Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 63 – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
22 de julho de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Atenta do Céu e olha da Tua santa e gloriosa habitação. Onde estão o Teu zelo e as Tuas obras poderosas? A ternura do Teu coração e as Tuas misericórdias se detêm para comigo!” (v. 15).


Há um “duelo” de atributos divinos no texto de hoje. De um lado a ira de Deus, e do outro, a Sua misericórdia. Os versos 1-6 descrevem “o dia da vingança” (v. 4) do SENHOR, em que Ele pisará os povos com Seu furor (v. 6) e salvará os Seus redimidos (v. 4). Mas, em sua oração, o profeta destaca a bondade de Deus “segundo as Suas misericórdias e segundo a multidão das Suas benignidades” (v. 7). Como entender este último atributo diante da iminência do primeiro?

Imagine o seguinte caso:

Um homem ama muito sua esposa. Ele nunca deixa que lhe falte nada e é muito carinhoso. Eles têm uma bela casa, muito conforto e comida à vontade. Porém, ele resolve lhe dar mais uma “prova de amor”: todos os dias, ao sair para o trabalho, ele passa a chave na casa deixando a sua amada em prisão domiciliar. Podemos chamar isso de amor? Certamente que não.

Deus concedeu ao homem uma verdadeira prova se amor: o livre arbítrio. Somos livres para decidir amá-Lo ou não. A oração de Isaías representa o clamor de um coração sincero, agradecido e consciente de que a rebeldia do povo era a causa de seus próprios conflitos. Eles escolheram contristar o Espírito Santo (v. 10) e teriam de arcar com as consequências de seu descaso para com Ele. A parábola do filho pródigo é uma das mais lindas ilustrações sobre isso. O pai permite que o seu filho vá e que sofra as consequências de seus atos insanos. O pródigo experimentou uma “amostra” do que o pecado pode causar, e não gostou nem um pouco. De volta à casa do pai, sua condição era deplorável e digna da ira paterna. Mas o pai correu ao seu encontro e não se importou com suas vestes sujas, mau cheiro e nem com o que ele fez. Simplesmente o perdoou e o aceitou de volta como filho mui amado.

Enquanto “o SENHOR é tardio em irar-Se” (Naum 1:3), as Suas misericórdias “renovam-Se cada manhã” (Lamentações 3:23). A cada amanhecer acontece o milagre da salvação na vida de cada ser humano. A ternura do Seu coração e as Suas misericórdias (v. 15) são derramadas sobre o mundo pecador de forma plena e abundante. O Espírito do SENHOR nos oferece descanso (v. 14). “Pelo Seu amor e  pela Sua compaixão” (v. 9), o Salvador deseja nos remir e declarar: “Certamente, eles são Meu povo” (v. 8). Contudo, temos a liberdade em escolher receber as Suas misericórdias ou perecer em nossos pecados.

Deus é justo e em Sua justiça “jamais inocenta o culpado” (Naum 1:3): “se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do SENHOR o disse” (Isaías 1:20). Este é o salário do pecado (Romanos 6:23). Esta é a ira retributiva de Deus! Porém, apesar de nossa condição pecaminosa e, consequentemente, culpada, “o Anjo da Sua presença [nos] salvou” (v. 9). O Inocente morreu em nosso lugar e nos oferece, de graça, o “alvejante” da salvação: “ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã” (Isaías 1:18). Esta é a misericórdia divina!

Como Isaías, abra o seu coração ao Deus misericordioso e tardio em irar-Se. Louve-O por Sua benignidade e reivindique as Suas “obras poderosas”. Não há ninguém no mundo mais ansioso para te ouvir do que o SENHOR. Em toda a sua angústia, Ele também Se sente angustiado (v. 9). O que Ele mais deseja, semelhante ao pai do pródigo, é derramar sobre a sua vida o poder do Espírito Santo e lhe levar de volta para Casa, pois Ele é “nosso Pai” (v. 16). Que o mesmo anseio de Isaías ganhe primazia em nosso coração e em nossas orações a cada dia: “Volta, por amor dos Teus servos”, Jesus! (v. 17)

Bom dia, filhos do Pai de misericórdia!

Desafio do dia: Vamos à Casa do nosso Pai e alegremo-nos em uma linda festa de adoração e louvor!
www.encontreumaigreja.com.br

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Isaías63
#RPSP


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: