Reavivados por Sua Palavra


II TIMÓTEO 4 by jquimelli
13 de agosto de 2018, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://biblia.com.br/novaversaointernacional/2-timoteo/2tm-capitulo-4/

É difícil apresentar mensagens de repreensão. Os pastores sabem disso muito bem. As pessoas em geral preferem receber mensagens açucaradas e que as agradem a receber mensagens que apontem os seus erros. Mas Paulo deixa claro que isso deve ser feito.

Corrija, repreenda, exorte, disse Paulo, mas o faça com delicada paciência.

Deus fala aos Seus filhos com firmeza porque está procurando por pessoas que se humilhem; pessoas como o apóstolo Paulo, que se ofereçam para serem usadas por Deus como oferta de sacrifício para serem usadas por Deus (v. 6).

Você é humilde diante do Senhor? Você já se rendeu completamente a Ele? Como você responde à disciplina do Senhor? A luta é longa e difícil, mas para aqueles que se rendem totalmente a Deus e mantem a fé – perseveram até o fim por meio de Seu poder – há uma coroa da justiça! (v. 8).

Imagine aquele dia glorioso quando o amorável Jesus – o Rei do Universo – se aproximará de você, olhará em seus olhos, e com as próprias mãos perfuradas, colocará a coroa da vitória em cima de sua cabeça e dirá: “Muito bem, servo bom e fiel!… venha e participe da alegria do seu Senhor!” (Mt 25:21, NVI). Como você foi vitorioso contra o mal, você estará comigo para sempre e herdará todas as coisas (Ap. 21: 7).

Jim Ayer
Presidente da Rede de Comunicações Vida Melhor
Grants Pass, Oregon, USA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=1375
Comentário original completo: https://reavivadosporsuapalavra.org/2015/05/20
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli/Jeferson Quimelli
Comentário em áudio: Pr. Valdeci: http://vod.novotempo.org.br/mp3/ReavivadosB/Reavivados13-08-2018.mp3

 

Áudio online [voz Valesca Conty]:



II TIMÓTEO 4 – VÍDEO COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
13 de agosto de 2018, 0:55
Filed under: Sem categoria



II TIMÓTEO 4 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
13 de agosto de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

II TIMÓTEO 4 – A verdade que resulta em salvação não é aquela que você guarda na mente, é aquela colocada no coração. Além disso, o que importa não é o quanto você sabe das Sagradas Escrituras, mas o que você faz com o que já sabe.

Não há reavivamento fora das Escrituras. Então, quem realmente deseja ser reavivado espiritualmente deve dar atenção diária à Palavra revelada. Tal dedicação deve estar permeada de paciência, oração intensa, e humilde contrição.

Estude a Bíblia e fique alerta. Tem gente que busca teologia do inferno para proclamar nos púlpitos das igrejas (I Timóteo 4:1-2); isso porque tem muita gente que gosta, promove e aceita (II Timóteo 4:3). Se não tivesse quem ouvisse os pregadores de lixo teológico, talvez estes pregadores trocariam o lixão do inferno pelas iguarias do Céu.

Numa sociedade em que muitos investe seu escasso tempo e dinheiro em livros, filmes, revistas e sites de ocultismo, repletos de doutrinas demoníacas (onde até os jovens da igreja estão aderindo filosofias de demônios), é imprescindível que os pregadores atendam ao apelo milenar do apóstolo Paulo no capítulo em foco.

O Dicionário Bíblico Wycliffe oferece o seguinte esboço:

1. Exortação a pregar a Palavra:
a) Porque muitos não mais tolerarão a sã doutrina (vs. 1-4);
b) Porque Paulo está prestes a partir (vs. 5-8).
2. Instruções pessoais a Timóteo e conclusão (9-22).

Infelizmente o apelo de Paulo não está sendo considerado nos dias de hoje como deveria. Mesmo que “o único instrumento mencionado nas Escrituras que o Espírito Santo usa para infundir fé no coração do eleito de Deus [seja] a pregação” (Josafá Vasconcelos), muitos a substituem por qualquer outra coisa.

D. Martin Loyd-Jones diz que “a obra de pregação é a mais elevada, a maior e mais gloriosa vocação para a qual alguém pode ser chamado… A mais urgente necessidade da igreja cristã, na atualidade, é a pregação autêntica”.

Precisamos dedicar tempo ao estudo da Palavra de Deus (v. 13). Sem perder tempo com quem a ignora e prejudica ao pastor (vs. 14-15). O qual, sentindo-se solitário, abandonado pelos irmãos, terá a divina presença confortante ao pregar esta Palavra (vs. 16-18).

Assimile a exortação divina de pregar e sinta a satisfação, como Paulo, do dever cumprido (vs. 6-8)! – Heber Toth Armí.

Diga-nos como as cartas a Timóteo contribuíram para te avivar espiritualmente:



II TIMÓTEO 4 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
13 de agosto de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda longanimidade e doutrina” (v.2).


O encerramento de suas palavras ao jovem Timóteo revela a conformidade de Paulo diante da possibilidade de ser entregue à morte. Conjurando, ou seja, suplicando, o apóstolo procurou encaminhá-lo a perseverar na missão que o Senhor lhe havia conferido, pregando a verdade em todo tempo e usando de paciência para com todos. Ele previu um tempo em que “a sã doutrina” não seria mais suportada, quando seria mais conveniente cercar-se de falsos mestres que ensinem aquilo que seja confortável “segundo as suas próprias cobiças”, e, “como sentindo coceira nos ouvidos”, “se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se à fábulas” (v.3-4).
 
Mesmo diante de uma realidade tão cruel e preocupante, Paulo encoraja seu pupilo a perseverar ainda que debaixo de muitas aflições. Os verbos “sê”, “faze” e “cumpre” (v.5), indicam ordens expressas de um superior e a responsabilidade de Timóteo frente ao grande conflito. Ao reconhecer que estava chegando o momento de sua partida, o grande apóstolo dos gentios fez o discurso de fim de carreira mais conhecido do Novo Testamento e apressou Timóteo a ir ter com ele antes que sua voz fosse finalmente silenciada. Alguns o abandonaram, outros, cumprindo o seu chamado, foram enviados por ele mesmo aos campos missionários. E o último pedido do maior evangelista de todos os tempos se resumiu em uma capa, alguns livros e os pergaminhos (v.13).
 
Meus amados, todos nós temos uma missão a ser cumprida nesta Terra. O Senhor nos confiou um precioso encargo que deixa o inimigo das almas furioso. Pedro escreveu: “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” (1Pe 5:8). Mas assim como foi com Paulo, se permanecermos em sobriedade e vigilância, o Senhor nos assistirá e nos revestirá de forças a fim de que, “por [nosso] intermédio, a pregação [seja] plenamente cumprida” e todos possam ouvi-la; e seremos libertados “da boca do leão” (v.17). Ele nos “livrará também de toda obra maligna e [nos] levará [salvos] para o Seu reino celestial. A Ele, glória pelos séculos dos séculos. Amém!” (v.18).
 
Talvez você julgue pequeno o seu ministério. Quem sabe você esteja travando duras batalhas. De repente, aqueles que estavam próximos de você se revelaram como “Alexandre”, lhe causando “muitos males” (v.14). O conselho de Paulo foi: Afaste-se destes. O que não implica odiá-los, mas colocar em prática o que disse o próprio Jesus: “Eis que Eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos; sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices, como as pombas” (Mt 10:16). Mas, contrariando os perseguidores, Deus também coloca em nosso caminho amigos e irmãos queridos que comungam do mesmo desejo de apressar a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, porque sinceramente amamos a Sua vinda. A estes, temos prazer em tê-los ao nosso lado e com eles podemos compartilhar nossas alegrias e tristezas, à semelhança da amizade estabelecida entre Paulo e Timóteo.
 
Clamemos, dia após dia, pela porção dobrada do Espírito Santo, a fim de que nossa luta resulte nestas últimas palavras:
 
“Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a Sua vinda” (v.7-8).
 
“O Senhor seja com o teu espírito. A graça seja convosco” (v.22).
 
Bom dia, evangelistas dos últimos dias!
 
Rosana Garcia Barros
 
#PrimeiroDeus #2Timóteo4 #RPSP
Deixe um comentário


II TIMÓTEO 4 – VÍDEO COMENTÁRIO PR RONALDO DE OLIVEIRA by jquimelli
13 de agosto de 2018, 0:25
Filed under: Sem categoria



II Timóteo 4 – Comentários Selecionados by jquimelli
13 de agosto de 2018, 0:20
Filed under: Sem categoria

322 palavras

1 Conjuro-te. Paulo dá início à exortação final dirigida a seu jovem colaborador, Timóteo. O capítulo está pleno da linguagem do coração. Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 7, p. 364.

2 Prega. Paulo começa a lista de deveres e, com fervor, pede a Timóteo que a cumpra. CBASD, vol. 7, p. 365.

3 Haverá tempo. O apóstolo estava pensando na grande apostasia prestes a envolver a igreja e que continuaria a ameaçá-la até a segunda vinda de Cristo. CBASD, vol. 7, p. 366.

5 Sê sóbrio. Paulo exorta Timóteo a buscar em primeiro lugar aquela calma e o equilíbrio que o prepararão para lidar com qualquer dificuldade que sobrevenha. O ensino correto da verdade exige uma atitude sóbria e tranquila. CBASD, vol. 7, p. 367.

6 Partida. Paulo fala de sua esperada execução, comparando sua morte ao desarmar de um acampamento ou à saída de um navio do porto. CBASD, vol. 7, p. 367.

7 Combati. O compromisso de Paulo de ser embaixador de Cristo envolvia uma vida de combate constante contra as forças do mal, humanas ou demoníacas. O apóstolo usava bem “toda a armadura de Deus”, enquanto resistia bravamente “contra as astutas ciladas do diabo” (Ef 6:11). CBASD, vol. 7, p. 367.

11 Marcos. Este versículo revela o ministério bem-sucedido de alguém a quem Paulo havia anteriormente considerado um fracasso, bem como o espírito magnânimo de Paulo, que não havia guardado ressentimento contra Marcos por causa de seu fracasso anterior (At 13:13). CBASD, vol. 7, p. 369.

17 Pregação. Enquanto era julgado, Paulo teve a oportunidade de pregar o evangelho, assim como ele havia feito perante Félix e Agripa. CBASD, vol. 7, p. 370.

Boca do leão. Os comentaristas geralmente consideram que o apóstolo aqui cita o Salmo 22:21 e que suas palavras devem ser entendidas em sentido figurado, que simplesmente expressam um grande perigo. Alguns sugerem que ele se refere à ira  de Satanás, que foi incapaz de silenciar seu intrépido testemunho da verdade. CBASD, vol. 7, p. 371.

22 Convosco. Este pronome no plural indica que essas palavras se aplicam a toda igreja. CBASD, vol. 7, p. 371.

by tatianawernenburg




%d blogueiros gostam disto: