Reavivados por Sua Palavra


SALMO 134 by jquimelli
14 de março de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Um grupo de viajantes caminha durante todo o dia. Enquanto viajam, cantam. Não como as canções que ouvimos e cantamos com nossas crianças em nossas viagens de carro hoje, mas, sim, músicas para lembrá-los da importância de sua peregrinação a Jerusalém.

Ao se aproximarem do Templo, avistam os levitas trabalhando no turno da noite, e a sua última canção começa assim: “Bendigam o Senhor todos vocês, servos do Senhor, vocês, que servem de noite na casa do Senhor” (v. 1 NVI).

Imagine como esta canção podia valorizar e motivar aqueles cujo importante trabalho normalmente passaria desapercebido ou desvalorizado por ser executado no turno da noite!

O que eu gosto nessa música é que ela reconhece e incentiva esses trabalhadores noturnos sem lisonjeá-los. A canção poderia descrever o grande trabalho que esses levitas estavam fazendo ou elogiá-los por sua dedicação, mas o que ela faz é incentivá-los e lembrá-los de sua responsabilidade, da importância da atividade desempenhada por eles.

Isso me faz lembrar um dia quando havia acabado de ensinar na escola bíblica para crianças e um avô veio me visitar com a mão estendida: “Eu só queria apertar a mão do ministro mais importante desta igreja”, disse ele.

Eu sabia o que ele estava tentando me dizer. Ele estava reconhecendo meu trabalho e me lembrando da importância de conduzir crianças a Cristo. Embora não tenha inflado o meu ego com bajulações, ele me fez sentir que meu trabalho era apreciado e me motivou a fazer o melhor para o meu pequeno e muitas vezes despercebido ministério.

Quais são algumas das maneiras pelas quais você pode incentivar (sem lisonjear) aqueles trabalhadores voluntários de sua igreja que quase não são notados?

Lori Futcher
Escritora e Editora
Cleveland, Tennessee, Estados Unidos

Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/psa/134 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/Psa/134/
Texto anterior expandido: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/12/19/
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli
Texto bíblico: Salmo 134 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



SALMO 134 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO – PRIMEIRO DEUS by jquimelli
14 de março de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



SALMO 134 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
14 de março de 2017, 0:50
Filed under: Sem categoria

SALMO 134 – Louvemos ao Senhor, pois Ele cuida de nós…

· …de dia e de noite;

· …em nossas idas e vindas;

· …em nossa peregrinação rumo ao Céu…

“Este é o último dos ‘Cânticos de Romagem’. Ele pode ter sido endereçado aos sacerdotes que entravam no serviço à tarde, após as ofertas do sacrifício vespertino. Evidentemente, havia um grupo de coristas e outros que estavam de serviço enquanto Jerusalém dormia. O Salmo termina com uma bênção recíproca dos que estavam de vigília sobre as multidões que se retiravam, recomendando-as, durante as horas da noite, ao cuidado do Senhor do Céu e da Terra” (F. B. Meyer).

1. Aqueles que buscam a Deus em Sua casa aqui na Terra serão conduzidos para a Casa de Deus lá no Céu.

2. Aqueles que louvam a Deus querem que os servos de Deus continuem reavivados promovendo louvores de dia e de noite.

3. Aqueles que inclinam o coração perante Deus levantam as mãos para a adoração (ver I Timóteo 2:8).

4. Aqueles que rendem louvores ao Senhor são cada dia mais abençoados por Ele.

Angel Manuel Rodriguez observa que “tanto quanto posso apurar, não há aceno com as mãos durante o culto na Bíblia. O levantar das mãos é comum (cf. I Timóteo 2:8). A Bíblia não prescreve gestos das mãos na adoração, mas descreve como prática comum aceitável”.

“Quando adoramos a Jesus, nosso coração deve encher-se de um santo gozo. E o que produz essa jubilosa adoração é nos maravilharmos cada vez mais com o Senhor Jesus, com Sua beleza e Suas glórias. Com muita frequência, no momento em que nos inclinamos diante dele para adorá-lO, nossa mente se acha atravancada pelos problemas da vida e pelos temores do amanhã. Por isso, nossas atitudes e atos são inertes, sem emoção e alegria. Mas quando avistamos Jesus, o gozo que Ele nos transmite associa-se ao júbilo que sentimos por estar em sua presença, e esse gozo em dose dupla explode em nosso interior, erguendo-se a níveis de êxtase cada vez mais elevados” (J. Cornwall).

· Nosso louvor ao Senhor deve ser uma explosão do nosso interior revelada no exterior.

· Quem vai à Casa de Deus para louvar ao Senhor com profundidade e sinceridade sai dela abençoado para sua casa.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



SALMO 134 #RPSP COMENTÁRIO ROSANA BARROS  by Ivan Barros
14 de março de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Bendizei ao SENHOR, vós todos, servos do SENHOR, que assistis na Casa do SENHOR, nas horas da noite” (v. 1).


Em minha época de colégio lembro-me de uma colega que me questionou acerca do sábado e disse que achava muito chata a ideia de estar todos os sábados na igreja. Para ela era como estar pagando uma penitência. É claro que para aquele que compreende o verdadeiro significado do sábado, estar na Casa de Deus neste dia é uma bênção e não uma obrigação. Pelo menos, deveria ser assim. Mas o que dizer dos demais dias de culto?

Este Salmo é uma convocação ao culto vespertino. Da mesma forma que no sábado, estes cultos são momentos de adoração ao “Criador do céu e da terra” (v. 3). “Todos” os “servos do SENHOR” são CONVOCADOS a comparecer diante da Sua presença.

E o que significa CONVOCAÇÃO? Sabemos bem o que é uma convocação para fazer parte de uma seleção nacional de futebol, por exemplo. Os jogadores são selecionados e devidamente convocados para fazer parte da elite do futebol de sua nação. E isto lhes é uma honra, eles irão servir à pátria com seu talento esportivo. A palavra convocação, conforme o dicionário, significa “chamado”. É o SENHOR do Universo chamando os Seus servos para bendizê-Lo, para um culto de gratidão por todas as bênçãos já concedidas e pela bênção que Ele deseja realizar (v. 3).

Porque os cultos de quarta e de domingo não são tão frequentados como os cultos de sábado? Porque ainda não entendemos que quem nos chama não é o pastor da igreja e nem os seus líderes. Quem nos CONVOCA é o Deus Criador do céu e da terra.

É claro que existem pessoas que não têm condições de estar presentes em todos os cultos noturnos, mas aí entra a importância do culto familiar vespertino. Não deixe de reunir a sua família para bendizer ao SENHOR “nas horas da noite”. Faça de seu lar uma Casa de oração. Que os pais ensinem aos filhos o significado de adoração e de gratidão dentro do lar e esta lição se estenderá para os cultos na igreja.

Que o chamado para os cultos na Casa do SENHOR seja para nós um privilégio de servir Aquele que tudo entregou por nós. Se cada adorador estiver ali com este propósito no coração, presenciaremos a cada culto uma poderosa manifestação da bênção do nosso Criador.

Bom dia, servos do SENHOR!

Desafio do dia: Se você não tem condições de frequentar a todos os cultos da noite em sua igreja, institua o culto vespertino em sua casa. Grandes bênçãos o SENHOR derramará sobre o seu lar! 

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus  #RPSP 




%d blogueiros gostam disto: