Reavivados por Sua Palavra


II TIMÓTEO 4 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
13 de agosto de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda longanimidade e doutrina” (v.2).


O encerramento de suas palavras ao jovem Timóteo revela a conformidade de Paulo diante da possibilidade de ser entregue à morte. Conjurando, ou seja, suplicando, o apóstolo procurou encaminhá-lo a perseverar na missão que o Senhor lhe havia conferido, pregando a verdade em todo tempo e usando de paciência para com todos. Ele previu um tempo em que “a sã doutrina” não seria mais suportada, quando seria mais conveniente cercar-se de falsos mestres que ensinem aquilo que seja confortável “segundo as suas próprias cobiças”, e, “como sentindo coceira nos ouvidos”, “se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se à fábulas” (v.3-4).
 
Mesmo diante de uma realidade tão cruel e preocupante, Paulo encoraja seu pupilo a perseverar ainda que debaixo de muitas aflições. Os verbos “sê”, “faze” e “cumpre” (v.5), indicam ordens expressas de um superior e a responsabilidade de Timóteo frente ao grande conflito. Ao reconhecer que estava chegando o momento de sua partida, o grande apóstolo dos gentios fez o discurso de fim de carreira mais conhecido do Novo Testamento e apressou Timóteo a ir ter com ele antes que sua voz fosse finalmente silenciada. Alguns o abandonaram, outros, cumprindo o seu chamado, foram enviados por ele mesmo aos campos missionários. E o último pedido do maior evangelista de todos os tempos se resumiu em uma capa, alguns livros e os pergaminhos (v.13).
 
Meus amados, todos nós temos uma missão a ser cumprida nesta Terra. O Senhor nos confiou um precioso encargo que deixa o inimigo das almas furioso. Pedro escreveu: “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” (1Pe 5:8). Mas assim como foi com Paulo, se permanecermos em sobriedade e vigilância, o Senhor nos assistirá e nos revestirá de forças a fim de que, “por [nosso] intermédio, a pregação [seja] plenamente cumprida” e todos possam ouvi-la; e seremos libertados “da boca do leão” (v.17). Ele nos “livrará também de toda obra maligna e [nos] levará [salvos] para o Seu reino celestial. A Ele, glória pelos séculos dos séculos. Amém!” (v.18).
 
Talvez você julgue pequeno o seu ministério. Quem sabe você esteja travando duras batalhas. De repente, aqueles que estavam próximos de você se revelaram como “Alexandre”, lhe causando “muitos males” (v.14). O conselho de Paulo foi: Afaste-se destes. O que não implica odiá-los, mas colocar em prática o que disse o próprio Jesus: “Eis que Eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos; sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices, como as pombas” (Mt 10:16). Mas, contrariando os perseguidores, Deus também coloca em nosso caminho amigos e irmãos queridos que comungam do mesmo desejo de apressar a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, porque sinceramente amamos a Sua vinda. A estes, temos prazer em tê-los ao nosso lado e com eles podemos compartilhar nossas alegrias e tristezas, à semelhança da amizade estabelecida entre Paulo e Timóteo.
 
Clamemos, dia após dia, pela porção dobrada do Espírito Santo, a fim de que nossa luta resulte nestas últimas palavras:
 
“Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a Sua vinda” (v.7-8).
 
“O Senhor seja com o teu espírito. A graça seja convosco” (v.22).
 
Bom dia, evangelistas dos últimos dias!
 
Rosana Garcia Barros
 
#PrimeiroDeus #2Timóteo4 #RPSP
Deixe um comentário

4 Comentários so far
Deixe um comentário

Obrigado pelos estudos

Comentário por Francis

Bom dia, estou sentindo falta das sugestões que você deixava para cada dia.

Comentário por Fernanda de Oliveira Ferreira Souza

Estou buscando o meu ministério. Hoje sou professora do Jardim da Infância, o qual sou imensamente grata, mas sei que devo e posso fazer mais, oro ao Senhor que eu tenha a oportunidade e o privilégio de Lhe servir como Ele deseja, Oremos pelos ministérios!

Comentário por maria carolina

Amo este estudo diário. Que Deus os cubra de bênçãos .

Comentário por Anesio Rosalem




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: