Reavivados por Sua Palavra


SALMO 59 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
29 de dezembro de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

O contexto do Salmo 59 é semelhante ao dos Salmos 56, 57 e 58. É um clamor pelo livramento de um grande perigo, e termina com uma repentina e dramática mudança para o agradecimento por esse livramento, que o salmista está certo que virá. …. O estilo vigoroso, porém formal do salmo, é marcado pela repetição de um versículo descritivo (ver v. 6 e 14) e um refrão (ver v. 9 e 17). CBASD, vol. 3, p. 867.

1 Livra-me. Ou, “arranca-me”. … Davi deseja ser protegido de todos os inimigos, quer estejam na sua própria casa, na corte, no seu país ou em outros países. CBASD, vol. 3, p. 868.

2 homens sanguinários. Literalmente, “homens de sangue”, ou seja, assassinos. CBASD, vol. 3, p. 868.

3 armam ciladas. O inimigo é comparado a animais selvagens, prontos a atacar sua presa (ver com. do Sl 7:2). CBASD, vol. 3, p. 868.

minha alma. Ou, “mim” (ver com do Sl 16:10). De acordo com o relato de I Samuel 19:11 a 18, a esposa de Davi, Mical, filha de Saul, contou a Davi da intenção do pai de matá-lo e o ajudou a escapar por uma janela à noite. CBASD, vol. 3, p. 868.

os fortes. Ou, “agressivos”. Homens empregados por Saul para realizar seus propósitos assassinos. CBASD, vol. 3, p. 868.

sem transgressão minha. O salmista afirma sua inocência. CBASD, vol. 3, p. 868.

6 uivam como cães. O salmista compara seus inimigos (v. 1, 2) com os cães famintos e semisselvagens do antigo Oriente, que se escondiam durante o dia para dormir e iam às cidades e vilas à noite e rondavam em busca de comida. CBASD, vol. 3, p. 868.

11 Não os mates. Isto é, não de imediato. Permitiu-se que Caim permanecesse vivo como um exemplo das consequências infelizes do ódio e do assassinato (ver Gn 4:12-14). Os vs. 11 a 15 apresentam uma série de pedidos do salmista para que Deus retribua de forma gradual a seus inimigos. às vezes, é preciso tempo para que os seres humanos vejam as consequências do pecado (ver com. do v. 5). CBASD, vol. 3, p. 869.

que reina Deus. Que Deus é o soberano universal, que pune a impiedade e recompensa a justiça. CBASD, vol. 3, p. 869.

até os confins da terra. Deus governa todos os reinos da Terra, não apenas Israel. CBASD, vol. 3, p. 869.

14 Ao anoitecer. Ver o v. 6. … O v. 6 descreve a conduta dos inimigos; o v. 15 descreve a punição que o salmista invoca sobre esses inimigos por causa da conduta deles. a linguagem é de triunfo. Os inimigos podem voltar a uivar, mas serão desapontados. CBASD, vol. 3, p. 869.

15 à procura de comida. O salmista era a presa. CBASD, vol. 3, p. 869.

16 Tu me tens sido alto refúgio. Embora o salmista tenha usado seus próprios meios para fugir (ver 1Sm 19:12), ele atribuiu corretamente seu livramento à misericórdia divina. CBASD, vol. 3, p. 869.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: