Reavivados por Sua Palavra


SALMO 30 by jquimelli
30 de novembro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Há momentos na vida em que o Senhor parece distante e nossas orações parecem infrutíferas. Nesses momentos sombrios, facilmente sentimo-nos solitários e depressivos. Davi conhecia essa realidade muito bem. Mesmo sendo o ungido de Deus, ele sentiu a ferroada de orações aparentemente não respondidas.

Neste Salmo, Davi dedica tempo para assegurar-nos de que Deus realmente responde as orações. Nossos momentos escuros são apenas temporários, nosso choro dura apenas uma noite e nossa alegria vem pela manhã. A alegria que o Senhor traz não pode ser contida, provoca ação e celebração. Eu não sei acerca das suas lutas internas, mas Deus sabe. Apresente a Ele tudo em oração!

O Senhor abençoou recentemente a mim e a minha esposa com uma filha e escolhemos dar a ela o nome de Yanai, que significa “Deus responderá.” Escolhemos esse nome para ser um lembrete constante de que Deus irá responder às nossas orações e que não devemos perder a esperança ao passarmos por tempos sombrios na vida.

Não há nada mais doce do que uma oração respondida!

Neste Salmo Davi dedica tempo para agradecer ao Senhor por ser fiel. O Senhor tem sido e sempre será fiel. Davi não quer jamais se calar a respeito da bondade de Deus, e por que ele deveria? Por que você e eu deveríamos nos calar?

Nossa oração hoje é:
Com o coração agradecido comparecemos diante de Ti, Senhor, agradecendo por ser tão fiel, agradecendo por estar disposto a ouvir nossas orações. Obrigado Senhor! Ajude-nos a não perder a esperança, mas a declarar aos outros que o nosso Deus é fiel e sempre ouve nossas orações.

Richard McNeil
Andrews University

 

Texto original: blog Conferência Geral em inglês
Tradução anterior expandida: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/09/06/
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli
Texto bíblico: Salmo 30 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leitura da semana programa Crede em Seus Profetas: blog Conferência Geral e blog Crede em Seus Profetas



SALMO 30 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMI by Maria Eduarda
30 de novembro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 30 – Só quem ora constantemente a Deus em meio às incertezas da vida chora apenas um momento. Quem ora em dias turbulentos, canta louvores ao Criador em todo o tempo.

• O salmista celebra a Jeová pelo livramento concedido (vs. 1-3);
• O salmista convida outros agraciados pelo favor divino a celebrar ao Salvador (vs. 4-5);
• O salmista confessa sua fragilidade e culpabilidade confiando na segurança divina (vs. 6-7);
• O salmista ora a Deus com base em Sua compaixão e graça, não nos próprios méritos (v. 8-10);
• O salmista conclui apresentando o resultado da oração, cantando louvores e, prometendo adoração perpétua a Deus (vs. 11-12).

Este mundo é “vale de sobra e de morte” (Salmo 23:4), onde a perseguição oprime aos adeptos do bem e da justiça (v. 1); onde o pecado promete prazeres e liberdades, mas escraviza e inferniza nossa alma. Contudo, Deus livra e cura profundamente (v. 2), reaviva e sustenta a vida (v. 3).

Assim, quando se chora enquanto ora as tristezas logo viram histórias gravadas na memória que servem para motivar aos mortais a renderem louvores ao Rei da glória.

Todos nós somos pecadores e sofredores neste mundo; além disso, devido à santidade de Deus e Sua perfeita justiça, estamos condenados por suscitarmos Sua ira e indignação; entretanto, Seu favor e compaixão nos curam – tornando-O mais digno de louvor (vs. 4-12).

As notas fúnebres das músicas de quem confia em Deus se transformam em melodias de alegria:

• Moisés cometeu assassinato, fugiu do Egito e perdeu sua alta posição, permanecendo no deserto por 40 anos (noite); depois, com Deus sua vida foi um sucesso e uma bênção (manhã de alegria).

• José foi vendido pelos próprios irmãos, tornou-se escravo de Potifar, foi preso por acusação falsa ao tomar a mais nobre atitude (noite); contudo, ele saiu da prisão para governar o Egito e ser bênção ao mundo (amanhecer alegre).

• Jesus entrou na história amarga da humanidade, amou ao pecador ao máximo, foi traído, abandonado e morto (noite); porém, ao terceiro dia ressurgiu para nos dar a vitória sobre o pecado e a morte (alegria matutina).

• Muitos cristãos foram perseguidos, e, por fim, martirizados (noite), mas graças à vitória de Cristo, eles ressurgirão para a vida eterna (na manhã da ressurreição).

“Senhor, cura-nos, reaviva-nos!” – Heber Toth Armí



SALMO 30 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
30 de novembro de 2016, 0:35
Filed under: Sem categoria

“… Ao anoitecer pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã” (v. 5).

Comentando com meu filho mais velho que o sol se põe mais tarde no Sul do país, ele me disse:— Que legal! Gostaria de morar lá porque o dia dura mais!

Parece que tudo fica melhor quando os primeiros raios do sol apontam no horizonte. A luz traz consigo a vida. Tanto, que quando um bebê está para nascer, dizemos que a gestante está para dar à luz. 

Já a noite traz consigo a escuridão, que por sua vez dá ideia de morte. Davi faz um contraste entre sentimentos: noite=tristeza e manhã=alegria; e emoções: noite=pranto e manhã=folguedos.

Costumamos ser muito rápidos e atentos para pedir, mas lentos e negligentes para agradecer. Cada manhã que acordamos com vida é motivo para dar graças a Deus. Enquanto muitos desceram à sepultura, nossa vida foi, mais um dia, preservada (v. 3). A noite é como se fosse um “vale da sombra da morte” (Salmo 23:4) no tempo. Por mais que os santos de Deus (v. 4) tenham que enfrentar situações escuras, por mais que as adversidades os façam chorar, a noite “não passa de um momento” (v. 5), ou seja, o sofrimento dos filhos de Deus é passageiro. Logo vem a manhã trazendo a alegria e o favor de Deus que “dura a vida inteira” (v. 5).

Anoiteceu em sua vida? Tudo se converteu em choro? Clame ao SENHOR por socorro (v. 2) e Ele lhe tirará “das trevas para a Sua maravilhosa luz” (I Pedro 2:9). Converterá o seu pranto em festa (v. 11). Tirará as vestes de luto e te vestirá de alegria (v. 11). Você não cessará de louvar ao SENHOR e a sua vida será uma melodia, em gratidão ao Deus da sua salvação, que alcançará muitos corações. O que quer que esteja escurecendo a sua vida, que lhe faça pensar que não tem mais jeito, que faça com que inimigos se deleitem em seu sofrimento, se Deus for o seu auxílio, é só questão de tempo até que a sua alegria resplandeça como a luz da aurora (Vide Provérbios 4:18).

Tem uma frase que gosto muito, que diz o seguinte: “No final tudo dá certo na vida do cristão, se ainda não deu certo é porque ainda não chegou ao final”. De certa forma, fazendo um paralelo, todos vivemos em um “mundo noite”. Doenças e morte nos cercam por todos os lados. Mas os que esperam no SENHOR e na preciosa promessa da segunda vinda de Cristo (Vide I Tessalonicenses 4:16), sabe que o choro pode até durar na noite que é este mundo, mas a alegria no mundo onde “já não haverá noite” (Apocalipse 22:5) durará eternamente. Apegue-se, pois, a esta promessa certa e verdadeira, clame ao SENHOR por auxílio e compaixão (v. 10), então, muito em breve, estarás rendendo graças para sempre (v. 12) no Reino onde a manhã jamais se apagará.

Bom dia, santos do Altíssimo!

Desafio do dia: Em uma folha intitulada “Noite”, escreva todos os seus temores. Em outra folha intitulada “Manhã” escreva tudo pelo que você é grato a Deus. A folha “Noite”, ao anoitecer, jogue no lixo. A folha “Manhã”, ao amanhecer, louve a Deus por tudo o que você ali escreveu.

*Leiam #Salmo30

Rosana Garcia Barros



SALMO 29 by jquimelli
29 de novembro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Muitas vezes somos chamados a dar ao Senhor o nosso tempo, os nossos esforços, nossa devoção e até mesmo nossas vidas. Neste salmo, porém, Davi nos incentiva a adorar a Deus e dar-Lhe glória! Somos chamados a adorar o Senhor na beleza da Sua santidade.“A beleza da santidade” (v. 2, Almeida). O que é santidade? Adorar na santidade significa mais do que solenidade e reverência. A palavra santidade carrega vários significados, mas para Davi carrega o atributo de Alguém puro por natureza ou de alguém que tenha sido purificado da terrível mancha do pecado. Seu apelo (v. 1,2,4) à adoração é dirigida aos corajosos, àqueles que venceram, que foram redimidos pelo sangue do Cordeiro, que tiveram suas vestes lavadas no purificador sangue do Cordeiro e agora estão andando em espírito de santidade, separados para o Senhor.Quando experimentamos a beleza de nossas vidas limpas, podemos – e devemos – expressar nossa gratidão e agradecimento ao Senhor, particularmente através do uso de nossa voz. Davi está ciente das poderosas maravilhas criadas e alteradas pela voz do Senhor, e as descreve para nós, para que as mantenhamos em mente enquanto usamos da nossa voz para louvar a Deus e dar-Lhe glória .

A voz do Senhor não se retirou da Terra após a criação. Não deixou de agir na Terra após dar-lhe forma, modelá-la e influenciar os fenômenos que vemos todos os dias.

A voz criativa e ativa do Senhor não deixa de atender você em seu momento de desespero, quando Deus lhe dá paz, alegria e esperança. Não impeça a tua voz de agradecer e louvá-Lo.

Louve ao Senhor! Louve alegremente porque você é dEle! Ele te redimiu, Ele cuida de você!
É hora de compartilharmos essas boas novas do que Deus tem feito por nós e façamos isto em alta voz, de modo que aqueles que estão na escuridão possam ter esperança. Adoremos o Senhor reconhecendo que Ele nos salvou e somente Ele poderia ter feito isto.

Que nossa oração hoje seja reconhecer que estamos salvos, e que possamos dar glória a Deus ao compartilhar estas boas novas com outras pessoas. Amém.

Richard McNeil
Andrews University

 

Texto original: blog Conferência Geral em inglês
Tradução anterior expandida: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/09/05/
Tradução: Pr Jobson Santos
Texto bíblico: Salmo 29 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leitura da semana programa Crede em Seus Profetas: blog Conferência Geral e blog Crede em Seus Profetas



SALMO 29 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMI by Maria Eduarda
29 de novembro de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

SALMO 29 – Convocados. Todos nós somos neste salmo. O salmista Davi, inspirado pelo Espírito Santo, conclama a todos os seres humanos a adorar ao Senhor Deus, o soberano Rei do Universo.

O Salmo começa com quatro imperativos (vs. 1-2):

1. Atribuam ao Senhor filhos dos poderosos;
2. Atribuam ao Senhor glória e força;
3. Atribuam ao Senhor glória ao Seu nome;
4. Adorem ao Senhor na beleza de Sua santidade.

O Salmo revela-nos as razões pelas quais Deus merece adoração da toda a humanidade (v. 3):

1. A voz do Senhor está sobre as águas;
2. A voz do Senhor troveja sobre muitas águas;
3. O Senhor está sobre muitas águas.

O Salmo nos apresenta a voz de Deus superior a qualquer outra voz poderosa existente no universo (vs. 4-9):

1. A voz do Senhor está sobre as águas. Deus troveja sobre as muitas águas;
2. A voz de Deus é poderosa;
3. A voz de Deus é majestosa;
4. A voz do Senhor quebra os cedros, arrebenta cedros do Líbano e os faz saltar como bezerros. Líbano e Siriom como pequenos bezerros selvagens;
5. A voz do Senhor despede labaredas de fogo;
6. A voz do Senhor faz contorcer o deserto. O Senhor faz tremer o deserto de Cades;
7. A voz do Senhor faz procriar corças. E desnuda bosques.

Os seres celestiais glorificam ao Senhor no Templo – o centro de comando do Universo. Nada abala ao Seu reino (vs. 9-11). Assim, nas tempestades da vida, o povo de Deus encontra força e paz, segurança e esperança, em Seu poder insuperável.

A voz do Senhor é mais poderosa que os mais fortes cataclismos naturais; ela é destruidora, inquietante. Ela traz fogo consigo, faz tudo estremecer, cria e destrói. Assim ela evoca a glória do Criador.

Um exemplo do poder da voz divina está em Mateus 8:25-26, onde fica evidente a paz que essa voz pode oferecer quando enfrentamos grandes tumultos na vida.

O Deus de voz poderosa e temível tem o compromisso de fortalecer e abençoar com a paz ao Seu povo. Os sete trovões em Apocalipse 10 referem-se ao cuidado de Deus ao Seu amado povo, presente no turbulento tempo do fim para promover paz nos coração atribulados de Seus filhos.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.

 


SALMO 29 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
29 de novembro de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

 

“A voz do SENHOR é poderosa; a voz do SENHOR é cheia de majestade” (v. 4).

Davi inicia convocando os filhos de Deus a tributar “ao SENHOR glória e força” (v. 1), ou seja, render-Lhe homenagens, dedicar-Lhe “a glória devida ao Seu nome” (v. 2). Mas esta convocação não se referia à gratidão por bênçãos alcançadas, nem para celebrar momentos felizes, e sim para reconhecer o poder e a “beleza da santidade” (v. 2) da “voz do SENHOR” (v. 4), em meio a fortes tempestades.

A voz de Deus que, no princípio (Vide Gênesis 1:2), pairava sobre a face das águas (v. 3), é a mesma que é poderosa (v. 4) para acalmar tempestades (Vide Lucas 8:24). A mesma voz que com poder criou todas as coisas (Vide Hebreus 11:3), é a mesma que em breve fará novas todas as coisas (Vide Apocalipse 21:1). A voz que “despede chamas de fogo” (v. 7), é a mesma que livra do fogo (Vide Daniel 3:25). A voz que “faz tremer o deserto” (v. 8), é a mesma que no deserto fez Satanás tremer (Vide Mateus 4:11). A voz do SENHOR que “faz dar cria” (v. 9) aos animais, é a mesma que nos criou (Vide Gênesis 1:26).

Deus dá a conhecer a Sua voz a todo aquele que O segue e não dá ouvidos a estranhos (Vide João 10:4, 5). Ele pode até permitir que Seus filhos passem por tempestades, porém, jamais permitirá que eles pereçam (Vide Isaías 43:2). O SENHOR nos diz: Eu estou no controle de tudo, lhe darei forças e lhe abençoarei com paz (v. 11).

Precisamos falar menos e ouvir mais. O SENHOR deseja falar conosco por meio de Sua Palavra e, para ouvirmos a Sua voz, precisamos nos submeter à Sua vontade e seguir os Seus passos (Vide I Pedro 2:21). As ovelhas de Cristo O seguem porque conhecem a Sua voz. Se buscamos ouvi-Lo todos os dias, quando vier a tempestade a Sua voz ficará ainda mais familiar. Se permitirmos que Deus presida os “dilúvios” que parecem que vão nos submergir, então Ele nos estenderá a Sua destra e nos conduzirá ao lugar seguro (Vide Mateus 14:31, 32).

Permita que a sua vida seja guiada pela voz do SENHOR, então você será sempre um templo de Deus (Vide I Coríntios 6:19) a tributar ao SENHOR: “Glória!” (v. 9).

Bom dia, guiados pela voz do SENHOR!

Desafio do dia: Após estudar o Salmo de hoje, escreva o que Deus lhe falou. Você fixará melhor o texto bíblico e perceberá como Ele tem prazer em falar com você.

*Leiam #Salmo29

Rosana Garcia Barros



SALMO 28 by jquimelli
28 de novembro de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Deus chamou Davi para o seu papel e sabia que ele se tornaria um líder extraordinário. Os dois comungavam de uma maneira tão poderosa que as palavras de suas conversas ainda nos inspiram ao lermos os Salmos hoje.

Davi sempre orou sinceramente a Deus, sem nenhuma pretensão. Ele não idealizava suas orações, mas via a sua vida como um livro aberto para Deus.

Este Salmo é outro grande exemplo de franqueza e honestidade de Davi. Ele pede a Deus – “Não fiques indiferente para comigo! Se permaneceres calado, serei como os que descem à cova” (v. 1 NVI). “Eu preciso que Tu ouças os meus pedidos quando eu clamo a Ti e quando eu levanto as minhas mãos a Ti ” [versão do autor].

Davi apresenta nos Salmos uma vida de oração que cada um de nós deve seguir. . . dizer tudo a Deus e compartilhar com Ele as preocupações mais íntimas de nossas almas. Deus pode lidar com isso! Na verdade, você pode encontrar quase todas as emoções e humor ao longo dos Salmos, pois Davi era muito expressivo com Deus.

Durante a oração, somos livres na presença de Deus para lidar com verdades difíceis sem o medo de ser mal interpretado. Onde mais podemos encontrar a liberdade de uma verdadeira fala coração a coração? Davi dependia desse tipo de profunda comunhão com Deus para se manter focado em suas responsabilidades de liderança.

Este Salmo termina com louvores e uma celebração de louvor em orações respondidas de Deus, que Davi nunca se esqueceu de fazer.:
“Bendito seja o Senhor,
Pois ouviu as minhas súplicas.
O Senhor é a minha força e o meu escudo;
Nele o meu coração confia, e Dele recebo ajuda.”

Dediquemo-nos a uma vida de oração expressiva com o Senhor, conversando de coração para coração.

Vinita Sauder
Vice-presidente de Iniciativas Estratégicas
Universidade Adventista do Sul

 

Texto original: blog Conferência Geral em inglês
Tradução anterior expandida: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/09/04/
Tradução: Pr Jobson Santos
Texto bíblico: Salmo 28 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leitura da semana programa Crede em Seus Profetas: blog Conferência Geral e blog Crede em Seus Profetas




%d blogueiros gostam disto: