Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 13 by jquimelli
25 de julho de 2016, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

O rei Abias de Judá conseguiu reunir 400.000 valentes guerreiros. Parecia suficiente. Entretanto o rei Jeroboão de Israel trouxe um exército de 800 mil contra ele. As chances eram de 2 contra 1.

O rei Abias levantou-se no Monte Zemaraim e gritou advertências contra seu inimigo. “Temos sido fiéis a Deus e vocês se rebelaram.” “Temos o Deus vivo e Seu grande templo. Você tem bezerros de ouro.” “Nós temos os levitas. Seus sacerdotes são pessoas de caráter duvidoso que obtiveram seu trabalho por suborno.”

Parecia uma boa estratégia, mas as ameaças não reverteram as probabilidades. Enquanto Abias falava, Jeroboão armou uma emboscada por trás das linhas de Judá. De repente, eles se viram cercados, sem lugar para se refugiar.

Melhor dizendo: sem lugar para se refugiar, a não ser para cima. “Eles clamaram ao Senhor” (versículo 14). Desta conexão de fé originou-se um grito. “Quando os homens de Judá gritaram, Deus feriu Jeroboão e todo o Israel diante de Abias e de Judá. … e Deus os entregou nas mãos deles … porque confiaram no Senhor Deus de seus pais” (versos 15-18).

Como estão as suas chances? Os seus problemas estão lhe cercando, deixando-o sem ter para onde correr? Todo o seu planejamento e esquemas parecem inúteis? Olhe para cima. O Senhor está pronto para livrar todo aquele que nEle confia.

Pastor Scott Griswold
Recrutador de Missionários
Apoio a Projetos para o Sudeste da Ásia

 

Também disponível em: http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/biblia/2ch/13 e https://www.facebook.com/ReavivadosPorSuaPalavra/
Texto original: http://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/2ch/13
Publicação anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2013/04/30/
Tradução Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli/Jobson Santos
Texto bíblico: II Crônicas 13
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana programa Crede em Seus Profetas:
http://www.revivalandreformation.org/bhp/pt/sop/pp/40 e https://credeemseusprofetas.org/



II CRÔNICAS 13 – Comentário pr Heber by jquimelli
25 de julho de 2016, 0:45
Filed under: Sem categoria

II CRÔNICAS 13 – Geralmente quem está errado tende atacar quem está certo; por outro lado, quem está certo busca orientar, advertir e reconciliar (II Crônicas 13). Abias, enfrentou ameaças da parte de Jeroboão, então levou 400 mil soldados e proferiu um discurso apaixonado, almejando evitar a guerra entre os irmãos. Porém, Jeroboão organizou um exército de 800 mil soldados e armou emboscada contra ele. Ao invés de atentar às palavras apaixonadas de Abias, o exército de Jeroboão atacou-o. Há lições neste relato: Deus usou Abias a fim de:
1. Pregar um sermão às dez tribos em rebelião para mostrar que quem abandona a Deus perde tudo, perde a paz, a proteção e as bênçãos do Céu (vs. 4-7).
2. Alertar Jeroboão e impedir que se deem mal naquela guerra, mostrando que quem avisa amigo é e também quem alerta do perigo deseja o bem do próximo (vs. 8-11).
3. Informar a Jeroboão que Israel abandonara Deus, praticado a idolatria, expulsado os sacerdotes e que a tentativa de guerrear contra Judá implicaria em lutar contra Deus, pois o povo que se consagra tem Deus por Capitão e ninguém tem sucesso contra Ele (v. 10).

O princípio é: Quem abandona a Deus tem um vulcão, uma tempestade, uma guerra dentro do coração a ponto de fazer guerra contra seus irmãos. Na igreja tem gente que ataca seus irmãos porque não tem Deus no coração! Tais pessoas não dão ouvidos às advertências de ninguém e vão de mal a pior achando que são sempre humilhados. Quem dera dessem ouvidos à voz da advertência!

O texto de II Crônicas 13 revela-nos que o povo que adora a Deus pode se dividir pela apostasia. O joio e o trigo estão juntos. Os verdadeiros e os falsos servos de Deus lutam entre si; os falsos atacam, os verdadeiros se defendem dos injustos ataques. Nesta guerra entre irmãos Deus entra em cena e mostra em qual lado está e como gostaria que os que estão do lado errado compreendessem que estão lutando contra Ele mais do que atacando os verdadeiros fieis. O cronista deixa claros os dois grupos na igreja; e, mostra também que a idolatria, a rebelião e brigas não tem aprovação divina, mas Deus protege os que Lhe pertencem. Ele dá a vitória aos Seus verdadeiros servos, ainda que tenham que lutar contra os mais fortes. O joio que se levantou contra o trigo era bem maior em número, em força e em habilidade: 800 mil soldados contra 400 mil – porém, o trigo, protegido por Deus, que tentou a paz, teve que lutar pela paz e a alcançou-a sob a liderança e a bênção do Príncipe da Paz, que é Jesus. Diante de ameaças, os servos de Deus devem buscar a reconciliação sempre; quando não for possível, devem clamar a Deus e deixar a guerra a Ele. Deus é dono de Seu povo, Deus é o proprietário da igreja. Ele não perde uma batalha. Precisamos confiar que o que Ele fizer é o melhor. Temos de depender dEle sempre, ouvir Sua poderosa voz de comando e crer na vitória! Se você é causador de confusão converta-se ao Príncipe da paz, Ele te fará ser um pacificador!

Deus não aceita adoração falsificada. Ele não tolera adoração adulterada. Ele quer reformar, restaurar e unificar as religiões, mas não baseada nas tendências e práticas perversas oriundas da limitada e corrupta mente humana. Deus não é a favor do ecumenismo promovido no mundo atualmente, por ter o ponto de união focado no lugar errado: nas falsas doutrinas. No entanto, Deus gostaria que houvesse no mundo um só rebanho e um só Pastor. Jesus orou pela unidade de Sua igreja e gostaria que o mundo todo fosse uma só igreja. Esse desejo de união é visto em toda a Bíblia, e nota-se também o mesmo desejo em II Crônicas 13 em que o povo de Israel estava dividido por causa da religião como o cristianismo hoje que possui mais de 40.000 fragmentações diferentes. Percebe-se no texto que ainda que Abias não seja profeta ele utiliza a linguagem profética para alertar Jeroboão, em razão deste ter desviado o povo em direção a imagens (idolatria), em vez de ser um auxílio ao povo a crer na Bíblia e no Deus verdadeiro (vs. 1-9). Como Jeroboão endureceu o coração ao invés de voltar-se a Deus e a Sua Palavra ele foi punido por sua infidelidade (vs. 20-22). A lição é clara: Até que todos busquem a Deus e Sua Palavra é improvável a unidade, aliás, é por isso que existe guerra e perseguição entre as religiões! Unamo-nos, mas tendo a Palavra de Deus como base da unidade! Os que lutam contra a unidade proposta por Deus será punido no final! – Heber Toth Armí.



II CRÔNICAS 13 – #RPSP – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
25 de julho de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“… não pelejeis contra o SENHOR, Deus de vossos pais, porque não sereis bem sucedidos” (v. 12).

O relato do reinado de Abias em I Reis 15:1-8 não é favorável como o de hoje. Lá em I Reis, a Bíblia diz que ele “andou em todos os pecados que seu pai havia cometido” (15:3). Já o relato de hoje declara um episódio de muita fé por parte de Abias. Lá estava ele e seu exército de quatrocentos mil homens. Só que Jeroboão levou o dobro de guerreiros valentes (v. 3). Era uma enorme desvantagem. Aparentemente, uma derrota certa para o exército de Judá. Realmente seria uma terrível derrota, não fosse a decisão de Abias. Ele decidiu, firmemente, confiar no SENHOR. Ele confiava na aliança do SENHOR feita com Davi e sua descendência. A “aliança de sal” significava permanência, segurança no fiel e imutável caráter de Deus. Enquanto Abias apegava-se a isto, Jeroboão confiava em “bezerros de ouro” (v. 8). Abias lançou na face de Jeroboão o seu desprezo para com Deus e a fidelidade de Judá em conservar a adoração somente ao SENHOR. Abias tinha a certeza de que Deus estava com Judá. Então, clamaram a Deus, os sacerdotes tocaram suas trombetas, os homens gritaram e Deus feriu Jeroboão e o “imbatível” exército de Israel. Diante das batalhas da vida, a quem você tem pedido auxílio? Jeroboão e Israel confiaram em imagens de fundição e uniram-se a “gente vadia, homens malignos” (v. 7). Abias e Judá confiaram no SENHOR e uniram-se aos eleitos do SENHOR (v. 10). Qual foi o resultado de confiar em imagens de escultura e em homens ímpios? “feriu Deus a Jeroboão e a todo o Israel” (v. 15); “Os filhos de Israel fugiram de diante de Judá” (v. 16); “foram humilhados os filhos de Israel” (v. 18); “feriu o SENHOR a Jeroboão, que morreu” (v. 20). E que resultado se seguiu a Abias e a Judá? “Deus os entregara nas suas mãos” (v. 16); “prevaleceram os filhos de Judá, porque confiaram no SENHOR, Deus de seus pais” (v. 18); “Abias, porém, se fortificou” (v. 21).

Amados, não há sucesso em pelejar contra Deus. Quando alguém intenta ferir um de Seus pequeninos, é como se estivesse ferindo a Ele mesmo. Não foi à toa que Jesus disse a Saulo: “Saulo, Saulo, por que Me persegues?” (Atos 9:4). Jesus está em cada um de Seus filhos, habitando em cada coração que a Ele se entrega. Nenhum deles que clame e grite ao SENHOR por livramento é rejeitado. NENHUM! O resultado de nossas batalhas depende da escolha do general. Depositaremos a nossa confiança em ídolos modernos e marcharemos unidos a um exército de homens corruptos (Vide II Timóteo 3:1-5)? Ou confiaremos em Deus e em Sua Palavra, marchando com o Seu remanescente (Vide Apocalipse 12:17)? Seguir o caminho da multidão nunca foi sinônimo de vitória. Lembrem-se que apesar de divididos, Judá e Israel ainda faziam parte do mesmo povo. Tomemos muito cuidado, meus irmãos, para JAMAIS fazermos parte do grupo que o próprio Paulo nos adverte a ficarmos longe: “Rogo-vos, irmãos, que noteis bem aqueles que provocam divisões e escândalos, em desacordo com as doutrinas que aprendestes; afastai-vos deles” (Romanos 16:17). Jeroboão foi o organizador da rebelião (v. 6) e isto gerou guerras e separação entre o povo de Deus. Não sejamos, pois, “homens malignos” (v. 7), mas “se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens” (Romanos 12:18). Confiemos nossas lutas Aquele que é o dono da justiça e da vingança (Romanos 12:19): o SENHOR dos Exércitos! Porque enquanto clamamos, Ele luta por nós!

Bom dia, exército do Deus vivo!

*Leiam #2Crônicas13

Rosana Garcia Barros




%d blogueiros gostam disto: