíduo com Deus. Não podemos ser fieis a Deus e ao mesmo tempo fazer alianças com inimigos do Senhor” (William MacDonald).

Se quisermos alcançar os propósitos que Deus traçou para nós precisamos…

1. …considerar seriamente Sua Palavra;
2. …orar e viver em todo tempo de acordo com a Palavra e as promessas reveladas;
3. …ficar distante daquilo que nos distancia de Deus.

Compartilhe! – Heber Toth Armí.



JOSUÉ 23 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
10 de maio de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

Portanto, empenhai-vos em guardar a vossa alma, para amardes o Senhor, vosso Deus” (v.11).


Terminado o período de guerra, Israel desfrutava do repouso que o Senhor lhes deu de seus inimigos. Sendo já de idade avançada, Josué reuniu todo o Israel em uma santa convocação, e lhes dirigiu palavras de ânimo e de advertência. Muitas foram as dificuldades encontradas no tempo de guerra, mas problemas diferentes, e até maiores, poderiam surgir no tempo de paz. Sabendo disso, o idoso líder deixou para Israel conselhos de inestimável valor, relembrando os grandes feitos do Senhor e Sua inegável fidelidade.

O fato de não mais precisarem estar em constante estado de alerta era recompensador. Por outro lado, a tranquilidade e o conforto reservam males que, se não reconhecidos e evitados, podem gerar consequências tão devastadoras quanto as de uma zona de conflito. As expressões usadas por Josué: “Esforçai-vos” e “empenhai-vos” (v.6 e 11), nos dizem que temos uma parte a desempenhar como povo eleito de Deus. Há uma resposta que precisamos dar ao Senhor como prova de nosso amor e lealdade.

Não se trata, porém, de salvação pelas obras, e sim de uma declaração de amor ao Deus que nos salvou. Ao declarar a João a mensagem à igreja de Laodiceia, Jesus atribuiu a esta igreja dos últimos dias o status de igreja morna. Cheia de si e orgulhosamente “santa”, ostenta uma imagem que não corresponde à realidade: “e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu” (Ap.3:17). Assim como Israel corria o risco de abandonar a sua torre de vigia, a mornidão espiritual nos torna passíveis de fazer o mesmo.

Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vêm as dores de parto à que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão” (1Ts.5:3). É importante estarmos atentos aos sinais que antecedem a segunda vinda de Cristo à Terra, contudo, ainda mais importante é fazermos parte dos restantes que estarão prontos para este Dia: “os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus” (Ap.12:17).

As promessas de Deus são seguras e fiéis e “nem uma delas falhou” (v.14). Ele prometeu: “Venho sem demora” (Ap.3:11). “Esforçai-vos, pois, muito” (v.6) em jamais permitir que esta esperança esmoreça em vosso coração! Vigiemos e oremos!

Bom dia, fiéis sentinelas do Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Josué23 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100



JOSUÉ 23 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
10 de maio de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

631 palavras

Josué, servo do Senhor, faz um discurso de despedida, relembrando as vitórias concedidas pelo Senhor, mas também faz os ouvintes lembrar-se de que ainda existem áreas a serem conquistadas e da necessidade da lealdade às leis de Deus segundo aliança. A missão deles permanece – ser súditos do reino de Deus no mundo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

descanso. Conceito importante no AT (v. notas em Dt 3.20; 2Sm 7.1, 11) que subentende fronteiras seguras, paz com os países vizinhos e a ausência de ameaças à vida e ao bem-estar dentro do país.[cf. 1.13]. Bíblia de Estudo NVI Vida.

A experiência de “repouso a Israel de todos os seus inimigos”, aqui ainda incompletamente concretizada, tornar-se-ia parte da esperança de Israel (Dt 12.10; 2Sm 7.11; 1Cr 22.9; cf Mq 5.9; Êx 23.22). Bíblia de Genebra.

velho. Provavelmente 20-25 anos após a divisão da herança em Silo descrita nos cap. 18-22. Josué se aproximava dos 110 anos de idade (24.29). Andrews Study Bible.

2-16 A “mensagem no leito de morte” de um grande homem é frequentemente recheada de profunda sabedoria, e este discurso de despedida do grande líder Josué, sob divina inspiração, apresenta uma mensagem preciosa, válida para todos os tempos, tanto para o Israel antigo quanto para o Israel espiritual. A mensagem de despedida de Josué ao fim de sua vida, no AT, encontra sua correspondente na mensagem de despedida de Jesus, o Novo Josué, aos Seus discípulos, na véspera de Sua morte (Jo 14-17). Andrews Study Bible.

a todo Israel. Josué convocou representantes de todas as tribos. Bíblia de Genebra.

Deus… pelejou por vós. Eis a razão por que Israel conseguiu ocupar aterra. Bíblia Shedd.

vosso Deus, as afastará. Como era no passado, assim seria no futuro. Bíblia Shedd.

6-13 Josué conhecia os pontos fracos da nação. … É sábio identificar nossos pontos fracos antes que caiamos. Podemos, então, traçar estratégias para superar estas tentações ao invés de ser superados por elas. Life Study Application Kingsway.

para que não vos mistureis com estas nações. O original hebraico faz uma conexão íntima entre os vs. 6-7. A obediência fiel ao Livro da Lei levaria os israelitas a evitarem a associação com nações pagãs. Bíblia de Genebra.

Não façais menção dos nomes dos seus deuses. O cristão também deve tomar cuidado no seu andar com o Senhor; Ele deve vigiar cuidadosamente nas suas relações para com os infiéis (Ef 5.11; 2 Co 8.14-15). Bíblia Shedd.

11 dediquem-se com zelo a amar o SENHOR, o seu Deus(NVI). Resumo conclusivo. Bíblia de Estudo NVI Vida.

12-16 Esta arrepiante predição a respeito das consequências das associações com as nações canaanitas acabou se tornando realidade. Numerosas histórias no livro de Juízes mostram que Israel teve que sofrer por causa de seu fracasso em seguir a Deus de todo o coração. Deus foi supremamente amoroso e paciente com Israel, assim como é hoje. Mas não devemos confundir Sua paciência conosco com aprovação ou indiferença aos nossos pecados. Life Study Application Kingsway.

12 Se dEle vos afastardes. Permanecer na terra prometida dependia da condição prévia de fidelidade ao Senhor e da separação dos idólatras que ainda habitavam no seu redor. Bíblia de Estudo NVI Vida.

13 Deus, não expulsará mais. A validade da promessa A validade da promessa de Deus (v. 5) não dependia da cooperação humana. … Mas a promessa divina não beneficiaria aqueles que rejeitassem a graça de Deus. Essa estipulação fazia parte da promessa divina, desde o princípio (Gn 12.3). Bíblia de Genebra.

14 vós bem sabeis de todo o vosso coração e de toda a vossa alma. O conhecimento da fidelidade de Deus nunca pode ser uma questão meramente intelectual, mas permeia e amolda todos os aspectos da vida do indivíduo. Bíblia de Genebra.

15 boas coisas… ameaças. Existem dois aspectos na fidelidade de Deus, porquanto há dois lados em Sua aliança – promessas e advertências. Pode-se confiar que Deus cumprirá suas advertências tão plenamente quanto podemos confiar que Ele cumprirá Suas promessas. Bíblia de Genebra.



JOSUÉ 23 – VÍDEO COMENTÁRIO PR RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
10 de maio de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: