Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 9 by jquimelli
21 de julho de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

A rainha de Sabá ficou fortemente impressionada por sua visita ao rei Salomão, em especial pela sabedoria dele e a maravilhosa visão da casa do Senhor. O que Salomão compartilhou com ela a motivou a dizer: “Bendito seja o Senhor teu Deus!” (v.8). A honra foi transferida de Salomão a Deus.

O que teria acontecido se Salomão tivesse permanecido humilde? Quantas nações poderiam ter vindo a conhecer a Deus se isto tivesse acontecido? Em vez disso, ele agiu de forma contrária à clara exigência de Deus aos reis para que não multiplicassem para si muito ouro ou cavalos (v. 13-22, 25; Deut. 17:16,17).

O deslize gradual de Salomão para longe de Deus traz um aviso para todos nós: você não pode amar ao mesmo tempo a Deus e ao dinheiro.

Conforme avançamos para o final do conflito entre o bem e o mal, chegará um momento em que não poderemos comprar ou vender (Apoc. 13:17), se quisermos adorar a Deus como Ele ordenou no quarto mandamento, do sábado (Apoc. 12:17).

Somos constantemente bombardeados por propagandas que criam em nós desejo por algo que ainda não temos. Nós frequentemente gastamos dinheiro com coisas que não precisamos enquanto nossos irmãos e irmãs ao redor do mundo morrem por falta de comida e de acesso à educação e cuidados médicos. O que você fará hoje para abençoar a outros e não apenas a si mesmo?

 

Pastor Scott Griswold
Recrutador de Missionários
Apoio a Projetos para o Sudeste da Ásia

 

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/2ch/9 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra/
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/2ch/9
Publicação anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/04/27/
Tradução JAQ/GASQ/JDS/Cindy Tutsch
Texto bíblico: II Crônicas 9
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas:
http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/38-39 e https://credeemseusprofetas.org/



II CRÔNICAS 9 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
21 de julho de 2016, 0:50
Filed under: Sem categoria

1 Sabá. Terra dos sabeus, no sudoeste da Arábia, que fazia parte do atual Iêmen (Bíblia Shedd).

ficou como fora de si. Lit, “não tinha mais fôlego”. A palavra ruah (fôlego, sôpro, ou espírito) tem o sentido de “poder em movimento”. Então, no sentido psicológico, que dizer o impulso dominante da personalidade, aquela energia e determinação que toma as decisões e as põe em ação (Bíblia Shedd).

5-8 A visita que a rainha fizera ao rei da Casa de Davi é semelhante ao encontro do crente com Jesus Cristo, que “é maior do que Salomão”. Foi ver sua sabedoria, sua bondade, sua generosidade e a alegria de todos os que o servem, que permanecem sempre na sua presença (cf Mt 12.42; Lc 11.31). Verifica que nele há mais glória do que a língua possa dizer (9.1-9) (Bíblia Shedd).

A rainha de Sabá tinha ouvido sobre a sabedoria Salomão mas ela se sentiu verdadeiramente tocada [overwhelmed = oprimida, esmagada, soterrada, confusa, dominada] quando viu por si mesma os frutos daquela sabedoria. Apesar de Salomão ter se casado com a filha de Faraó ele ainda tentava sinceramente seguir a Deus neste estágio de sua vida. Quando as pessoas conhecem você e lhe fazem perguntas difíceis, suas respostas refletem Deus? Sua vida pode ser uma poderosa testemunha, deixe outros verem Deus trabalhar em você (Life Application Study Bible NIV Kingsway).

teus servos. Quando os senhores são, eles próprios, servos do Senhor do Céu, os que estão a seu serviço são felizes. Nessa época Salomão ainda não havia abandonado ao Senhor e era devotado a servi-Lo. Amava a Deus e e era compassivo com as pessoas. Com a paz de Deus em seu coração, Salomão era gentil, paciente e atencioso. As pessoas próximas sentiam a fascinação de sua influência. A grande necessidade de nosso tempo é de líderes que reflitam o espírito do Céu, para que aqueles sob sua influência encontrem verdadeira alegria e duradoura felicidade (CBASD, vol. 3, p. 241).

bendito seja o Senhor teu Deus. A bênção da rainha lembra a bênção divina proferida por Hirão em 2.11. Hirão era o rei de um país do norte, enquanto que a rainha vinha do sul. As duas bênçãos simbolizavam reconhecimento universal à grandeza de Salomão  (Andrews Study Bible).

no trono dEle. O discurso da rainha passa a ser o meio de expressar a convicção do cronista de que o trono de Israel é o trono de Deus, em nome de quem o rei governava (Bíblia de Estudo NVI Vida).

A rainha de Sabá maravilhou-se com Salomão e exclamou que Deus realmente amava Seu povo grandemente para lhe dar tal rei. Israel prosperou grandemente durante o reinado de Salomão, testemunhando do poder e do amor de Deus por Seu povo. Porém, às vezes, tempos difíceis vem para crentes, também, e nossa perseverança e firme esperança durante estes tempos demonstrarão nosso amor e fidelidade a Deus. O modo como vivemos ajudará outros a ver nosso amor por Deus (Life Application Study Bible NIV Kingsway).
12 Ao que ela lhe trouxera. O sábio rei deu à rainha presentes em troca dos que ela lhe entregou. O ato de dar não foi unilateral. Salomão foi tão generoso quanto sua visitante e lhe deu presentes, talvez de valor igual aos que ela lhe dera ou até maiores (CBASD, vol. 3, p. 241).

15 paveses. Grandes escudos retangulares para proteger o corpo inteiro (Bíblia Shedd).

21 navios que iam a Társis. (NVI: navios mercantes.) Não quer dizer que viajavam para Társis, mas que eram capazes de enfrentar viagens longas e difíceis, como o era a viagem para Társis … Subentende-se, os dois reis estavam comerciando com a Índia, passando pelo mar Vermelho e visitando a costa africana (1 Rs 9.28) (Bíblia Shedd).

27 Sicômoros. São da família do sicômoro que produz figos bravos, os quais Amós comia (Am 7.14). A madeira era levíssima e porosa. Era comum em Israel naquela época; proporcionava boa sombra (cf Lc 19.4 [história de Zaqueu]) (Bíblia Shedd).

29 Declínio espiritual de Salomão. 1) Sua ambição levou-o a desrespeitar a lei de Deus contra a multiplicação de cavalos (v. 25); 2) O negócio de cavalos com os egípcios deu ensejo ao casamento de Salomão com uma princesa do Egito (8.11); 3) Esse casamento abriu caminho ao costume oriental de formar um harém com mulheres de todas as nações (1 Rs 11.1-8); 4) Aquelas mulheres induziram o rei a adorar os seus ídolos (1 Rs 11.4-5); 5) Essa idolatria levou o rei e uma parte do povo à apostasia, até ao ponto de construir templos pagãos (1 Rs 11.7-8). Aqui se consuma a degenerescência espiritual de Salomão (Bíblia Shedd).
O restante da história de Salomão pode ser encontrado em 1Rs 10:26-11:43. Em seus últimos anos, Salomão se desviou de Deus e levou a nação a adorar a ídolos (Life Application Study Bible NIV Kingsway).


II CRÔNICAS 9 – Comentário Pr Heber  by Ivan Barros
21 de julho de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

Não há nada que dá mais sabedoria que aventurar-se no estudo profundo, intenso e prolixo da Bíblia. Dando uma olhada panorâmica ao ler II Crônicas 9 conclui-se que:

  1. O texto bíblico revela que Deus está mantendo a aliança realizada com Davi, Deus é fiel e cumpre o que promete;
  2. Ao cumprir as promessas a Salomão, Deus não está sendo fiel apenas sobre o que disse a Davi, mas também àquelas promessas proferidas há muito tempo a Abraão, Isaque, Jacó e Moisés; pois o povo tomou posse da Terra Prometida e construiu o santuário central conforme Deuteronômio 12:1-7;
  3. A glória de Salomão conquistada sem guerra era algo inédito que apontava para o futuro e poderoso Rei dos Judeus que implantaria Seu trono acima de todo trono entre todas as nações!

Bom, no ponto em que estamos na história Jesus, o Messias, já nasceu, viveu, morreu e conquistou esse mundo das mãos do usurpador Satanás. Agora temos a possibilidade de participar de um reino de paz, perfeito, eterno e divino; porém, antes de sairmos desse mundo, temos de convidar Jesus para reinar em nosso coração. Pois, somente quem for súdito de Seu reino aqui na terra entrará no reino celestial. Então, convide Jesus para assumir o trono de tua vida, de teu coração e de teu tempo. Saiba que não adianta Jesus nascer mil vezes em Belém se Ele nunca nascer em teu coração, tanto quanto, não adiante Ele assentar-se no trono do Universo se Ele não puder reinar em tua vida.
Uma resposta correta diante de Deus começa com uma fé interior que resulta em uma reposta de amor a qual certamente desembocará em obediência no dia a dia. Uma atitude certa diante de Deus impactará a vida daqueles que não O conhecem. As habilidades dadas por Deus a Salomão trouxeram-lhe grande prestígio de pessoas ricas e influentes de diversas nações. Ainda que os reis de muitas nações visitaram Salomão e trouxeram-lhe muitos presentes, o texto destaca a Rainha de Sabá que provavelmente tinha a fama de ser muito sábia e rica, mas Salomão a surpreendeu com a superioridade de sua sabedoria recebida de Deus. Atrair a atenção dos pagãos para Deus foi o propósito divino da sabedoria dada a Salomão desde o início; por isso, Deus se agradou de Salomão. Deus quer nos dar grandes e poderosas habilidades a fim de exercermos influência sobrenatural sobre as pessoas por quem Cristo morreu que ainda estão nas garras do mal. Deus quer que você se torna um instrumento dEle aqui na terra para executar Seus propósitos sagradas. O problema é que muitos não se rendem totalmente a Ele. No entanto, Ele sempre está a espera de alguém; pode ser você? Você está mesmo disposto a abrir mão de teu tempo, gosto pessoal, conforto, sentimentos e até mesmo de tua vida para viver a vida que Deus quer para você? Diga isso a Deus agora mesmo em oração!

Estudando com tempo II Crônicas 9 aprendi que a forma que as pessoas se relacionam com Deus determina como será a história de um indivíduo ou até mesmo de uma nação. A vida de muita gente poderia ser bem diferente do que é caso buscasse sabedoria da verdadeira fonte para viver neste mundo. O futuro de cada pessoa, de cada igreja e de cada nação depende claramente de uma busca intensa por Deus e dependência dEle. No presente já é nítido quem é dedicado a Deus e quem não é, pois uma mudança de foco do “eu” para “Deus” resulta numa mudança completa de atitude, de comportamento e na maneira de administrar a vida. Quem é que domina tua vida? É o pecado? São as circunstâncias? São os teus desejos e sentimentos egoístas? É Satanás que manda em você? Ou, quem está no trono (no controle) de tua vida é Àquele que deu a vida por você? É o Autor da vida que está no controle de tua vida? É Deus quem manda em você? A atitude que você toma diante de cada uma destas questões determina teu sucesso ou teu fracasso nesta vida e na vida por vir. Alguém que fizer essa análise em tua vida pode prever teu futuro sem ser profeta; com isso quero te dizer, caro leitor, que você mesmo pode prever o teu futuro. Seja sábio, não se deixe levar pelas ilusões do mundo! – Heber Toth Armí



II CRÔNICAS 9 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
21 de julho de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Assim, o rei Salomão excedeu a todos os reis do mundo, tanto em riqueza como em sabedoria” (v. 22).

A visita da rainha de Sabá foi um marco tão importante no reinado de Salomão que além do relato de I Reis 10, a história se repete em Crônicas. Ela ouvira falar na fama de Salomão e precisava confirmar pessoalmente. E para sua surpresa, Salomão respondeu a todos os seus questionamentos, sobrepujando tudo o que havia ouvido falar. Não se tratava de sabedoria do homem, mas de sabedoria divina. E suas últimas palavras revelam a sua descoberta: “Bendito seja o SENHOR, teu Deus” (v. 8 ). A rainha não havia acreditado no que tinham lhe dito. Ela precisava cruzar o deserto para ver com os próprios olhos que, na verdade, não tinha ouvido nem “a metade da grandeza” (v. 6) da sabedoria de Salomão. O reinado de Salomão foi tão próspero; “a sabedoria que Deus lhe pusera no coração” (v. 23) foi tão grandiosa, que todos os reis do mundo iam visitá-lo para ouvi-lo. Ele tornou-se o maior rei do mundo, porque o Rei dos reis o engrandeceu. A rainha de Sabá não saiu de seu reino para ver as riquezas de Salomão, pois já as possuía. Ela não foi observar o funcionamento do reino, porque já possuía um reino organizado. Ela foi em busca de respostas: “compareceu perante Salomão e lhe expôs tudo quanto trazia em sua mente” (v. 1). Ela foi preparada para testar o sábio rei. Levou desde inquietações até os mais astutos questionamentos. Quando se deu conta de que não havia nada tão profundo que Salomão não pudesse explicar. Quando recebia respostas para tudo enquanto passeavam pelo reino e lhe era exposta toda a sua grandeza. Quando, por fim, contemplou o magnificente templo do SENHOR e o seu sistema de holocaustos e adoração ao Deus vivo, ela “ficou como fora de si” (v. 4). A rainha ficou extasiada ao se dar conta de que era tudo verdade (v. 5). Realmente tinham razão. Não eram apenas boatos. Ela pôde comprovar a veracidade dos fatos narrados e de que o que tinha ouvido não chegava aos pés do que havia visto.

Qual é a tua fama? Isso mesmo. Pelo que você é conhecido? Todos somos filhos do mesmo Pai e todos fomos criados com propósitos diferentes que nos unem em um mesmo objetivo: glorificar o nome de Deus. “Os que criei para Minha glória, e que formei e fiz” (Isaías 43:7). A fama de Davi era de herói de guerra. A de Salomão era de rei sábio. Mas ambos, apesar de terem recebido destaques diferentes, glorificaram o nome de Deus por meio das habilidades que Ele lhes concedeu. A rainha não ficou fora de si por causa de Salomão, mas pelo poder de Deus na vida de Salomão. O que nos diz que a nossa vida não deve ser o centro das atenções, mas Deus volve os olhos do mundo para o Seu povo a fim de que vejam que ele é o centro das atenções do SENHOR. Somos a menina dos olhos de Deus (Vide Salmo 17:8). Precisamos tomar posse da promessa do SENHOR e brilhar a Sua luz (Vide Mateus 5:14). O que temos apresentado ao mundo? O que têm dito que somos? Como os teus colegas de trabalho têm lhe visto? Você é querido pelos colegas de faculdade? Qual é a tua fama? Seus vizinhos têm dito: Bendito seja o SENHOR pela vida de __________? Eis a fama que deves ter hoje: “Nisto conhecerão TODOS que sois Meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros” (João 13:35). Esta deve ser a fama de todo aquele que professa ser de Deus. O SENHOR nos convida para que sejamos chamados de Seus sacerdotes, ministros Seus (Vide Isaías 61:6).

Que a sua vida, a sua casa e tudo o que tens glorifiquem ao SENHOR, então “a sua posteridade será conhecida entre as nações, os seus descendentes, no meio dos povos; TODOS quantos os virem os reconhecerão como FAMÍLIA BENDITA DO SENHOR” (Isaías 61:9).

Bom dia, benditos do SENHOR!

*Leiam #2Crônicas9

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: