Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 11 by jquimelli
23 de julho de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

O rei Jeroboão recrutou todos os tipos de pessoas para serem sacerdotes quando ele estabeleceu ídolos em forma de bezerros e a adoração de demônios. Sacerdotes, levitas e outros se recusaram a ter qualquer parte nisso e nos três anos seguintes se retiraram de Israel, indo para Judá. Esta importante migração da liderança moral fortaleceu muito Judá e teve significativo impacto na destruição posterior de Israel.

Hoje, o mesmo inimigo está ativo, procurando enfraquecer o povo de Deus. Ele trabalha através de várias formas de idolatria, para desviar o tempo e a atenção das pessoas para longe de seu Deus amoroso.

Que atrações estão em ação em sua vida? O que está roubando o tempo que deveria ser devotado a Deus? O que está enfraquecendo o seu amor por Ele?

Você também pode mudar-se para um lugar mais seguro espiritualmente, o que pode significar simplesmente ficar longe do seu computador ou telefone por um período de tempo ou um dia, a fim de buscar a Deus.

Ou pode ir além, mudando-se com sua família para um novo local, onde você terá mais tempo para Deus ou encontrará oportunidades para o ministério.

Dê um passo corajoso a favor de Deus hoje.

Fortaleça-se. Fortaleça sua família. Fortaleça o reino de Deus.

 

Pastor Scott Griswold
Recrutador de Missionários
Apoio a Projetos para o Sudeste da Ásia

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/2ch/11 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra/
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/2ch/11
Publicação anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/04/29/
Tradução JAQ/GASQ/JDS/Cindy Tutsch
Texto bíblico: II Crônicas 11
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas:
http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/38-39 e https://credeemseusprofetas.org/



II CRÔNICAS 11 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
23 de julho de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

1-23 O cap. 11 ressalta as recompensas pela obediência ao mandamento de Deus (v. 1-4): Roboão desfruta de prosperidade e poder (v. 5-12), de apoio popular (v. 13-17) e de uma descendência (18-23). O cap. 12 mostra o inverso: A desobediência leva ao castigo (Bíblia de Estudo NVI Vida).

1 A insensatez de Roboão dividiu o seu reino e ele tentou reuni-lo novamente pela força.A verdadeira unida, entretanto, não pode ser forçada – ela deve ser a resposta de corações dispostos. Se você deseja a lealdade de empregados, crianças ou qualquer outro a seu encargo, ganhe seus respeitos através do amor ao invés de tentar ganhar suas submissões através da força (Life Application Study Bible Kingsway).

lutar contra Israel. O autor de Crônicas omite o relatório da escolha de Jeroboão como rei de Israel (Andrews Study Bible).

4 Eu é que fiz isso. É claro que não era vontade de Deus que o reino de Davi fosse dividido em duas monarquias. A vontade divina era que os israelitas andassem em Seus caminhos e caminhassem a crescer até que, por seus esforços missionários, tivessem proclamado Seu nome por toda a Terra. Mas, quando os israelitas andaram em seus róprios caminhos e abandonaram o Senhor, Sua mão protetora foi retirada e forças separatistas inevitavelmente entraram em ação (CBASD, vol. 3, p. 246,247).

Por que Deus apoiaria esta rebelião? Era parte da punição às nações por terem se desviado de Deus (1 Rs 11:11). Era também um modo de Deus salvar o pequeno reino de Roboão da derrota. Agindo assim, Deus preservou a linhagem de Davi e manteve intacto o Seu plano para o Messias ser um descendente de Davi (ver 2 Sm 7:16). Quando vemos divisão, especialmente em uma igreja que se divide, tentamos imaginar o que Deus poderia nos ter feito. Deus deseja unidade, mas enquanto devamos sempre trabalhar pela reconciliação, devemos reconhecer que somente Deus conhece o futuro. Ele pode permitir uma divisão para alcançar seus propósitos maiores (Life Application Study Bible Kingsway).

5-10 Essa lista de cidades não se acha em Reis. Roboão fortificou suas fronteiras do leste, do oeste e do sul, mas não do norte, talvez como demonstração da sua esperança da reunificação dos reinos, e como reação à ameaça da invasão da parte do Egito (Bíblia de Estudo NVI Vida).

10 Hebrom. A cidade mais importante na Judá central, aonde os patriarcas foram enterrados e onde Davi reinou por sete anos (Andrews Study Bible).

13-17 O cronista toma por certo que seus leitores estão familiarizados com 1Rs 12.26-33. Essa matéria é exclusividade de Crônicas e reflete o interesse do autor tanto pelo templo com seus funcionários, bem como por demonstrar que o reino de Judá era o remanescente de todo o Israel (Bíblia de Estudo NVI Vida).

15 Ídolos … em forma de bodes e bezerros. O relato em Reis menciona somente os bezerros de ouro (quanto à adoração aos ídolos de bodes ou de sátiros, v. Lv. 17.7) (Bíblia de Estudo NVI Vida).

Jeroboão constituiu seus próprios sacerdotes, para sua própria religião, importada do Egito, com adoração de sátiros, ídolos em forma de bode semi-humano, também chamados “demônios” (Lv 17.7) e “bodes” (Lv 4.24, 9.15). O rito que os acompanhava, assim como o rito egípcio dosbezerros, era degradante e imoral (Bíblia Shedd).

para os sátiros. As versões ACF, ARC e NTLH traduzem a palavra como “demônios”. deus considera a vil adoração aos ídolos como sendo adoração a demônios (ver Dt 32:17; Sl 106:37, 38; 1Co 10:20) (CBASD, vol. 3, p. 248).

foram a Jerusalém. Essas pessoas se mudaram para Judá. Seu propósito ao sair de Israel e ir para Judá era ter oportunidade de adorar em Jerusalém. A política de Jeroboão era impedir visitas a jerusalém para propósitos de adoração. No tempo de Asa houve novamente uma migração de adoradores fiéis de Yahweh para o reino do sul (2Cr 15.9) (CBASD, vol. 3, p. 248).

16Estas pessoas obedeceram a Deus ao invés de Jeroboão. Pelas suas ações, eles preservaram sua integridade e o fortalecimento do reino do sul. No futuro, a maioria do povo do norte seguiria os perversos desígnios dos reis, tentando conseguir benefícios pela cooperação. Não siga o seu exemplo racionalizando o abandono dos ensinos de Deus para tentar conseguir recompensas terrenas (Life Application Study Bible Kingsway).

18 Jerimote. Não consta entre os filhos legítimos de Davi (1 Cr 3.1-8; 14.4-7); deve ter sido o filho de uma concubina (Bíblia Shedd).

20 Maaca, filha de Absalão. Todas as descendentes em linha direta eram chamadas de “filha”, em heb. Essa deve ser filha de Tamar, a única de Absalão (2 Sm 14.27) (Bíblia Shedd).

21 Na concupiscência da carne, Roboão seguiu o pior exemplo de seu pai, entrando naquele caminho … que levara a nação à divisão e à desgraça (Dt 17.17) (Bíblia Shedd).

21,22 Esses versos explicam por que o filho mais velho não foi nomeado sucessor por Roboão (Bíblia de Estudo NVI Vida).

Parece que Jeús (19) era o primogênito e herdeiro legítimo do trono. O amor do rei por sua esposa Maaca levou-o a deixar sua indulgência aos favoritos violar a Lei de Moisés (Dt 21.15-17) (Bíblia Shedd).

23 procedeu prudentemente. Dispersando seus filhos por toda a Judá, onde sem dúvida ocuparam posições de responsabilidade e desenvolveram interesses locais além dos do trono, Roboão sabiamente promoveu os interesses do reino (CBASD, vol. 3, p. 248).



II CRÔNICAS 11 – Comentário Pr Heber by jquimelli
23 de julho de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

II CRÔNICAS 11 – Seguir os planos de Deus é importante, desviar-se dos planos de Deus resulta em perder tudo. O autor de II Crônicas omitiu a coroação do rei Jeroboão, por não considerar Jeroboão e os outros reis posteriores do reino do Norte herdeiros legítimos do trono de Israel. Duas tribos, de Judá e de Benjamim constituíram o reino do Sul, e, dez tribos restantes foram consideradas o reino do Norte. A sede do reino do Sul era Jerusalém, do reino do Norte era Samaria. Desde II Crônicas 10 o cronista trata do período da monarquia dual, entretanto, sua ênfase recai a casa davídica, onde mais claramente o favor de Deus foi dispensado. Frederick Unger declara que “o reino do norte é abordado o mais sucintamente possível. Considerava-se que esse reino não representava o verdadeiro Israel, e por isso não tinha importância”. Isso serve de advertência para a igreja de Deus hoje, aqueles que se rebelam contra os princípios bíblicos perde o valor aos olhos de Deus. Rejeitar o grupo ou o movimento que Deus está guiando implica em rebelar-se contra Ele, é tirá-lO do trono da vida e passar a reger a vida como se fosse Deus; nisto consiste o pecado. Por isso a tribo do Norte rapidamente afastou-se de Deus e descambou para a idolatria, que é o resultado da apostasia. Cuidado para não se afastar do grupo (igreja ou movimento) que Deus está guiando; não lute contra Deus, lute a favor de Deus! Leia II Crônica 11 e tire lições práticas para tua vida!

O importante na vida não é quem bem começa, é quem amadurece depois de seus erros. Roboão começou errado dando ouvidos aos conselhos dos jovens inexperientes e ignorando a sabedoria dos antigos conselheiros de Salomão (II Crônicas 10). Além dessa atitude errada, Roboão teve outra iniciativa errada, porém Deus colocou Semaías em seu caminho, o qual foi profeta durante todo o seu reinado. Roboão pretendeu travar guerra contra Jeroboão, porém Deus o impediu por meio de Seu profeta que ousadamente disse: “Assim diz o SENHOR: Não subireis, nem pelejareis contra os vossos irmãos; volte cada um à sua casa; porque de mim proveio isto” (II Crônicas 11:4). Como Roboão atentou para o conselho de Deus – aqui vemos amadurecimento em relação ao capítulo anterior – Roboão passou a focar sua atenção para a fortificação das cidades de seu reino, o qual passou a ser conhecido como Judá (vs. 5-12). Seu reino foi ganhando força, pois, embora pequeno, constituído apenas de duas tribos, sua obediência a Deus durante os três primeiros anos o abençoou. A lição é clara: A vida flui quando flui o relacionamento com Deus. Bênçãos, proteção e cuidado divinos encontram espaço no coração daqueles que amadurecem e atentam para os conselhos de Deus. A Bíblia é o livro dos conselhos de Deus. Você quer se dar bem na vida? Leia a Bíblia! Lembre-se que o que importa não é quem bem começa, mas quem amadurece o mais cedo possível na vida e aprende a depender de Deus.

Deus não procura adoração, Ele quer adoradores. Havia adoração no reino do Norte, mas tal adoração desviou o povo dos caminhos de Deus (II Crônicas 11:1-4). O reino do Norte, separado pela rebeldia e insubmissão em relação ao sucessor de Davi, permitido por Deus (vs. 4) para não perverter os poucos fieis, expulsaram os sacerdotes e levitas de suas funções. O Novo Comentário da Bíblia diz que podemos ter certeza de que Jeroboão gostaria de tê-los nos cultos, mas, devido a que os sacerdotes e levitas não quiseram abrir mão das cerimônias e ritos orientados pela lei de Moisés, tornou impossível a permanência deles e de qualquer pessoa que quisesse manter a verdadeira fé; estas se mudaram para Judá (vs. 13-16). Com pessoas fieis, promovendo a verdadeira adoração a Deus, produziu “grande fervor na vida religiosa do reino do sul, e contribuiu para o fortalecimento moral da nação” (Francis D. Nichol). Deus quer verdadeiros adoradores a fim de fortalecer a moral das cidades e das nações. Entre tantas igrejas seguindo o exemplo de Jeroboão, é preciso que você seja firme nos princípios bíblicos como os levitas, que, mesmo expulsos não abriram mão dos princípios sagrados. Precisamos aprender a adorar a Deus biblicamente, independente de práticas e rituais que são tradição cristã sem base bíblica. Defenda o certo ainda que corras o risco de ser expulso de onde estás! Deus procura adoradores de verdade! – Heber Toth Armí.



II CRÔNICAS 11 – #RPSP – Comentário Rosana Barros  by Ivan Barros
23 de julho de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“…porque por três anos andaram no caminho de Davi e Salomão” (v. 17).

Israel foi dividido e as consequências dessa separação ainda causaria muitas dores ao povo de Deus. O fato de Deus afirmar que Ele mesmo fez isso (v. 4) não quer dizer que era de Sua vontade a divisão da nação eleita. Mas que nossas más escolhas aliadas à motivações egoístas causam efeitos destrutivos. Apesar de saber que Adão e Eva pecariam, Deus prosseguiu com o Seu plano de criação porque, antes, já havia estabelecido o plano da salvação. O que nos diz que não era plano de Deus que houvesse Israel do norte e Israel do sul, e sim que Ele permite que nossos erros sigam seu curso para nos dar provas incontestáveis de que obedecer à Palavra do SENHOR (v. 4) é o melhor caminho a ser tomado, SEMPRE!

Jeroboão logo cuidou de esquecer-se do SENHOR e de conduzir o povo para o mesmo precipício. Só que alguns ainda resolveram permanecer fiéis a Deus, “os que de coração resolveram buscar o SENHOR, Deus de Israel” (v. 16), e, fizeram isso por três anos. Aceitar a Deus é fácil, amados. Difícil é permanecer nEle. Porque aceitar só requer um sim. Permanecer requer um sim a cada instante, a cada vitória e a cada dificuldade. Permanecer requer entrega diária e total dependência. Buscar ao SENHOR de coração deve ser a nossa constante prioridade. De que adianta servir a Deus por três anos, ou dez, ou vinte, e terminar os dias sem Ele? O que nos deixa bem claro de que tudo o que fazemos, todas as nossas boas obras, nada disso nos torna merecedores da salvação. Não existe uma conta no Céu onde Deus vai registrando as nossas boas ações e se elas sobressaírem as más, então receberemos um vale de entrada no Paraíso. Ou permanecemos com Deus e confiamos em Sua graça, ou caímos na esparrela de que podemos fazer algo para nos salvar. Somente através da comunhão diária e vida prática, poderemos receber do Alto o vigor espiritual para vivermos TODA a nossa vida buscando ao SENHOR de TODO o nosso coração. Então, como Semaías, seremos chamados de homens e mulheres de Deus (v. 2); e procederemos prudentemente (v. 23) não apenas uma vez, mas permaneceremos crescendo em prudência (Vide Provérbios 9:9).

Feliz sábado!

*Leiam #2Crônicas11
Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: