Reavivados por Sua Palavra


SALMO 48 – #RPSP – COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
18 de dezembro de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Grande é o SENHOR e mui digno de ser louvado, na cidade do nosso Deus” (v. 1).

Jerusalém era considerada por Israel como sendo “a cidade de Deus”, a morada do Altíssimo. Seus limites eram sagrados e inabaláveis. Foi quando começaram a inverter valores, elevando Jerusalém a um patamar ilusório. Lá não era um forte indestrutível, mas um lugar de onde deveria sair a mais forte mensagem. Só que não foi isso o que aconteceu e a cidade tão preeminente e tão querida, foi subjugada devido ao orgulho de seus líderes.

Existem muitos lugares em que gosto de ir e que me sinto bem, contudo, por mais agradáveis que sejam, nenhum deles se compara à minha casa. É lá que eu posso ficar à vontade, estar com minha família, me alimentar melhor, descansar, enfim, minha casa é meu oásis. Creio que todos nós gostamos dessa sensação de chegar em casa, quer seja ela uma mansão ou um casebre. Na verdade, sentir prazer em estar em casa é definido pela atmosfera que ali predomina.

Por mais que Jerusalém fosse a cidade da nação eleita, por mais que tivesse sido escolhida como capital de Israel, não deveria ali ser depositada a sensação de completa satisfação. Porque é muito bom estar em casa, é muito bom estar em família, é muito bom saber que ali está a bênção de Deus. Mas, nem o espaço geográfico de Jerusalém, nem tampouco o espaço físico de nossa casa é a nossa real morada. O Grande SENHOR não conhece limites geográficos e não escolhe uma casa terrena para morar. Ele está em todo lugar, sondando cada coração e, através de Seu Espírito, por meio de gemidos inexprimíveis (Vide Romanos 8:26), nos dizendo:

– Vocês ainda não estão em casa!

Deus estabelecerá um lugar onde a alegria reinará; onde palácios trarão as digitais de um Criador que não desampara os Seus filhos. “Na cidade do SENHOR dos Exércitos” (v. 8) não haverá mais choro, nem dor, nem morte (Vide Apocalipse 21:4). Ali, pensaremos na misericórdia de Deus enquanto O adoramos (v. 9) e nossa mente, restaurada à perfeição edênica, romperá em um cântico que ecoará por todo o Universo, pois o SENHOR manifestou a Sua perfeita justiça.

Amados, o nosso lar não é aqui. Precisamos, a cada dia, sentir saudades do lugar em que nunca fomos, mas que pela fé, aguardamos (Vide Hebreus 11:1). Se Deus habita em você, você pode dar a volta ao mundo, não importa aonde você estiver, VOCÊ será a morada de Deus.

Precisamos ser templo do SENHOR (Vide I Coríntios 6:19) aqui, para que, muito em breve, sejamos levados para Casa. Que no meu e no teu coração haja a firme resolução de “que este é Deus, o nosso Deus para todo o sempre; Ele será nosso guia até a morte” (v. 14). Lembre-se de que apenas querer a casa dos sonhos não a torna uma realidade. Todo aquele que almeja o Céu, procura vivê-lo na Terra. Comece a viver o Céu aqui e, então, vivê-lo-ás para sempre!

Bom dia, futuros cidadãos celestes!

Desafio do dia: Faça uma lista especial com o nome de pessoas que você deseja ver no Céu e ore por esta lista todos os dias.

*Leiam #Salmo48

Rosana Garcia Barros

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: