Reavivados por Sua Palavra


JONAS 1 – Comentário Pr. Heber Toth Armí by Ivan Barros
17 de dezembro de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

JONAS 1 – A história de Jonas revela muitas lições para todas as gerações. Ela tem atraído adultos e crianças.

Uma das razões da longa popularidade de Jonas é que ele convida ao bom humor. O livro de Jonas, tanto no conteúdo quanto no estilo, é alegre, e ele evoca alegria em nós. Essa história, embora alegre, não é frívola, pois não existe nada de fútil, apenas a mais séria verdade” (Eugene Peterson).

O livro de Jonas é o maior livro missionário do Antigo Testamento. Ele mostra o interesse de Deus por nações que estão mergulhadas no pecado, porque almeja salvá-las.

• Deus está mais interessado no bem dos seres humanos do que eles mesmos.

Jonas é o único profeta que recebeu a missão de sair de sua terra para pregar aos estrangeiros, os gentios. O conteúdo do livro mostra aos leitores que Deus é Deus em todos os lugares, o qual ama a todas as nações do mundo; que anseia abençoar e salvar até aos maiores pecadores, por isso usa diversos recursos para atraí-los ao arrependimento.

Mas, talvez a teologia mais relevante para nós é que Deus escolhe pessoas imperfeitas para uma missão nobre e gloriosa; e Ele é paciente com Seus instrumentos egoístas, medrosos e desobedientes. Se deixarmos o preconceito, podemos nos ver na história do profeta Jonas.

Experimente ler com oração e atenção ao primeiro capítulo: Veja que…

• Apesar da rebeldia, desobediência e indiferença dos crentes, com eles Deus alcança o coração dos perdidos. Enquanto Jonas fugia da missão dada por Deus, estava em um navio de pagãos, que ao enfrentarem uma tempestade, oraram, repreenderam Jonas que dormia, jogaram o profeta ao mar por sugestão dele mesmo e, finalmente, temeram e adoraram ao Deus verdadeiro, O qual acalmou a tempestade (vs. 1-16).

• Apesar da rebelião, desprezo e covardia dos crentes, Deus os acolhe, protege e preserva-lhe nas consequências de seus pecados, visando salvá-los. Deus enviou um grande peixe não para comer Jonas, mas para engoli-lo vivo a fim que tivesse tempo para refletir na vida (v. 17).

Reflita: Pode ser que…

• …você esteja fugindo de seus compromissos com Deus;
• …tuas atitudes te levaram “ao fundo do poço” (ou “ao estômago do peixe”);
• …Deus esteja te dando oportunidade para aprender algumas lições!

Portanto, anima-te! – Heber Toth Armí


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: