Reavivados por Sua Palavra


NAUM 3 by jquimelli
30 de dezembro de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Embora as palavras de Naum trouxessem esperança a Israel, elas não foram bem recebidas pelos assírios como as de Jonas. Este obteve mais êxito em levar, em sua época, Nínive ao arrependimento e reforma, adiando assim a condenação deles por um tempo. Os assírios, no entanto, retornaram aos seus hábitos de pecado e crueldade e agora receberam uma mensagem de condenação apresentada pelo profeta Naum.

Várias lições espirituais se destacam neste livro profético:

1. Deus controla o seu universo; nações são comissionadas a serem ministros Seus realizando os Seus desígnios.

2. Deus graciosamente concede liberdade a todas as pessoas para que cooperem com a Seus santos princípios e vivam uma vida correta.

3 A maldade colhe o que plantou; a justiça prevalece ao final.

4. Deus nos surpreende com Suas “reversões sagradas” – num mundo onde os erros parecem tão corretos, Ele retorna as coisas como elas deveriam ser.

Durante os dias mais sombrios, muitas vezes o Senhor tranquiliza Seu povo através da voz de um profeta pouco conhecido. A mensagem pode ser curta, direta e falar de mudanças aparentemente impossíveis, mas é a verdade e renova a esperança.

Considere o que o Senhor fez em 1884 em favor de um grupo de cristãos desapontados, através da fraca voz de uma adolescente.

Gary Councell
Capelão aposentado

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/nah/3 e https://www.revivalandreformation.org/?id=1149
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/10/06/
Equipe de tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Naum 3 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



NAUM 3 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
30 de dezembro de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



NAUM 3 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
30 de dezembro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

NAUM 3 – Quando o mal parece não ter fim, está cada vez mais perto de seu fim. Quando o mal parece ganhar proporção com força e poder, nos fazendo crer que é invencível, confiemos na revelação divina; pois, sua destruição se aproxima: Certamente o bem vencerá o mal!

O livro de Naum “é um clássico da poesia hebraica, absolutamente refinado e vívido em suas descrições”, destaca Merrill F. Unger.

C. H. Wright confirma que “o livro está classificado, com merecimento, como uma das melhores obras literárias do AT”. Entretanto, entre cristãos, pouca atenção se dá a esses três capítulos.

Sobre seu último capítulo, Naum “prossegue com a descrição da derrota de Nínive e ressalta a humilhação da cidade. O juízo de Deus acontece porque Nínive está cheia de mentiras, violência e opressão [v. 1]. Nínive escraviza outros [v. 4] e é cruel [v. 19]. Por esse motivo Deus está contra os assírios e exporá a nudez deles [v. 5], cobri-los-á com imundícia [v. 6], fará deles objeto de desprezo [v. 6] e mostrará que a cidade é fraca [vs. 8-9]. O comércio e a atividade governamental serão interrompidos [vs. 16-19]” (Paul R. House).

Reflita nestas verdades:

• É evidente na mensagem de Naum que Deus não gosta de feitiçaria (benzedeiras, magia branca, tarôs, búzios, etc.), nem de idolatria (santos, imagens de esculturas, outros deuses, etc.).

• Deus não suporta a prostituição (imoralidade sexual, pornografia, sexo sem compromisso, etc.), nem mentiras, roubos e violências. Estes pecados atraem Sua santa ira contra a Terra.

A destruição do pecado está retratada na destruição de Nínive: “Rei da Assíria! Seus pastores-líderes, que têm a responsabilidade de cuidar do povo, estão ocupados fazendo tudo, menos isso. Não estão fazendo seu trabalho, e o povo está espalhado, perdido, e ninguém se dispõe a ir atrás deles. Vocês passaram do ponto de retorno. Sua ferida é fatal. Quando a história do seu destino se espalhar por aí, o mundo inteiro vai aplaudir e pedir: ‘Bis’…” (vs. 18-19).

“Nínive foi destruída em 612 a.C.” (William MacDonald). Nínive reflete nossa sociedade! Então, aguardemos o fim do mundo do ponto-de-vista bíblico e exultaremos alegremente diante do Deus vivo.

O fim do mundo é novo começo de uma nova fase para o cristão! (Apocalipse 20-21). Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

O que você destaca do livro do profeta Naum?



NAUM 3, Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
30 de dezembro de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Não há remédio para a tua ferida; a tua chaga é incurável…” (v.19).


De todos os livros dos profetas menores, Naum é o único a terminar com uma mensagem de total destruição. A maldade de Nínive atingiu o limite do cálice da ira de Deus. Tudo o que poderia ter sido feito para salvar aquele povo, Deus fez. Mas, sob terrível maldição, Nínive rejeitou aos apelos divinos e apossou-se de um sentimento de invencibilidade que levou a nação à completa ruína.

O pecado se mostra belo e encantador. A face do mal não é a pintura de um diabo com um par de chifres e um tridente na mão, e sim, sedutoras tentações e sutis enganos que têm levado multidões a acreditar que não importa o que façamos ou deixemos de fazer, Deus só quer o nosso coração. Sim, Deus só deseja o nosso coração, mas para fazer nele uma conversão, uma “cirurgia” espiritual:

… tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne” (Ez 36:26). E para quê? Para colocar dentro de nós o Espírito Santo e fazer com que andemos nos Seus estatutos e obedeçamos à Sua Palavra (Ez 36:27).

Percebem que este é o resultado e não a causa? A mudança que o Senhor deseja realizar na vida de cada filho Seu é gradual e constante, e é de dentro para fora. Assim também, o mal surge com pequenas concessões até tomar conta de todo o coração. A mensagem do Senhor através do profeta Jonas havia levado salvação a Nínive. E a mensagem do profeta Naum não tinha um objetivo diferente. Os ninivitas poderiam ter se arrependido, contudo escolheram endurecer o coração e sofrer o mal que eles mesmos buscaram (Pv 11:17).

O perdão de Deus está além do alcance de nosso entendimento finito. Ele é completamente perfeito e extraordinariamente misericordioso. Creio que o episódio do rei Manassés seja a maior prova disto. Como um dos reis mais cruéis da história de Judá, Manassés queimou seus filhos em holocausto aos ídolos e fez errar todo o povo, fazendo-o pior do que os povos que Deus havia destruído (2Cr 33:9). Mas bastou uma oração, uma simples oração, para Deus tornar-Se “favorável para com ele” (2Cr 33:13).

No Novo Testamento também encontramos outro episódio que nos dá um vislumbre acerca da graça de Deus. Reconhecendo que ao seu lado estava sendo crucificado o Salvador da humanidade, aquele ladrão fez apenas um pedido: “Jesus, lembra-te de mim quando vieres no Teu reino” (Lc 23:42). E a mesma voz que criou todas as coisas, que acalmou uma tempestade e fez mortos ressuscitarem, pronunciou a sua liberdade: “Em verdade te digo hoje, estarás Comigo no paraíso” (Lc 23:43).

Só não há remédio para a ferida daquele que insiste em rejeitar a cura. Esta é a chaga incurável, um coração irremediavelmente obstinado. O livre arbítrio é uma das maiores provas de amor de um Pai que respeita as nossas escolhas. Ele só espera uma simples oração de nossa parte: “Eu aceito!”.

Não entre em mais um ano sem tomar esta decisão. Jesus não quer mais estar do lado de fora batendo (Ap 3:20). Ele deseja habitar em seu coração e lhe oferecer um banquete diário de fé, esperança e amor, mas, principalmente, de amor (1Co 13:13). Aceite “o dom gratuito de Deus” (Rm 6:23) e viva na certeza de que porque Ele vive, nós também viveremos (Jo 14:19).

Tenham um lindo e feliz sábado, curados pelas chagas de Cristo!

Desafio do dia: Faça uma oração de entrega. Peça ao Espírito Santo que torne o seu coração lugar de Sua habitação.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Naum3
#RPSP

Deixe um comentário:



NAUM 3 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
30 de dezembro de 2017, 0:20
Filed under: Sem categoria




%d blogueiros gostam disto: