Reavivados por Sua Palavra


GÊNESIS 49 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
30 de novembro de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Ajuntai-vos e ouvi, filhos de Jacó; ouvi a Israel, vosso pai” (v.2).


Após a bênção proferida sobre Efraim e Manassés, “chamou Jacó a seus filhos e disse: Ajuntai-vos, e eu vos farei saber o que vos há de acontecer nos dias vindouros” (v.1). As últimas palavras de quem está à beira da morte geralmente são palavras cheias de significado e que representam o que tenha sido mais importante na vida. Não foi diferente com Jacó. Seus filhos eram o que possuía de mais importante na terra e suas palavras finais foram-lhes dirigidas com o peso de quem sabia que suas escolhas definiriam o destino de cada um e das doze tribos de Israel.

A bênção profética de Jacó não tinha o poder de ser definitiva. Eram profecias condicionais, como o foi no caso de Levi. Sua descendência mostraria fidelidade ao Senhor em um momento de apostasia e receberia o privilégio do sacerdócio e dos cuidados do templo. Apesar do cunho negativo de algumas palavras, não deixavam de ser bênçãos, como a voz de Deus a indicar-lhes suas faltas e ruins inclinações e os convidando ao arrependimento. Temos facilidade em receber elogios e palavras de apreço, mas quão difícil é ouvir palavras de correção e de repreensão.

Vamos analisar as palavras ditas a alguns dos filhos de Israel:

  • A Rúben foi dito: Você é impetuoso e adúltero;
  • A Simeão e Levi: Vocês são farinha do mesmo saco, violentos e assassinos;
  • A Issacar: Você não passa de um preguiçoso, mas trabalhará como um servo;
  • A Dã: Você é uma serpente que morde por trás, um fofoqueiro e idólatra.

Notem que logo após a bênção proferida a Dã, disse Jacó: “A Tua salvação espero, ó Senhor!” (v.18). As tribos de Israel foram um símbolo da antiga aliança, mas também permaneceriam sendo um símbolo da aliança eterna entre Deus e o Seu povo de todos os tempos. Ao fazer referência aos cento e quarenta e quatro mil (número simbólico), João dividiu este número entre as tribos de Israel, mas a tribo de Dã não é citada ali (Ap.7:5-8). Em dado momento da história de Israel, a profecia de Jacó se cumpriu nesta tribo e, por sua deslealdade e idolatria, perdeu o direito à porção da herança eterna. Foram avisados, mas não deram atenção à repreensão divina.

A ordem dada pelo enfermo ancião aos seus filhos: “Ajuntai-vos e ouvi” (v.2) é uma regra áurea de Deus para o Seu povo. Todas as vezes que Israel se reunia com o objetivo de ouvir as palavras do Senhor eram grandemente abençoados. Nem sempre o que Deus tem para nos dizer é fácil de se ouvir. Geralmente são palavras que ameaçam o nosso conforto e ferem o nosso egoísmo. Mas quão maravilhoso é experimentar a real liberdade que a Palavra do Senhor nos oferece! Foi quando Israel se reuniu ao pé do monte que Deus manifestou o Seu poder e glória. Foi quando Neemias e o povo se reuniram para orar e reconstruir os muros de Jerusalém que Deus os abençoou e os livrou dos inimigos. Foi quando os discípulos de Jesus se reuniram em oração para clamar pela promessa do Consolador que cumpriu-se a promessa no Pentecostes.

Quando o derradeiro povo de Deus compreender que esta ordem, “Ajuntai-vos e ouvi”, é tão atual quanto o foi no passado, seremos testemunhas oculares do derramamento da chuva serôdia. Com um apelo forte e urgente, somos chamados pelo Espírito Santo a unirmos nossas vozes em orações e súplicas, nossas mãos sustentando-nos uns aos outros e nossos corações pulsando no mesmo ritmo de quem ama a vinda do Salvador. Não encare os sofrimentos e as tribulações com o desânimo de um derrotado. Lembre-se de Jesus e o quanto Ele sofreu para que você e eu sejamos herdeiros das bênçãos eternas. Ele mesmo nos advertiu: “No mundo, passais por aflições”, porém, também nos garantiu a vitória: “mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo” (Jo.16:33).

Não importa o seu passado. Entregue-se a Cristo, agora e à cada dia, e o seu futuro eterno estará garantido!

Bom dia, vencedores em Cristo Jesus!

Desafio do dia: Faça do seu lar uma casa de oração. Estabeleça motivos de oração diários para orar junto com sua família.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Gênesis49 #RPSP

Comentários em áudio:
https://www.youtube.com/user/nanayuri100
https://www.youtube.com/channel/UCzzqtmGdF4UqBopc6CRiqLA


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: