Reavivados por Sua Palavra


ISAÍAS 38 by jquimelli
27 de junho de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário Devocional

Em resposta à misericórdia de Deus, Ezequias canta uma canção de louvor. É também uma canção que todos aqueles a quem Deus resgatou podem cantar hoje: “Meus dias estavam contados, mas você recuperou a minha saúde e me fez viver . Eu estava em grande amargura, mas você amou a minha alma e me livrou da cova. Você lançou os meus pecados para longe; por isso eu te louvo. Aqueles que morrem não pode louvá-lo. São os vivos que lhe louvam, querido Deus. Muito obrigado por me permitir permanecer mais tempo entre os vivos” (Minha paráfrase dos versículos 10, 16-19).

Vivemos em um mundo onde o Grande Conflito é enfurecedor e todos somos feridos nessa batalha entre o bem e o mal. Porém Deus não nos abandonou e está disposto a atender a nossas súplicas (ver 2Cr 7:14).

Alguns de nós precisamos de cura física, mas todos precisamos de cura espiritual. Não percamos tempo, nos humilhemos, oremos e coloquemos em ordem nossa vida e nossa casa. Oremos pessoalmente e como igreja para que Deus estenda os nossos dias, conceda-nos mais tempo para louvar o Seu nome e levar a Sua verdade a outros. Ele certamente atenderá a nossa oração, pois está voltando e não quer ver ninguém perdido.

Melodious Echo Mason
Coordenadora do programa Unidos em Oração [United in Prayer]
Sede mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia
Washington, DC – EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/isa/38, https://www.revivalandreformation.org/?id=963 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/isa/38/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/04/03
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Isaías 38 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



ISAÍAS 38 – COMENTÁRIO PR ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
27 de junho de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



ISAÍAS 38 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
27 de junho de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

ISAÍAS 38 – Libertar, operar milagres e perdoar são especialidades de Deus. Ainda tem mais…

• O futuro é tão conhecido por Deus que Ele sabe até o dia de nossa morte. O profeta Isaías orienta ao rei Ezequias quanto à morte que lhe sobreviria em breve (v. 1).
• A morte não vence a Deus, mas Deus vence a morte. Nada tira Deus do controle, a não ser que rejeitemos o controle de Deus sobre nossa vida. Ezequias sabia disso e, perturbado com o anúncio do profeta, clamou a Deus chorando em alta voz. Ele não pediu mais vida, apenas apresentou sua vida piedosa (vs. 2-3).
• O profeta é servo da mensagem, não dono dela. Isaías poderia passar por falso profeta que, ora diz uma coisa, ora diz outra. Todavia, isso apenas revela humildade em um sincero servo de Deus. Isaías retorna num curto espaço de tempo a Ezequias para dizer-lhe que sua doença mortal seria curada. Além disso, profetiza a libertação de Jerusalém do rei assírio (vs. 4-6).

“No intervalo entre a informação dada no versículo 6 e a do versículo 7, II Reis relata a instrução de Isaías para aplicar ao tumor uma pasta de figos, bem como o pedido de Ezequias por um sinal. Neste capítulo, esses versículos são reservados para o fim [vs. 21-23], mas de qualquer forma, cronologicamente eles localizam-se aqui […]. A maneira pela qual esse milagre se manifesta… está intimamente associada… com os costumes medicinais em voga, fato que não exclui a possibilidade de que Deus tenha usado o poder terapêutico inerente aos figos, de forma que a sua eficácia é usada no contexto do milagre divino” (J. Ridderbos).

O cântico de Ezequias pode-se dividir em duas partes:

• Antes da cura (vs. 1-16): Vê a morte solapando sua vida precocemente, lamenta continuar o prazer de estar com Deus e a companhia dos amigos, sente como se os seus ossos estivessem quebrados; aflito, geme e busca ao Senhor, expõe em oração a amargura de sua alma e suplica por restauração da saúde e vida.
• Depois da cura (vs. 17-20): Louva ao Senhor pelo livramento e perdão, glorifica e adora a Deus pelo que fez.

Deus tem poder para reverter qualquer situação e quaisquer quadros clínicos. Ele merece nosso louvor! Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.



ISAÍAS 38 – COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
27 de junho de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“… Ouvi a tua oração e vi as tuas lágrimas…” (v. 5).


A reação de Ezequias diante do prognóstico de morte revelou a sua amizade com o SENHOR. Ele confiava que o Médico dos médicos tinha o poder de reverter o seu quadro terminal e foi buscar a cura na Fonte. Ezequias reivindicou as promessas divinas regando-as com muitas lágrimas e com o coração contrito. O fiel rei tinha prazer em viver na presença de Deus e dedicar a sua vida em Seu serviço, e a morte o privaria temporariamente de tal privilégio (v. 18).

O fato de o SENHOR ter ouvido à oração do rei e de ter-lhe dado um sinal sobrenatural (v. 8), é ou não um verdadeiro bálsamo para o nosso coração? Sabem o que Deus espera de nós? Honestidade. Orações humildes e sinceras que exponham diante dEle todas as nossas emoções. Quantos mal entendidos poderiam ter sido evitados e quantas situações vexatórias não teriam ocorrido se, ao invés de agirmos por impulso, fôssemos ao encontro do Único que conhece total e profundamente o nosso coração (Jeremias 17:10). A oração é o melhor tratamento para a cura do coração. Nem sempre recebemos exatamente o que pedimos, mas o SENHOR nos dá exatamente o que precisamos. O maior sinal da ação divina que devemos pedir hoje está expresso nesta pergunta: “Qual será o sinal de que hei de subir à Casa do SENHOR?” (v. 22). Quanto mais se aproxima o retorno do nosso Salvador, mais devemos sentir o desejo de com Ele subir.

Não tem sido fácil viver em paz nestes últimos dias. Como cristãos, encontramo-nos encurralados em um mundo onde ser fiel a Deus e à Sua Palavra é considerado retrógrado e estranho. Onde não mais existe a diferença entre o santo e o profano. A doença terminal que mais tem ceifado vidas não está catalogada na OMS, mas está registrada na Bíblia: “o salário do PECADO é a MORTE” (Romanos 6:23). Milhares e milhares morrem todos os dias, e, grande parte, vítimas de suas próprias escolhas. Deus coloca diante de Suas criaturas a cura e a salvação, mas a maioria tem escolhido paliativos que os levam direto para a morte eterna.

Amados, a grande aflição e amargura que os filhos de Deus têm enfrentado ou enfrentarão é para que obtenhamos o resultado PAZ (v. 17). O SENHOR deseja nos livrar “da cova da corrupção” (v. 17). Louvemos a Deus “todos os dias de nossa vida” (v. 20). Oremos a Ele, choremos diante dEle: “Ó, SENHOR, ando oprimido, responde Tu por mim” (v. 14), e Ele nos ouvirá e contemplará as nossas lágrimas. Que a maior emoção do nosso coração seja manifesta naquele grande Dia em uma “explosão” de alegria quando finalmente poderemos dizer: “O SENHOR veio salvar-me” (v. 20)!

Bom dia, salvos pela graça de Jesus!

Desafio do dia: 1) Derrame o seu coração perante o SENHOR. Faça de Jesus o Seu melhor amigo todos os dias, e perceberás que a oração já faz parte da sua vida. 2) Cadastre-se no site www.EuOro.com e beneficie pessoas por meio de suas orações.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus
#Isaías38
#RPSP
#IASD



ISAÍAS 38 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
27 de junho de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria



ISAÍAS 38 – COMENTARIOS SELECIONADOS by jquimelli
27 de junho de 2017, 0:25
Filed under: Sem categoria

3 Com inteireza de coracao. Ver com. de 2Rs 20?3. Neste tempo de crise, Ezequias pode ter sentido que a nacao precisava de seus servicos e que era completamente correto que apresentasse seu honroso passado como razao porque lhe devia ser permitido viver. CBASD – Comentario Biblico Adventista do Setimo Dia, vol. 4, p. 249.

Livrar-te-ei. O livramento seria duplo, ou seja, da morte e das maos de Senaqueribe. Satanas estava determinado a causar a morte de Ezequias e a queda de Jerusalem. Sem duvida, pensava que se Ezequias estivesse fora do caminho, seus esforcos para a reforma cessariam e a queda de Jerusalem poderia acontecer mais rapidamente. CBASD, vol. 4, p. 249.

Como sinal. O sinal antes da cura foi dado para fortalecer sua fe e a de seu povo (ver com. de Is 37:30). CBASD, vol. 4, p. 249.

9 Cantico de Ezequias. Este salmo de Ezequias (v. 9-20) nao se encontra no registro de 2 Reis. … O tema do poema e a experiencia de um homem que esteve face a face com a morte, orou com sinceridade por sua vida e teve sua oracao atendida. CBASD, vol. 4, p. 248.

10 Em pleno vigor de meus dias. Neste tempo, Ezequias tinha, provavelmente, cerca de 40 anos (ver com. de 2Rs 18:2, 13). CBASD, vol. 4, p. 248.

12 A minha habitacao foi arrancada e removida. Uma “tenda” nomade que poderia ser rapidamente mudada de um lugar a outro. De acordo com a figura, a habitacao de Ezequias seria retirada da terra dos vivos para a dos mortos (ver 2Co 5:1-3; cf. Fp 1:23). CBASD, vol. 4, p. 248.

Tu … me cortaras. Literalmente, “enrolaras”. Ezequias estava tecendo a teia da vida, mas seu modelo seria mudado. Devera parar de tecer antes que o modelo fosse concluido, e tira-lo do tear. Nesta figura, Ezequias expressa sua desilusao e frustracao quanto aa perspectiva de cessar prematuramente o que lhe parecia uma tarefa pela metade. CBASD, vol. 4, p. 248, 249.

13 Espero com paciencia. Literalmente, “eu me compus”, “eu me calei”. No Salmo 131:2,a mesma expressao hebraica e traduzida como “fiz calar e sossegar a minha alma”. Ao encontrar-se com  um inimigo implacavel, a enfermidade, diante do qual se sentia indefeso, Ezequias encarou a perspectiva de se conformar com o que lhe parecia inevitavel. CBASD, vol. 4, p. 249.

14 Responde Tu por mim. Literalmente, “se meu fiador” … A figura e a de um devedor que se encontra nas maos do credor exigente. CBASD, vol. 4, p. 249.

16 Por estas disposicoes Tuas vivem os homens. O ser humano vive pela Palavra de Deus (Dt 8:3; Mt 4:40, seja no corpo ou espiritualmente. Quando Ezequias foi curado fisicamente, tambem teve restauracao espiritual. Ao restaurar a saude fisica do rei, o Senhor lhe concedeu muito mais do que ele pedira (ver Is 38:17; Mt 9:2-7).

18 A sepultura nao te pode louvar. A morte cessa por completo todo pensamento e atividade (ver com. de Sl 115:17; 146:4; Ec 9:5). CBASD, vol. 4, p. 249.




%d blogueiros gostam disto: