Reavivados por Sua Palavra


Gálatas 2 facilitado (sem os parênteses) by jquimelli
28 de julho de 2017, 9:57
Filed under: Sem categoria

Para você que está estudando neste trimestre a justificação pela fé em Gálatas, apresentamos Gálatas 2 de maneira mais fácil de ler. Como todo o livro de Gálatas é um desenvolvimento de Gálatas 2:16, cremos que será útil para o estudo.

 

Paulo, escreveu a epístola aos Gálatas aos cristãos que haviam vindo do judaísmo e queriam manter a observação dos ritos cerimoniais judaicos, principalmente a circuncisão, mas incluindo outras cerimônias também. Ele os chamava de “judaizantes”.

Com o objetivo de deixar o texto sem nenhuma má interpretação, Paulo foi colocando parênteses (ou explicações auxiliares) a fim de que nada servisse de argumento para distorção. Infelizmente, isto deixou o texto um tanto difícil de entender, à primeira leitura. se você encontrou dificuldades em entender este capítulo, não se preocupe, você não foi o primeiro. Pedro foi o primeiro que registrou que os textos de paulo não éram de fácil e rápido entendimento… (veja 2Pd 3:15, 16.)

Assim, abaixo segue o texto integral de Gálatas 2 na NVI, com o texto da argumentação principal deixado em preto e os textos parentéticos (de explicação) marcados em vermelho. Esperamos que isso deixe a mensagem principal mais clara. (Jobson Santos e Jeferson Quimelli)

 

Gálatas 2 NVI (http://biblia.com.br/novaversaointernacional/galatas/gl-capitulo-2/)

1 Catorze anos depois, subi novamente a Jerusalém, dessa vez com Barnabé, levando também Tito comigo.
2 Fui para lá por causa de uma revelação e expus diante deles o evangelho que prego entre os gentios, fazendo-o, porém, em particular aos que pareciam mais influentes, para não correr ou ter corrido inutilmente.
3 Mas nem mesmo Tito, que estava comigo, foi obrigado a circuncidar-se, apesar de ser grego.
4 Essa questão foi levantada porque alguns falsos irmãos infiltraram-se em nosso meio para espionar a liberdade que temos em Cristo Jesus e nos reduzir à escravidão.
5 Não nos submetemos a eles nem por um instante, para que a verdade do evangelho permanecesse com vocês.
6 Quanto aos que pareciam influentes — o que eram então não faz diferença para mim; Deus não julga pela aparência — tais homens influentes não me acrescentaram nada.
7 Ao contrário, reconheceram que a mim havia sido confiada a pregação do evangelho aos incircuncisos[4], assim como a Pedro, aos circuncisos[5].
8 Pois Deus, que operou por meio de Pedro como apóstolo aos circuncisos, também operou por meu intermédio para com os gentios.
9 Reconhecendo a graça que me fora concedida, Tiago, Pedro[6] e João, tidos como colunas, estenderam a mão direita a mim e a Barnabé em sinal de comunhão. Eles concordaram em que devíamos nos dirigir aos gentios, e eles, aos circuncisos.
10 Somente pediram que nos lembrássemos dos pobres, o que me esforcei por fazer.
11 Quando, porém, Pedro veio a Antioquia, enfrentei-o face a face, por sua atitude condenável.
12 Pois, antes de chegarem alguns da parte de Tiago, ele comia com os gentios. Quando, porém, eles chegaram, afastou-se e separou-se dos gentios, temendo os que eram da circuncisão.
13 Os demais judeus também se uniram a ele nessa hipocrisia, de modo que até Barnabé se deixou levar.
14 Quando vi que não estavam andando de acordo com a verdade do evangelho, declarei a Pedro, diante de todos: Você é judeu, mas vive como gentio e não como judeu. Portanto, como pode obrigar gentios a viverem como judeus?
15 Nós, judeus de nascimento e não gentios pecadores,
16 sabemos que ninguém é justificado pela prática da Lei, mas mediante a fé em Jesus Cristo. Assim, nós também cremos em Cristo Jesus para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pela prática da Lei, porque pela prática da Lei ninguém será justificado.
17 Se, porém, procurando ser justificados em Cristo descobrimos que nós mesmos somos pecadores, será Cristo então ministro do pecado? De modo algum!
18 Se reconstruo o que destruí, provo que sou transgressor.
19 Pois, por meio da Lei eu morri para a Lei, a fim de viver para Deus.
20 Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo[7], vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.
21 Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela Lei, Cristo morreu inutilmente!

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: