Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 1 by jquimelli
13 de julho de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

O que você faria se Deus aparecesse a você como Ele fez a Salomão, e dissesse: “O que você deseja que Eu lhe dê? É só pedir!” Você pediria dinheiro, sucesso nos negócios, ou uma vida longa e saudável? Após meditar e orar o que você pediria?

Salomão respondeu: “Dê-me sabedoria e conhecimento”, para que eu possa conduzir “este Teu grande povo.” Deus apreciou muito a sua resposta. Para Deus não há tesouro maior do que as pessoas. Ele quer cada uma delas conSigo por toda a eternidade.

Pense um pouco no tesouro que Deus lhe confiou. Está você diariamente pedindo a Deus que lhe dê sabedoria para realmente amar seu cônjuge? Você está a cada momento pedindo a Deus para ajudá-lo a saber como orientar e amar seus filhos? São os seus clientes, colegas de trabalho ou funcionários ricamente abençoados pelo fato de que você tem uma conexão com o Deus de toda a sabedoria e conhecimento? Até mesmo a sua vizinhança é positivamente afetada, porque você está orando por eles?

 

Pastor Scott Griswold
Recrutador de Missionários
Apoio a Projetos para o Sudeste da Ásia

 

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/2ch/1 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra/
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/2ch/1
Publicação anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/04/19/
Tradução JAQ/GASQ/JDS/Cindy Tutsch
Texto bíblico: II Crônicas 1
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas:
http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/36-37 e https://credeemseusprofetas.org/



II CRÔNICAS 1 – Comentário Pr Heber by Ivan Barros
13 de julho de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

A Bíblia deve ser lida com propósitos espirituais com foco no plano da salvação. Ela deve ser vista panoramicamente com base no grande conflito entre o bem e o mal, entre o plano da salvação e a nossa resposta a ele. II Crônicas dá continuidade à história da redenção iniciada em Gênesis e reiniciada em I Crônicas 1:1. É útil a divisão de dois livros devido a que a primeira parte termina com os preparativos para o templo, já a segunda descreve sua construção e história desde o reinado de Salomão, até o edito de Ciro. Algumas verdades de II Crônicas 1:

1. Quando Deus escolhe alguém para uma função espiritual aqui na terra, Ele faz o que for necessário a fim de que as pessoas tenham credibilidade nessa pessoa (vs. 1-2);

2. Aquele que aceita cumprir os propósitos de Deus neste mundo deve estar disposto a cultuá-lo e adorá-Lo entregando-lhe totalmente a vida (vs. 3-6);

3. Quem se dispõe seguir os planos do Céu aqui na Terra precisa mais do que meros conselheiros sábios mortais, precisa de sabedoria divina; portanto, deve orar por tal sabedoria (vs. 7-10);

4. Aquele que se consagra a Deus, ora conforme a vontade divina; então Deus se agrade em responder e promete-lhe dar além do pedido (vs. 11-17).

Desta forma não vejo nenhuma vantagem em continuar apegando-me aos meus sonhos e planos mesquinhos do meu coração, estou disposto a saber quais são os planos de Deus para mim! E quanto a você?

Para quem está disposto a seguir os planos de Deus, Deus se dispõe a fazer o que humanamente não é possível. Isso está bem claro em II Crônicas 1:7-17, veja alguns pontos importantes para cada um de nós nos dias atuais:

1. Se você estiver pronto a fazer o tudo que Deus quiser, Deus promete dar tudo o que você quiser (v. 7);

2. Se você estiver sendo dominado pela vontade de Deus, sua oração jamais se focará em pedidos carnais para satisfazer caprichos egoístas; pelo contrário, tuas orações serão tão espirituais que Deus terá prazer em respondê-las (v. 8-10);

3. Se você seguir estritamente os dois passos acima, Deus se agrará tanto de tua vida e de teu pedido que te dará mais do que você possa imaginar (vs. 11-12);

4. Se você se levantar da oração disposto a fazer tudo o que Deus te prometeu dependendo dEle, confiando plenamente em Seu poder, você será grandemente recompensado e abençoado aqui na terra a ponto de ter o reconhecimento dos de fora (vs. 13-17).

Deus é o mesmo hoje do que foi na época de Salomão; a questão é, temos hoje a mesma motivação de Salomão? Deus tem planos para Sua igreja aqui na terra e precisa de gente para executá-los sabiamente, mas quantos hoje estão priorizando tanto a igreja como Salomão priorizou o templo? Há uma missão especial, mais importante do que construir templos e igrejas, devemos construir o reino de Deus no coração das pessoas, você se dispõe?

Os que oram em busca de glória, poder, fama e bens materiais se decepcionarão com Deus; por outro lado, quem busca a sabedoria, a força e a bênção de Deus para realizar apenas a vontade divina aqui na terra, serão surpreendidos (II Crônicas 1). Para crer nisso você precisa conhecer a Deus, e, para conhecê-Lo é preciso não apenas ler a Bíblia e orar, mas passar tempo com Ele, conversar pessoalmente com Ele, submeter-se à Sua vontade reconhecendo quem Ele é diante de quem nós somos. “Os que fazem deste mundo sua finalidade, não chegam ao outro, e também se decepcionam nisto; mas os que fazem do outro mundo sua finalidade, não somente o obterão, e a plena satisfação, senão que terão em seu caminho tanto deste mundo como seja bom para eles. Contentemo-nos sem as grandes coisas que geralmente cobiçam os homens, mas que correntemente resultam ser laços fatais para a alma” (Matthew Henry). Desejo que você medite profundamente no texto bíblico, interaja com ele, peça sabedoria do Espírito Santo, discernimento e percepção espirituais e poder do Céu; além disso, renda-se completamente a Cristo e viva os maravilhosos sonhos de Deus para tua vida. Tenha um bom dia de preparação e tenha sucesso em tua vida espiritual. Clame a Deus como Salomão e serás respondido como ele foi! Que Deus te abençoe em tua jornada cristã, te fortaleça a fé e te conduza às realizações que Ele tem idealizado para você!

(Heber Toth Armí)



II CRÔNICAS 1 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
13 de julho de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Naquela mesma noite, apareceu Deus a Salomão e lhe disse: Pede-me o que queres que Eu te dê” (v. 7).

Salomão juntamente com todo o povo, foram a Gibeá oferecer sacrifícios. Eles desejavam consultar o SENHOR. E o SENHOR lhes ouviu, e falou com Salomão: “Pede-me o que queres que Eu te dê”. Então, nos versos seguintes podemos ver o famoso pedido de Salomão. E se tem uma coisa que sabemos fazer é pedir. Pedido por paz, pedido por saúde, pedido pela vida conjugal, pedido pela família. Enfim, sabemos pedir muito. Porém, na maioria esmagadora das vezes, pedimos mal. Está escrito: “pedis e não recebeis, porque pedis mal” (Tiago 4:3). O pedido de Salomão agradou o coração de Deus e lhe fez conhecido diante das demais nações. Sua fama corria a Terra, de forma que reis e seus representantes vinham à sua presença para conferir com os próprios olhos a sua reputação. “Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento” (v. 10), é o que devemos pedir ao SENHOR todos os dias. Se pedimos mal é porque não compreendemos perfeitamente a vontade de Deus em nos atender. Lembrem-se de que foi Deus quem perguntou a Salomão o que ele queria. É claro que Deus já sabia de seu pedido. Mas quando pedimos, estamos confirmando que é Ele quem nos dá. Salomão não pediu riquezas e honras. Nem tampouco uma sabedoria extraordinária. Ele pediu sabedoria e conhecimento suficientes para julgar o povo (v. 11). Mas “o SENHOR, seu Deus, era com ele e o engrandeceu sobremaneira” (v. 1). Deus exalta os que se humilham. E as riquezas do rei vieram de “brinde” em seu reinado. Diante de Deus, Salomão reconheceu a sua pequenez e incapacidade para assumir uma responsabilidade tão grande. Só com o discernimento do SENHOR seria bem sucedido. 

Meus amados, apesar da promessa de que depois de Salomão não haveria outro igual em sabedoria e conhecimento, o SENHOR nos promete a sabedoria se fizermos como fez Salomão: “Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida” (Tiago 1:5). Em reconhecer que dEle vem a sabedoria é o que faz toda a diferença, pois também está escrito: “Eis que o temor do SENHOR é a sabedoria, e o apartar-se do mal é o entendimento” (v. 28). Então não basta pedir, devemos proceder. Temer a Deus e dar as costas para o que é mal é o “caminho das pedras”. O equivalente à soma dessas duas ações redunda em sabedoria e conhecimento. A oração certa acompanhada do pedido certo produz resultados incomparáveis. Por isso, teme a Deus e foge do que é avesso à Sua vontade, e Ele lhe tornará sábio e cheio de entendimento.
Bom dia, tementes a Deus!
*Leiam #2Crônicas1

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: