Reavivados por Sua Palavra


DEZ DIAS DE ORAÇÃO – DIA 3 (MUNDIAL) by jquimelli
15 de fevereiro de 2019, 18:52
Filed under: Sem categoria

Uma Experiência Mais Profunda

 DIa 3 —A MAIOR BATALHA

“Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração” (Jer. 29:13).

“O coração inteiro tem de render-se a Deus, ou do contrário não se poderá jamais operar a transformação pela qual é restaurada em nós a Sua semelhança. … A luta contra o próprio eu é a maior batalha que já foi ferida. A renúncia de nosso eu, sujeitando tudo à vontade de Deus, requer luta; mas a alma tem de submeter-se a Deus antes que possa ser renovada em santidade” (Caminho a Cristo, p. 43). Desde a infância, tive o desejo de ser como Jesus. Quando eu diariamente consagrava minha vida a Ele, orava para que Ele me mudasse. Ele respondeu minha oração de uma forma muito interessante. 

Meu sogro, George, veio morar conosco depois que sua esposa faleceu de câncer. Ficamos felizes em tê-lo mais perto de nós e queríamos que ele fizesse parte da vida de nossa jovem filha. Esperávamos que viver em nossa casa e participar de adorações familiares tivesse uma influência espiritual positiva nele. 

Vivíamos em uma fazenda com um celeiro, lago, pasto e com a vida selvagem que frequentava a propriedade. George era um homem que gostava muito do ar livre, então este era um local privilegiado para sua aposentadoria. Todas as manhãs ele passeava às margens do lago. Um dia, quando ele não voltou de sua caminhada no horário habitual, meu marido foi procurá-lo. Ele estava preso em uma amoreira onde havia caído. Nas semanas seguintes, George reclamou que suas pernas e pés formigavam, e ele encontrou dificuldade em andar. Testes revelaram um tumor que apresentava metástases em sua espinha. Seu médico realizou uma cirurgia que removeu o tumor, mas que lhe causou paralisia permanente da cintura para baixo. 

Em vez de interná-lo em uma clínica de enfermagem, decidimos que eu cuidaria dele em casa. Eu não tinha treinamento de enfermagem, apenas um curso intensivo dado ao saímos do hospital. Meu dia-a-dia consistia em dar banho em George, cuidar de suas feridas, administrar seus medicamentos e transferi-lo da cama para a cadeira, depois de volta para cama. Foi incrivelmente humilhante para ele não puder mais cuidar de si mesmo, e eu assumi o peso de sua frustração. 

Meu marido e eu planejamos uma escapada de fim de semana e providenciamos um jovem para cuidar de George enquanto estávamos fora. Na noite anterior à nossa partida, coloquei George na cama, beijei-o na testa e lembrei-lhe de que sairíamos na manhã seguinte para o fim de semana. A isso, George disse com raiva: “Eu sou sua responsabilidade! Você não tem o direito de me deixar com outra pessoa!” Eu respondi de volta com: “Você é um velho egoísta e injusto! ” 

Imediatamente, fui convencida de que minhas ações eram erradas e não-cristãs. Chorando, corri para o meu quarto e caí na minha cama. “Senhor, o que há de errado comigo? Por que não posso controlar meu temperamento? Você está realmente trabalhando na minha vida? ”A resposta veio muito gentilmente: “Estou trabalhando em sua vida. Estou respondendo sua oração para que você seja mais como Eu. Você está ressentida com George. Ele toma seu tempo, deixando você se sentindo sobrecarregada, sem saída. O ressentimento é pecado, e se você entregar para Mim, eu lhe darei graça para continuar cuidando de George.”

“Muitos que sinceramente consagram suas vidas ao serviço de Deus ficam surpresos e desapontados ao se encontrar, como nunca antes, confrontados por obstáculos e atormentados por provações e perplexidades. . . . [Então] Dá-lhes oportunidade de corrigirem tais defeitos e de se tornarem aptos para O servir” (A Ciência do Bom Viver, pp. 470, 471). “O arrependimento compreende tristeza pelo pecado e afastamento do mesmo. Não renunciaremos ao pecado enquanto não reconhecermos a sua malignidade; enquanto dele não nos afastarmos sinceramente, não haverá em nós uma mudança real da vida” (Caminho a Cristo, p. 23).

Eu vi como era o ressentimento e não queria que estivesse no meu coração. Eu confessei meu pecado e resolvi viver para Deus. Pedi a Ele que me lavasse e me desse um novo coração. Levantei-me da cama, enxuguei os olhos e pedi perdão a George. A paz encheu meu coração e minha derrota se transformou em vitória. Mais tarde, tivemos que colocar George em um retiro para idosos, pois seu cuidado tornou-se impossível para mim. Recebemos um telefonema uma noite dizendo-nos para vir porque George tinha sofrido um derrame. Meu marido sentou-se ao lado dele e sussurrou em seu ouvido: “Papai, você sabe que Jesus te ama? Se você pedir em seu coração, Ele salvará você.” O único sinal visível que George entendeu foi uma lágrima que escorria pelo seu rosto. Em seus últimos momentos, eu acredito sinceramente que ele aceitou Jesus como seu Salvador. 

Jodi Genson

 

FORMATO SUGERIDO PARA O MOMENTO DE ORAÇÃO

Louvor 

  • Senhor, Te louvamos porque nos dá força e nos sustenta quando somos fracos.
  • Nós Te louvamos porque quando caímos,  não nos abandonas.
  • Te louvamos, Senhor, porque lanças nossos pecados nas profundezas do mar e deles não mais se lembra. 

Confissão 

  • Senhor, perdoa-nos quando nos permitimos que o eu seja nosso mestre.
  • Por favor, perdoa-nos quando Te representamos mal para outras pessoas.
  • Perdoa-nos quando nos apegamos ao pecado, ao invés de permitir que  o removas de nossas vidas.
  • Senhor, por favor, sonda os nossos corações. Veja se há algum caminho perverso em nós e nos conduza no caminho eterno (Sl 139: 23, 24). [Passem alguns momentos em oração pessoal e silenciosa, permitindo que o Espírito Santo sonde seus corações.]

Súplica e Intercessão

  • Senhor, ajuda-nos a ser pacientes e bondosos, mostrando Seu amor e piedade àqueles que nos incomodam e nos acusam falsamente.
  • Por favor, ajude-nos a perseverar através das dificuldades, especialmente quando é difícil amar.
  • Oramos por aqueles que cuidam de familiares idosos ou doentes. Dê-lhes paciência, força e amor.
  • Senhor, por favor, alivie a ansiedade daqueles que enfrentam doenças terminais. Conceda-lhes coragem e a paz de Jesus.
  • Oramos para que os 202 milhões de pessoas nas 41 cidades menos atingidas da Divisão do Sul da Ásia-Pacífico conheçam a Jesus.
  • Oramos pelo Departamento da Escola Sabatina/Ministérios Pessoais de cada igreja local, ao buscarem Teus planos e estenderem às suas comunidades serviço amoroso, estudo da Bíblia e testemunho pessoal.
  • Oramos pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), ao atenderem às necessidades práticas ao redor do mundo.
  • Também oramos pela nossa lista de sete ou mais pessoas [cite os nomes, se apropriado.].

Ação de Graças 

  • Obrigado por colocar um guarda em nossas bocas e cerrar as portas dos nossos lábios.
  • Obrigado pelo amor semelhante ao de Cristo por aqueles que são difíceis de amar.
  • Obrigado porque ao Seu caráter se formar em nossas vidas, outros serão atraídos a Ti.
  • Senhor, obrigado por nos ouvir, por responder nossas orações e por trabalhar nos bastidores para realizar a Sua vontade.

 

CANÇÕES SUGERIDAS

“Exulta, Meu Coração” (HASD 239); “Porque Ele Vive” (HASD 80); “Comigo Habita” (HASD 397); [Sem versão para o português: “Live Out Thy Life Within Me” (SDA Hymnal #316); “O for a Closer Walk with God” (SDA Hymnal #315)]

PROMESSAS PARA REIVINDICAR EM ORAÇÃO

  • “O SENHOR firma os passos do homem bom e no seu caminho se compraz; se cair, não ficará prostrado, porque o SENHOR o segura pela mão.” (Sl. 37:23, 24).
  • “Os que esperam no SENHOR renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam” (Isa. 40:31).
  • “O SENHOR é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, nele fui socorrido; por isso, o meu coração exulta, e com o meu cântico o louvarei.” (Sl. 28:7).

 

Fonte: https://www.tendaysofprayer.org, da Associação Geral da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Trad J.A.Q.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: