Reavivados por Sua Palavra


SALMO 124 by jquimelli
4 de março de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

O autor deste Salmo reconhece desde o princípio, não uma, mas duas vezes, que não somos nada sem Aquele que nos ama.

Gosto muito da maneira como o escritor começa. Ele relata diversas possibilidades de coisas que poderiam ter acontecido sem a presença e a proteção do Senhor em nossas vidas. Pense nisso por um minuto. O que seria da sua vida sem Ele, sem a esperança que temos nEle? Tremo só de pensar.

Às vezes eu simplesmente não compreendo tudo o que tenho em Cristo, tudo o que sou em Cristo. No entanto, quando minha boca profere as verdades que sei sobre Ele e cantam os Seus louvores a minha compreensão se expande. Paremos de olhar para nós mesmos e nossos problemas. Concentremo-nos nEle.

Sei que terei problemas neste mundo, mas sigo animado porque Deus venceu o mundo através de seu filho Jesus Cristo. Ele rompeu os laços do pecado que o maligno preparou para me derrotar. Eu consigo vencer não por causa de quem eu sou, mas por causa de quem Ele é.

Essa é uma verdade que merece ser contada e cantada inúmeras vezes, você não acha?

Cindy Nash
Collegedale, Tennessee, Estados Unidos

Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/psa/124 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/Psa/124/
Texto anterior expandido: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/12/08/
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli
Texto bíblico: Salmo 124 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



SALMO 124 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO – PRIMEIRO DEUS by jquimelli
4 de março de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



SALMO 124 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
4 de março de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 124 – Em toda e qualquer situação complexa, em cada crise que nos ameaça e nos muitos desafios que nos causam medo precisamos relembrar que encontramos saída somente em Deus.

Diz J. Esquerda Bifet que “Deus protege aos que confiam nEle. Ao usar a memória para relembrar a história da igreja, de uma instituição ou nossa própria história particular, equivale a encontrar motivos incontáveis de confiança em Deus, que nunca abandona aos Seus, apesar das debilidades humanas”.

Leia o Salmo 124 e então aplique estas sugestões:

1. Faça uma intensa análise histórica da vida de tua família até chegar a você no tempo presente. Reconheça tudo o que realmente teria acontecido se Deus não tivesse agido para te preservar, ou preservar aos teus antepassados.
2. Faça um balanço em tua vida, tantas decisões erradas, tantos problemas colhidos tentando acertar, tantos pecados… e mesmo assim o santo Deus te preservou com bondade, amor, graça e misericórdia.
3. Faça uma auto avaliação, reconheça tua fraqueza, tuas limitações físicas, mentais, sociais, emocionais, econômicas, administrativas, teus defeitos, tuas falhas de caráter, os problemas familiares, teu passado, etc. e agradeça ao Deus que te socorreu e salvou para que estejas vivo lendo e meditando no salmo em questão.

O que seria de nós pecadores, causadores de problemas, frágeis e mortais seres humanos se não fosse a paciência de Deus? O que seria de nós sem a poderosa mão do Senhor nos protegendo dos terríveis ataques do mal, do diabo e seus demônios? Onde estaríamos se não fosse o amor de Deus atuando em nosso coração desprovido de tudo o que é bom?

Ao reconhecer o que Deus nos fez no passado, somos motivados a adorar-Lhe no presente e a confiar nosso futuro em Suas poderosas mãos que criou os Céus e a Terra, as constelações, o Universo.

Assim como Deus preservou Israel da extinção, Ele também nos preserva. Desta forma, podemos destacar dois pontos importantes e relevantes a nós do texto inspirado:

1. Para manter-nos vivos, Deus entrou no mundo para nos proteger (vs. 1-5);
2. Para preservar-nos neste mundo em destruição, Deus nos outorgou Sua graciosa provisão (vs. 6-8).

Nesta sociedade que vai de mal e pior, não tem nada melhor que depender sempre da ajuda de Deus! – Heber Toth Armí.



SALMO 124 #RPSP COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
4 de março de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“O nosso socorro está em o nome do SENHOR, Criador do céu e da terra” (v. 8).

“Não fosse o SENHOR, que esteve ao nosso lado” (v. 1), e o que seria de nós? Como nosso Criador, Deus sempre estabeleceu limites seguros para o nosso bem-estar eterno. Fora da segurança divina não passamos de presas fáceis para os agentes do inimigo.

Ao término da criação, o SENHOR separou um dia especial para que a humanidade jamais esquecesse de que Ele é o “Criador do céu e da terra”: o sábado. O sétimo dia da semana, é um dia diferente, separado (Gênesis 2:1-3) para um propósito específico: para lembrar-nos de que o SENHOR é o nosso Criador e para servir de sinal entre Deus e o Seu povo. “Santificai os Meus sábados, pois servirão de sinal entre Mim e vós, para que saibais que Eu sou o SENHOR, vosso Deus” (Ezequiel 20:20).

Irmãos queridos, passamos lutas e dificuldades durante cada semana e o convite amoroso do Criador para nEle descansarmos em Seu santo dia é um refúgio no tempo; é um oásis em meio aos desertos desta vida. “Não fosse o SENHOR” ter instituído este mandamento em especial (Êxodo 20:8-11), e a humanidade já teria esquecido do Seu Criador. Não é sem razão que o mandamento inicia com a expressão “Lembra-te”.

“Portanto, resta um repouso para o povo de Deus” (Hebreus 4:9). Resta um refúgio para todo aquele que reconhece o SENHOR como Criador. Há liberdade em guardar os mandamentos de Deus (Êxodo 20:2; Tiago 2:12). Há bênção (Isaías 58:13-14) em seguir o que a boca do SENHOR nos disse.

A história do jovem adventista do sétimo dia, Desmond Doss(*), está impactando o mundo e é uma prova inquestionável de que, da mesma forma que o SENHOR livrou Sadraque, Mesaque e Abede-Nego da fornalha ardente e da ira de Nabucodonosor, Ele está sempre ao lado de quem é fiel aos princípios que Ele estabeleceu como Seus mandamentos e daqueles que um dia os reconhecerão como lei imutável (Isaías 40:8).

Nos últimos dias, quando os homens se levantarem contra nós (v. 2), veremos cumprida a promessa: “Caiam mil ao teu lado, e dez mil à tua direita; tu não serás atingido” (Salmo 91:7). “Não fosse o SENHOR” que estará ao nosso lado e não suportaríamos as cenas finais deste mundo. E neste limiar só haverá dois grupos: “os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” (Apocalipse 14:12) e os que pisarão a lei do SENHOR.

Que possamos escolher estar ao lado dAquele que sempre estará ao nosso lado!

Bom dia, filhos do Criador!

Desafio do dia: Compartilhe conosco o que faz a leitura do Salmo de hoje ser importante para sua vida:

(*) Recomendo assistir o documentário sobre a vida dele disponível no YouTube, com declarações do próprio Desmond e de alguns de seus companheiros de guerra: https://youtu.be/vSTf9tCrxIU

*Leiam #Salmo124

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: