Reavivados por Sua Palavra


SALMO 31 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
1 de dezembro de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Quanto a mim, confio em Ti, SENHOR. Eu disse: Tu és o meu Deus” (v. 14).

O mundo vive uma crise que jamais houve. A violência se multiplica, as catástrofes aumentam cada vez mais, a fome faz perecer milhares a cada dia, as doenças se proliferam e surgem novas doenças, o planeta aquece em uma velocidade tão grande, que pesquisar a possibilidade de se viver em outros planetas converteu-se de ficção científica para os estudos mais patrocinados pelo meio científico. É como se o mundo estivesse em contagem regressiva. E quanto mais o homem foge dos propósitos divinos, tanto mais estamos perto de um completo caos.

Em meio a problemas e tribulações, Davi sabia a Quem recorrer. Deus era o seu refúgio (v. 1), o seu castelo forte (v. 2), a sua rocha (v. 3), a sua fortaleza (v. 4), o “Deus da verdade” (v. 5), o SENHOR em Quem confiava (v. 6), o Deus benigno (v. 7), o Deus que firma os passos (v. 8), mas, acima de tudo, Deus era o Deus de Davi: “Tu és o meu Deus” (v. 14). Em meio a todos os perigos, inimigos, tribulações e aflições, Davi confiava no seu SENHOR: “Quanto a mim, confio em Ti, SENHOR” (v. 14).

Oh, amados, se cada ser humano buscasse a Deus da mesma forma que fazia Davi: PESSOALMENTE! Quão diferente seria a nossa atual situação! Precisamos entender que o mesmo Deus que amou ao mundo (Vide João 3:16), é o mesmo Deus que deseja ser o Deus de Davi, de Fernanda, de Cintia, de Jorge, de Antônio, de cada ser humano que Ele criou para a Sua glória (Vide Isaías 43:7). Quando desenvolvemos um relacionamento pessoal com Deus, passamos a compreender que cada um de nós é único para o Criador. Que você e eu temos o privilégio de receber, particularmente, o resplendor da face de Deus (v. 16). Jesus pôde expressar este atributo divino quando Se misturava com todos, principalmente com os desprezados de Israel. Maria Madalena, Lázaro, a mulher do fluxo de sangue, o endemoninhado de Gadara, dentre outros, foram exemplos do quanto o Criador de todas as coisas deseja ter contato com cada um de Seus filhos. Se tão-somente Ele for o nosso refúgio (v. 19), Ele cuidará de nos preservar (v. 23).

“Amai o SENHOR” (v. 23), não é um mero pedido de Davi, É NOSSA NECESSIDADE. Se você amar ao SENHOR e confiar nEle acima de qualquer tormenta que possa surgir em sua vida; se como Davi, e como o próprio Jesus, disseres a cada dia: “Nas Tuas mãos, entrego o meu espírito” (v. 5; Lucas 23:46); se o SENHOR for o teu Deus; então, estarás seguro no esconderijo do Altíssimo (v. 20) e a bondade (v. 19) e a misericórdia (v. 21) do SENHOR sempre lhe acompanharão. Todo aquele que confia em um Deus pessoal e sempre presente, pode louvar de todo o coração neste momento: “Não temo o futuro, pois tenho Deus comigo. Pode cair o mundo, estou em paz!” (“Estou em paz”, Novo Tom). Sede forte, e revigore-se o teu coração, VOCÊ, que espera no SENHOR (v. 24).

Bom dia, amigos de Deus!

Desafio do dia: Ouça o hino 240 – Bendita Segurança, entregue sua vida nas mãos de Deus e, com essa certeza, faça a diferença na vida de outras pessoas, compartilhando o amor de Jesus.

*Leiam #Salmo31

Rosana Garcia Barros

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

GLORIA A DEUS

Comentário por ANTONIO CARLOS JOSE SOARES




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: