Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 1 by jquimelli
31 de março de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Que bom seria se todos tivéssemos um pai como Salomão para nos aconselhar e nos conduzir na vida!

Salomão começa seu aconselhamento dizendo eloquentemente no que os caminhos da sabedoria nos auxiliarão: “…a viver com disciplina e sensatez, fazendo o que é justo, direito e correto; ajudarão a dar prudência aos inexperientes e bom senso aos jovens” (v. 3, 4 NVI). Não são estas características desejadas por todos? Qual é, no entanto, o caminho para adquiri-las? “O temor do Senhor” (v. 7), Salomão sugere, com palavras cheias de significado e experiência.

A instrução de Salomão para que seu filho ouça os ensinos de seu pai e de sua mãe, é belamente ilustrada como se fosse “um enfeite para a sua cabeça, um adorno para o seu pescoço” (v. 9 NVI). Que bom seria se a sabedoria fosse assim tão tangível e visível, pois assim evitaríamos muitas das armadilhas que muitas vezes nos afligem.

Gosto da maneira como Salomão personifica a sabedoria neste capítulo, trazendo-a à vida através de palavras como: “…quem me ouvir viverá em segurança e estará tranquilo, sem temer nenhum mal” (v. 33 NVI).

Que o temor do Senhor o conduza à Sua sabedoria e que você possa encontrar segurança em Sua presença.

Jackie Ordelheide Smith
Diretora Assistente de Escola Sabatina e Ministério Pessoal da Conferência Geral da IASD
Washington, DC, Estados Unidos

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/pro/1 = https://www.revivalandreformation.org/?id=875 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/1/
Texto anterior expandido: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/01/04/
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Salmo 150 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



PROVÉRBIOS 1 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
31 de março de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



PROVÉRBIOS 1 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
31 de março de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

PROVÉRBIOS 1 – Dos 66 livros da Bíblia, este é o Livro que possui a maior introdução, visando incentivar o leitor a buscar a sabedoria verdadeira, divina e nobre, não a sabedoria deste mundo, diabólica, pobre e também falsa…

Por ter sido escrito a jovens, adolescentes e juvenis, quando eu era ainda um menino deliciei-me nos provérbios. Embora Salomão o tenha escrito quando maduro, seu objetivo é precaver que nossa vida adulta resulte num dilema, um sofrer constante ou uma desventura irreversível.

Os seis primeiros versículos apresentam ao leitor três informações importantes:

1. O título do livro;
2. O escritor da mensagem inspirada e revelada pelo Espírito Santo;
3. O objetivo do livro.

Sem enrolar e sem titubear, nos é revelado o mais elevado e sublime princípio da verdadeira e pura sabedoria, nos versículos de 7 a 9.

Como sinal de alerta, o escritor inspirado, nos pede para tomar cuidado com amizades destrutivas, que usam toda influência que possuem para, sutil ou descaradamente, nos desviar do verdadeiro caminho da sabedoria, da alegria e do prazer real (vs. 10-19).

A última parte do primeiro capítulo, o texto sagrado revela de forma bem clara os resultados futuros de nossas escolhas no presente:

1. Grandes recompensas, prazeres duradouros e edificantes ou…
2. Grandes sofrimentos, prazeres destrutivos, ruína total.

O versículo 7 é o principal não apenas do capítulo, mas do livro inteiro. Sua mensagem deve nortear a vida de todo ser vivente para que proceda corretamente. Então, leia-o e decore-o, marque-o em tua Bíblia e aplique-o à tua vida.

“Se, de fato, ‘tememos ao Senhor’, reconhecemos de coração que Ele é o Criador e nós somos as criaturas; Ele é o Pai e nós somos os filhos; Ele é o Senhor e nós somos os servos”, diz Warren W. Wiersbe. E depois ampliou:

“Esse temor significa respeitar Deus em função de Quem Ele É, ouvir com cuidado aquilo que diz e obedecer à Sua Palavra, cientes de que nossa desobediência O desagrada, rompe nossa comunhão com Ele e faz sobrevir Sua disciplina”.

Conta-se que “certo jovem disse a Carlyle que não via nada de interessante em Provérbios, ao que ele respondeu: Tente escrever alguns provérbios e você terá um pensamento diferente acerca do Livro”.

Faça isso para aproveitar melhor Provérbios! – Heber Toth Armí.



PROVÉRBIOS 1 #RPSP, Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
31 de março de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

 

“Provérbios de Salomão, filho de Davi, o rei de Israel” (v. 1).

Os três próximos livros, certamente, serão um grande desafio. Deus dotou a Salomão de uma sabedoria notável e de uma inteligência admirável tal qual não houve e nem haverá jamais na Terra (I Reis 3:12). Portanto, estamos diante de palavras de um saber tão intenso e tão poderoso que só poderemos ter um princípio de compreensão se dermos ouvidos ao que o sábio escreveu no verso sete e que a primeira voz angélica nos confirmou: “Temei a Deus…” (Apocalipse 14:7).

Somente poderemos plenamente “entender provérbios e parábolas” (v. 6) mediante “o temor do SENHOR” (v. 7). Outro meio não há. E o temor do SENHOR provém de um coração submisso a Ele, que aceita viver a Sua “boa, agradável e perfeita vontade” (Romanos 12:2), simplesmente porque crê que o caminho que Ele traçou é o único que conduz à vida.

É interessante observarmos que Salomão inicia praticamente com a mesma mensagem do Salmo 1: “Filho meu, se os pecadores querem seduzir-te, não o consintas… não te ponhas a caminho com eles… porque os seus pés correm para o mal” (v. 10, 15, 16).

O sábio explica a importância dos provérbios (v. 2-6), diz como adquirir a sabedoria para entender (v. 7), fala da sabedoria dos pais (v. 8 e 9), e nos exorta a fugir das más companhias (v. 10-19). Já os versos 22 ao 33 é como uma ilustração para transmitir palavras diretas do SENHOR.

A promessa do derramamento do Espírito Santo já aqui é prometida (v. 23). Deus fala aos néscios, escarnecedores e loucos para que deem ouvidos à Sua repreensão a fim de que sejam herdeiros da promessa e conhecedores das palavras de Sua sabedoria. Infelizmente o resultado que se segue não é nada animador. Em resposta ao clamor de Deus há recusa e rejeição , e, consequentemente, há terror e perdição (v. 24 e 27).

Na ânsia da procura pela felicidade, o homem afunda-se cada vez mais na infelicidade. Só há verdadeira sabedoria no temor do SENHOR e, também, só é verdadeiramente feliz aquele que teme a Deus: “Bem-aventurado aquele que teme ao SENHOR e anda nos Seus caminhos!” (Salmo 128:1). As “alegrias” temporais deste mundo só produzem uma “impressão de bem-estar” que “os leva à perdição” (v. 32). Ou seja, uma vida sem o temor do SENHOR não passa de uma vida ilusória e passageira.

Vamos, pela graça de Deus, mergulhar nestes provérbios e entender o SENHOR quer nos falar. Lancemos por terra a sabedoria humana e deixemos que a divina dirija a nossa vida por completo. Deus deseja derramar sobre nós as torrentes do Seu Espírito. Para isso precisamos estar recebendo o orvalho diário, permitindo que Ele nos prepare para a grande chuva (Joel 2:28).

Escolha, a cada dia, dar ouvidos à sabedoria do SENHOR e você “habitará seguro, tranquilo e sem temor do mal” (v. 33).

Bom dia, tementes a Deus!

Desafio do dia: Separe um tempo do seu dia para fazer uma oração especial, pedindo ao SENHOR o que Ele promete nos dar liberalmente: sabedoria (Tiago 1:5).

Rosana Garcia Barros
#PrimeiroDeus #Provérbios1




%d blogueiros gostam disto: