Reavivados por Sua Palavra


AMÓS 2 by jquimelli
8 de dezembro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Deus através do profeta Amós, adverte Moabe (vv. 1-3), expõe os pecados de Judá (vv. 4-5) e finalmente, preparando um clímax para a série de mensagens do restante do livro, Amós com força total denuncia Israel por injustiça, crueldade, incesto, luxo e idolatria (vv. 6-8) e ingratidão para com Deus, apesar de Suas misericórdias temporais e espirituais (vv. 9-12).

Israel estava cometendo injustiças sociais – subvertendo o juízo por dinheiro e vendendo o pobre por um par de sandálias.

Mesmo os humildes, pacíficos, despretensiosos, e geralmente piedosos se tornavam orgulhosos, auto-confiantes, e não sentiam necessidade de Deus em suas vidas. O Santo Nome do Senhor era profanado pelos crimes horríveis que eles praticavam à vista das outras nações.

O Senhor repreendeu Israel por sua ingratidão pela graça e bondade que Ele lhes havia mostrado ao livrá-los da escravidão egípcia, dando-lhes a terra de Canaã (v. 10) e por desprezarem a palavra profética dos nazireus e profetas suscitados por Deus, a quem chegaram a desvirtuar o ministério (vv. 11, 12).

Por recusarem a repreensão, toda a segurança que julgavam ter seria como o chão em terremoto diante da destruição; todo talento de guerra seria inútil. Ninguém, nem o mais forte ou o mais corajoso poderia defender seu território e se salvar (vv. 13-16).

Judá e Israel gradualmente se afastaram de Deus por não dar atenção à Sua voz transmitida pela Sua Palavra e pelos profetas. Que isto não aconteça conosco. “Quando fecham os ouvidos para não ouvir a Palavra de Deus, as pessoas fecham a avenida pela qual o Espírito Santo tem acesso à alma.” (Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 1062.)

Deepati Vara Prasad
Watchman Publishing House, India

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/amo/2 e https://www.revivalandreformation.org/?id=1127
Também disponível no blog mundial RPSP/BHP da IASD, em: https://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/hos/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/09/14/
Equipe de tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Amós 2 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



AMÓS 2 – REFLEXÕES ESPIRITUAIS (dos Comentários Selecionados) by jquimelli
8 de dezembro de 2017, 0:56
Filed under: Sem categoria

4-6 As outras nações eram ignorantes, mas Judá e Israel, o povo de Deus, sabiam o que Deus queria. Ainda assim, eles O ignoraram e se juntaram às nações pagãs para adorar ídolos. Se conhecemos a Palavra de Deus e nos negamos a obedecer, como Israel, temos maior culpa. Life Application Study Bible Kingsway.

6, 7 Amós estava falando à classe alta. Não havia classe média no país – apenas os muito ricos e os muito pobres. Os ricos mantinham rituais religiosos. Eles davam dízimos extras, iam aos lugares de culto e ofereciam sacrifícios. Mas eles eram gananciosos e injustos, e se aproveitaram dos desamparados. Certifique-se de que não negligencia as necessidades dos pobres enquanto acompanha fielmente a igreja e cumpre rituais religiosos. Deus espera que vivamos nossa fé – isso significa responder às pessoas que precisam. Life Application Study Bible Kingsway.

Não profetizeis. Em vez de aceitar o testemunho dos profetas, Israel rejeitou essas mensagens divinamente inspiradas e, muitas vezes, maltratou os enviados para transmitir a palavra de Deus (ver Jr 20:9; ICo 9:16). Ingrato e desobediente, o povo de Israel não podia tolerar os que eram uma viva censura a seus maus caminhos (ver 1Rs 13:4; 19:1, 2; 2Rs 6:31; Is 30:9, 10; Mt 23:37). Os que não suportarem a pregação fiel terão muito a responder, e quem a suprime, muito mais. Quando fecham os ouvidos para não ouvir a palavra de Deus, as pessoas praticamente fecham a avenida pela qual o Espírito Santo tem acesso à alma. CBASD, vol. 4, 1061, 1062.

13. Eis que farei. O profeta avisa do castigo vindouro por causa dos pecados do povo e mostra a futilidade de se confiar nos próprios recursos do ser humano. CBASD, vol. 4, 1062.

15 Sem harmonia com a vontade de Deus, nenhuma escapatória terá êxito. Bíblia Shedd

16. A televisão e os filmes estão cheios de imagens de pessoas que parecem não ter medo. Muitos hoje modelam suas vidas nessas imagens – eles querem ser durões. Mas Deus não se impressiona com a bravura. Ele diz que mesmo as pessoas mais duronas tremerão de medo quando o julgamento de Deus chegar. Você conhece pessoas que pensam que podem viver sem Deus? Não seja influenciado por sua retórica autoconfiante. Reconheça que Deus não teme a ninguém, e que um dia todas as pessoas o temerão. Life Application Study Bible Kingsway.



AMÓS 2 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
8 de dezembro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



AMÓS 2 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
8 de dezembro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

O povo de Deus que negligencia sua missão, assumindo o pecado das nações para as quais devia testemunhar se torna o mais culpado dos culpados. Para Deus isso é falta de responsabilidade, descaso para com Seus planos e rebeldia pautando-se pela hipocrisia.

“O pecado do povo de Deus é mais severamente condenado. A profecia de Amós, embora tenha sido dirigida também às nações pagãs, foi endereçada principalmente ao povo de Deus. Quanto mais íntima é a relação com Deus, mais grave é o pecado e mais sério o juízo” (Hernandes Dias Lopes).

Após proclamar juízo contra Moabe, os descendentes incestuosos de Ló com sua primogênita (Gênesis 19:37), praticantes da vingança (vs. 1-3), chegou a hora de focar o próprio povo de Deus, Judá (vs. 1-5) e Israel (vs. 5-16).

Por que o povo escolhido de Deus tornou-se alvo de ameaças do Céu?

• “As nações foram castigadas porque haviam pecado contra a lei de Deus, que estava escrita na consciência e no coração das pessoas (cf. Rm 2:14-15). Judá e Israel foram castigadas por terem pecado contra a lei revelada e escrita por Deus” (John MacArthur).
• “O pecado do povo de Deus é mais grave, mais hipócrita e mais danoso que o pecado dos ímpios. É mais grave, porque peca apesar de um maior conhecimento; é mais hipócrita, porque o povo condena o pecado nos outros e não vê o seu próprio; e mais danoso, porque quando o povo de Deus peca provoca mais escândalo. O juízo de Deus começa pela Sua Casa, mostrando que os maiores privilégios implicam em maiores responsabilidades” (Lopes).

Reflita, ore, assimile:

• Rejeitar a Lei de Deus significa rejeitar o Deus da Lei.
• Ser hipócrita é transmitir mensagens com os lábios, mas outra contrária com a vida.
• Justificar o pecado implica defender ao diabo.
• Ninguém está isento das consequências do pecado, é preciso recorrer a Deus.
• Tudo piora quando se foge de Deus, é preciso fugir para Deus.
• Pertencer a Deus tem grandes privilégios, mas traz muitas responsabilidades.

“Uma vida espiritual que não dá amplo espaço para a justiça articulada pelos profetas acaba nos tornando piores, não melhores; ela nos separa dos caminhos de Deus, em vez de nos atrair para eles” (Eugene Peterson).

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



AMÓS 2, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
8 de dezembro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Assim diz o SENHOR: Por três transgressões de Judá e por quatro, não sustarei o castigo, porque rejeitaram a lei do SENHOR e não guardaram os Seus estatutos; antes, as suas próprias mentiras os enganaram, e após elas andaram seus pais” (v.4).


Dentre as nações citadas pelo profeta, Israel ganha destaque como aquela que mais abominações cometeu contra o Senhor. Começando por Judá, o povo já não mais considerava a lei de Deus e desprezava os Seus estatutos. Envolvidos em idolatria e prostituição cultual, rapidamente se esqueceram de Deus e de tudo o que Ele havia operado para que pudessem desfrutar da terra em que viviam.

A zona de perigo em que Israel passou a viver fez com que os corações se fechassem para qualquer tentativa do Senhor de trazê-los de volta. E, imersos em seus próprios conceitos e ideias, foram afastando-se cada vez mais da verdadeira adoração ao único Deus verdadeiro. Esta rebelião, no entanto, nunca alterou o fato de que Israel foi eleito para ser um representante do Senhor entre os povos. O povo não abandonou o título de nação santa, pelo contrário, se orgulhava disto. Nem tampouco deixou de praticar os rituais do templo.

A confusão que muitos fazem acerca da obediência à lei de Deus tem sido o motivo da falta de compreensão sobre este assunto. De Gênesis a Apocalipse, toda a Bíblia aponta para um povo que, de geração em geração, se mantém fiel aos preceitos da legislação divina. As Escrituras são claras ao afirmar que os salvos dos últimos dias serão “os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” (Ap 14:12). Mas não podemos esquecer que foram os “guardadores” da lei que incitaram a turba enfurecida a gritar a maldita sentença: “Crucifica-O!” (Mt 27:23).

Ao citar palavras do antigo testamento, Jesus revelou o verdadeiro caráter da lei de Deus e o motivo áureo que deve reger o coração de todo filho obediente: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo“, então, encerrou dizendo: “Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os profetas” (Mt 22:37-40). O amor é a essência da lei divina. Jesus não anulou os mandamentos de Deus, mas lembrou aos fariseus a verdadeira motivação para observá-los.

O verdadeiro objetivo da lei é de nos revelar nossa pecaminosidade e nos dizer: “Olha, você precisa de um Salvador!” Podemos ser exímios observadores da lei, sem, contudo viver o amor. Exemplo? Os fariseus. Mas é impossível viver o amor e não ser um filho obediente. Exemplo? Jesus (Fl 2:8). Que exemplo temos procurado seguir? Por muitos anos andei cambaleando no caminho do farisaísmo até que permiti que o Amor me resgatasse. Desde então, cada dia, o Espírito Santo tem me ensinado que o amor é muito mais do que fazer parte de uma igreja e me comportar conforme a cartilha eclesiástica. O amor é Jesus Cristo em mim e eu nEle.

O Senhor tem Seus filhos fiéis em todos os cantos deste mundo que, ainda que desconheçam Suas ordenanças, têm sido fiéis no pouco que possuem:

Aqueles que Cristo louva no Juízo, talvez tenham conhecido pouco de teologia, mas nutriam Seus princípios… Mesmo entre os gentios existem pessoas que têm cultivado o espírito de bondade; antes de lhes haverem caído aos ouvidos as palavras de vida, acolheram com simpatia os missionários, servindo-os mesmo com perigo da própria vida. Há, entre os gentios, almas que servem a Deus ignorantemente, a quem a luz nunca foi levada por instrumentos humanos; todavia, não perecerão. Conquanto ignorantes da lei escrita de Deus, ouviram Sua voz a falar-lhes por meio da natureza, e fizeram aquilo que a lei requeria. Suas obras testificam que o Espírito Santo lhes tocou o coração, e são reconhecidos como filhos de Deus” (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 638).

Hoje, Deus nos convida a olhar para Jesus, que veio “engrandecer a lei e fazê-la gloriosa” (Is 42:21). Ninguém será salvo por ser um exemplar guardador da lei, mas por conhecer Aquele que por Seu amor nos deixou o perfeito exemplo (Jo 17:3). “Vinde a Mim” (Mt 11:28) é o convite irrecusável do Deus que nos amou primeiro (1Jo 4:19)!

Bom dia, amados!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Amós2
#RPSP



AMÓS 2 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
8 de dezembro de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria



AMÓS 2 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
8 de dezembro de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria

queimou os ossos do rei de Edom. Algo dessa luta se descreve em 2Rs 3.5-27. As rivalidades se desenvolveram a tal ponto que, não havendo possibilidade de conseguir prender ou matar o rei inimigo, abriu-se o túmulo de um rei morto, para o ultrajar profanando seus ossos. Bíblia Shedd.

Com o intuito de privar o espírito do rei do repouso que, segundo a crença popular generalizada, resultaria de um sepultamento adequado. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Pode ter acontecido durante o tempo em que os edomitas se aliaram a Jorão e Josafá, na liga contra Mesha, rei de Moabe (ver 2 Rs 3:7, 9). … Jerônimo cita um relato, na tradição judaica de que, depois desa guerra, os moabitas, em vingança pela ajuda que Edom deu aos israelitas, desenterrou o corpo do rei edomita, a fim de profanar seus ossos. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 4, p. 1059, 1060.

Moabe. Os moabitas eram conhecidos por suas atrocidades (2 Reis 3: 26,27). Um artefato arqueológico, a Pedra Moabita, revela que Moabe sempre estava pronto para lucrar com a queda dos outros. Life Application Sudy Bible Kingsway.

trombeta. Do heb shofar, um chifre de carneiro. CBASD, vol. 4, 1060.

4-6 As outras nações eram ignorantes, mas Judá e Israel, o povo de Deus, sabiam o que Deus queria. Ainda assim, eles O ignoraram e se juntaram às nações pagãs para adorar ídolos. Se conhecemos a Palavra de Deus e nos negamos a obedecer, como Israel, temos maior culpa. Life Application Sudy Bible Kingsway.

4 Judá. Os pecados nacionais dos povos vizinhos foram denunciados por Amós neste grande discurso público feito em Betel; agora chega a vez da nação gêmea, antes de se tratar da própria nação de Israel, dos próprios ouvintes de Amós que até então estavam gostando da mensagem. Este discurso introdutório (1.1 – 2.16) abriu o caminho à verdadeira mensagem de Amós: o apelo à nação do norte. Bíblia Shedd.

A condenação de Judá não se baseia simplesmente nas expectativas de um concerto universal similar ao de Noé, mas, ao invés disso, pelo concerto especial entre Deus e Seu povo escolhido. Andrews Study Bible.

Os pecados de Judá contrapunham-se, quanto ao tipo, aos das demais nações. Essas nações violaram as leis em geral reconhecidas pela humanidade, mas Judá desobedeceu à lei revelada por Deus. Bíblia de Estudo NVI Vida.

lei. Do heb torah, nome geral para todo o corpo de mandamentos e preceitos, tanto morais como cerimoniais. CBASD, vol. 4, 1060.

andaram. Uma expressão comum do AT para designar determinada conduta moral e espiritual (ver 1Rs 15:26, 2Rs 8:18; Ez 23:31). CBASD, vol. 4, 1060.

6, 7 Amós estava falando à classe alta. Não havia classe média no país – apenas os muito ricos e os muito pobres. Os ricos mantinham rituais religiosos. Eles davam dízimos extras, iam aos lugares de culto e ofereciam sacrifícios. Mas eles eram gananciosos e injustos, e se aproveitaram dos desamparados. Certifique-se de que não negligencia as necessidades dos pobres enquanto acompanha fielmente a igreja e cumpre rituais religiosos. Deus espera que vivamos nossa fé – isso significa responder às pessoas que precisam. Life Application Sudy Bible Kingsway.

6 o justo. Provavelmente os que não estavam endividados, não havendo, por isso, motivo legítimo de vendê-los como escravos (cf. Lv 25.39-43).Bíblia de Estudo NVI Vida.

7 pai e filho possuem a mesma mulher [NVI]. Era rigorosamente proibido um pai e um filho terem relações com a mesma moça ou mulher. Bíblia de Estudo NVI Vida. [Se a mulher fosse a nova esposa do pai, ela seria como mãe para o filho; se fosse esposa do filho, seria como filha para o pai.]

suspiram sobre o pó da terra sobre a cabeça dos pobres. É evidente que a cobiça era o pecado que assediava Israel. … A cobiça levou à opressão dos pobres. Esta expressão parece representar o desejo dos opressores de ver os pobres humilhados até o pó, ou de colocá-los em condição tão miserável que os necessitados colocariam pó sobre a cabeça (ver Js 7:5, 6; Jó 2:12). CBASD, vol. 4, 1060, 1061.

profanam. Literalmente, “a fim de profanar”, ou “com o propósito de profanar”. Estes delitos contra o Senhor não foram cometidos por ignorância, mas de forma deliberada e intencional, em espírito de desafio e rebeldia. CBASD, vol. 4, 1061.

Meu Santo Nome. Como os crimes eram cometidos pelos que se chamavam povo do Senhor, eles desonraram a Deus entre os gentios (ver Lv 20:1-3; Ez 36:16-23; Rm 2:24). CBASD, vol. 4, 1061.

8 roupas tomadas como penhor. A lei proibia tomar a capa de alguém como penhor durante a noite (Êx 22.26, 27; Dt 24.12, 13), e a de uma viúva não podia ser tomada em circunstância alguma (Dt 24.17). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Estas roupas eram capas largas usadas pelos pobres durante o dia e com as quais se cobriam à noite. Se elas fossem empenhadas a outro, como uma promessa, deviam ser devolvidas ao cair da noite … O profeta denuncia os de coração duro, pessoas que retinham essas peças de vestuário como suas próprias, em violação da lei. CBASD, vol. 4, 1061.

vinho dos que foram multados. O dinheiro injustamente recolhido dos pobres gastava-se na compra de vinho para as festas imorais. Bíblia Shedd.

A LXX [Septuaginta ou Versão dos Setenta] diz: “E beberam o vinho obtido pela extorsão”.  CBASD, vol. 4, 1061.

9-11 Os profetas desafiaram constantemente as pessoas a lembrar o que Deus fez. Quando lemos uma lista como essa, ficamos maravilhados com o esquecimento de lsrael. Mas o que os profetas dirão sobre nós? A fidelidade passada de Deus deveria ter lembrado os israelitas a obedecê-Lo; Da mesma forma, o que Ele fez para nós deve nos lembrar de viver para Ele. Life Application Sudy Bible Kingsway.

9 o amorreu. Uma tribo de Canaã, talvez a mais adiantada, simbolizando aqui todos os tipos de habitantes originais de Canaã, cuja pujança era semelhante à das árvores que cresciam na sua terra. Bíblia Shedd.

Um nome geral para os habitantes de Canaã, expulsos quando os israelitas tomaram posse da terra (ver com. de Gn 15:16; Js 3:10; Jz 1:34; cf. Êx 33:2; 34:11; Dt 1:20, 27). CBASD, vol. 4, 1061.

11. Nazireus. Os nazireus prometiam se abster de bebida forte, do uso da navalha, e de todo ritual de contaminação (ver com. de Nm 6:2-7). CBASD, vol. 4, 1061.

Os nazireus faziam um voto de serviço a Deus. O voto incluía abstenção de vinho e nunca cortar os cabelos. Mas, em vez de serem respeitados por suas vidas disciplinadas e temperadas, eles estavam sendo instados a quebrar seus votos. Se os Nazireus fossem corrompidos, permaneceria pouca influência para o bem entre os israelitas. Life Application Sudy Bible Kingsway.

12. Beber vinho. Em vez de se beneficiar com a santidade de vida desses homens, o apóstata Israel procurou levar os nazireus a quebrar seus votos. CBASD, vol. 4, 1061.

Não profetizeis. Em vez de aceitar o testemunho dos profetas, Israel rejeitou essas mensagens divinamente inspiradas e, muitas vezes, maltratou os enviados para transmitira palavra de Deus (ver Jr 20:9; ICo 9:16). Ingrato e desobediente, o povo de Israel não podia tolerar os que eram uma viva censura a seus maus caminhos (ver 1Rs 13:4; 19:1, 2; 2Rs 6:31; Is 30:9, 10; Mt 23:37). Os que não suportarem a pregação fiel terão muito a responder, e quem a suprime, muito mais. Quando fecham os ouvidos para não ouvir a palavra de Deus, as pessoas praticamente fecham a avenida pela qual o Espírito Santo tem acesso à alma. CBASD, vol. 4, 1061, 1062.

13. Eis que farei. O profeta avisa do castigo vindouro por causa dos pecados do povo e mostra a futilidade de se confiar nos próprios recursos do ser humano. CBASD, vol. 4, 1062.

14. A fuga. Mesmo os mais ágeis não encontrarão um lugar seguro (ver Sl 142:5).CBASD, vol. 4, 1062.

15 Sem harmonia com a vontade de Deus, nenhuma escapatória terá êxito. Bíblia Shedd

16. Nu. Os guerreiros lançariam de si qualquer estorvo que possa dificultar a sua fuga (ver com. de 1Sm 19:24; ver também Jo 21:7).CBASD, vol. 4, 1062.

A televisão e os filmes estão cheios de imagens de pessoas que parecem não ter medo. Muitos hoje modelam suas vidas nessas imagens – eles querem ser durões. Mas Deus não está impressionado com a bravura. Ele diz que mesmo as pessoas mais duronas tremerão de medo quando o julgamento de Deus chegar. Você conhece pessoas que pensam que podem viver sem Deus? Não seja influenciado por sua retórica autoconfiante. Reconheça que Deus não teme a ninguém, e que um dia todas as pessoas o temerão. Life Application Sudy Bible Kingsway.




%d blogueiros gostam disto: