Reavivados por Sua Palavra


SALMO 127 by jquimelli
7 de março de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Construímos nossa casa em 2011. Era a primeira vez que construíamos nossa própria casa, após 18 anos de casamento. Antes da construtora iniciar os trabalhos, decidimos dedicar a Deus a construção da casa que no futuro chamaríamos de lar. Então nos reunimos com alguns amigos próximos, nosso corretor de imóveis e nosso construtor e lemos o Salmo 127.

Alí, no terreno, de mãos dadas, formamos um círculo e oramos a Deus. Queríamos reconhecer na frente daquelas pessoas que não desejávamos fazer nada sem Deus. Queríamos reconhecer perante elas que o esforço humano não vale nada se Deus não está nele.

As palavras deste Salmo foram escritas por Salomão e são muito sábias: um lar é muito mais que somente tijolos, cimento e telhas.

O Salmo continua mencionando que as crianças são uma bênção para o lar. No Antigo Oriente Próximo, filhos do sexo masculino, em particular, significavam segurança financeira para a família. Os filhos acompanhavam o pai ao portão da cidade para fechar negócios e resolver litígios. Os filhos ainda ajudavam o pai a cuidar dos interesses da família.

Deus nos ajudou a edificar a nossa casa, não apenas no âmbito da construção física, mas, principalmente, no desenvolvimento do nosso caráter. Ele tem habitado conosco e abençoado nossas vidas. A presença dEle confere significado à luta diária pelo pão de cada dia e nos possibilita dormir em paz.

Quero encorajá-lo hoje a levar Deus com você em todas as atividades da sua vida. Sem Ele você não é nada; com Ele você é abençoado!

Thandi Klingbeil
Estados Unidos

Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/psa/127 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/Psa/127/
Texto anterior expandido: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/12/12/
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli
Texto bíblico: Salmo 127 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/

Anúncios


SALMO 127 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO – PRIMEIRO DEUS by jquimelli
7 de março de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



SALMO 127 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
7 de março de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 127 – Colocar Deus em primeiro lugar significa tê-lO como prioridade em tudo na vida: No trabalho, no lazer, nos estudos e na família.
Reflita: Pais que priorizam Deus valorizam mais a espiritualidade dos filhos ou a faculdade deles, as coisas celestes ou as coisas terrestres?
O Salmo em apreço tem informações muito importantes para quem deseja que Deus seja o primeiro em sua vida:
• Se Deus não for o primeiro e o construtor do lar, a casa não passará de um lugar onde pessoas passam uma boa parte do tempo sem amor, sem harmonia e sem alegria (v. 1a).
• Se Deus não estiver atuando nas cidades, os guardas e policiais não servirão para nada (v. 1b).
• Se Deus não for o primeiro em teu trabalho e não tiver prioridade em teu salário, de nada adiantará trabalhar como um alucinado, de dia e de noite, sem férias, por mais e mais dinheiro (v. 2).
• Se Deus não for o primeiro até mesmo nas tuas férias, não saberás o que é descansar de verdade; e, não encontrarás satisfação na alma mesmo dormindo num colchão especial ou estando em um hotel de qualidade (v. 2).
• Se Deus não for o primeiro em tua vida, teus filhos serão mais maldição do que bênção, te darão mais tristezas do que alegrias, arrancarão mais lágrimas do que palmas; serão mais exploradores do que herança do Senhor (v. 3).
• Se Deus não for o primeiro em todas as coisas, os filhos não terão sucessos, mas derrotas; não trarão honra, mas desonra; serão a vergonha dos pais e não como flechas nas mãos do valente (vs. 4-5b).
• Se Deus não for o primeiro, o inimigo ocupará o espaço de Deus e fará lambança na família tornando-a inferno (v. 5).
“Pais, no ardor de vosso primeiro amor, estais buscando a conversão de vossos filhos, ou vos achais embebidos com coisas desta vida a tal ponto que não façais diligentes esforços para ser cooperadores de Deus? Tendes vós apreciação da obra e missão do Espírito Santo? Compreendeis que o Espírito Santo é o instrumento pelo qual devemos chegar às almas dos que nos rodeiam?” – indaga Ellen G. White.
Qualquer esforço humano desprovido de Deus será em vão, portanto, arrependamo-nos e consagremo-nos a Ele! – Heber Toth Armí.



SALMO 127 #RPSP COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
7 de março de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam…” (v. 1).


Em Êxodo capítulo 1, encontramos o início da história de Moisés. Mas, há ainda a história de Sifrá e Puá. Quem? Pois é. Pouco crédito é dado a estas duas servas de Deus que preferiram temer ao SENHOR do que a homens. Estas duas mulheres eram parteiras e receberam de Faraó a ordem de matar todos os meninos hebreus que nascessem. “As parteiras, porém, temeram a Deus e não fizeram como lhes ordenara o rei do Egito; antes, deixaram viver os meninos” (Êxodo 1:17). E, devido a este ousado ato de fé, o SENHOR as abençoou: “E, porque as parteiras temeram a Deus, Ele lhes constituiu família” (Êxodo 1:21). ELAS TEMERAM A DEUS.

Comentando este relato, escreveu Charles R. Swindoll: “…quando o decreto do rei violar diretamente a vontade expressa de Deus, devemos temer a Deus como duas mulheres corajosas chamadas Sifrá e Puá O temiam. E elas, mesmo mortas, ainda falam… As parteiras valorizavam mais o favor de Deus do que o de Faraó”.

O Salmo de hoje deixa bem claro que um lar sem a presença de Deus é uma edificação falida. Uma família sem o temor do SENHOR torna-se uma bandeira na causa de Satanás: “Na família Satanás está em atividade. Sua bandeira tremula, mesmo nos lares que se professam cristãos. Há invejas, suspeitas, hipocrisias, separação, emulação, contenda, traição de santos legados, satisfação das paixões. Todo o conjunto de princípios e doutrinas religiosas, que deveriam constituir o fundamento e arcabouço da vida social, assemelha-se a uma massa vacilante, prestes a ruir” (Ellen G. White, O Grande Conflito, p. 590).

Há realmente um grande conflito envolvendo cada família e toda família humana. Cada lar tem se tornado um palco, ou da manifestação divina ou do poderio demoníaco. Famílias que aparentemente parecem bem equilibradas estão sendo destruídas pelos ataques malignos por não confiarem a Deus o primeiro lugar em suas casas e em seus corações. Procura-se mais mulheres sábias que edifiquem a sua casa (Provérbios 14:1), sob o sólido fundamento do temor a Deus. Procura-se mais homens que amem suas esposas e seus filhos assim como “Cristo amou a igreja e a Si mesmo Se entregou por ela” (Efésios 5:25). Homens e mulheres que entendam que “herança do SENHOR são os filhos” (v. 3), e não “marionetes” que possam mover na direção em que quiserem.

Nunca houve uma geração tão desvirtuada do conceito do que seja temer a Deus como esta. O levantar das mãos, músicas com apelos emocionais e palavras bonitas tem sido o fundamento de uma fé fraca e solúvel. O ASSIM DIZ O SENHOR tem sido trocado pelo assim disse o homem que o SENHOR disse. As práticas mundanas têm invadido os lares e dos lares à igreja. O consumismo se instala na mente como uma doença que só pode ser “curada” com trabalho excessivo e sem repouso, inclusive no desrespeito ao santo sábado do SENHOR. Mas quão grande bênção há para os amados de Deus! A estes, o SENHOR os beneficia “enquanto dormem” (v. 2).

Meus queridos irmãos, há pouco mais de três anos o SENHOR me despertou e me fez enxergar o quanto eu estava negligenciando o que deveria ser o meu primeiro ministério: a minha família. A minha primeira missão passou a ser realizada dentro do meu lar e Deus tem provado a grande bênção que há em seguir o Seu propósito. Vejam o que escreveu o apóstolo Paulo: “Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé E É PIOR DO QUE O DESCRENTE” (I Timóteo 5:8). Uau! Que séria advertência! Amados, precisamos compreender que não há maior sermão do que uma família quedada aos pés do SENHOR. Não há maior testemunho do que o de um lar temente a Deus. As três mensagens angélicas como nossa responsabilidade de proclamá-las, devem partir de nossa casa para o mundo.

Permita que o SENHOR Deus seja o edificador de sua casa e “todos os teus filhos serão ensinados do SENHOR; e será grande a paz de teus filhos” (Isaías 54:13).

Bom dia, lares de esperança!

Desafio do dia: Separe um dia na semana como um dia especial de jejum e de oração por sua família. Grandes coisas o SENHOR fará em seu lar!

#primeiroDeus

#Salmo127

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: