Reavivados por Sua Palavra


II CRÔNICAS 16 – #RPSP – Comentário Rosana Barros  by Ivan Barros
28 de julho de 2016, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Porque, quanto ao SENHOR, Seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-Se forte para com aqueles cujo coração é totalmente dEle” (v. 9).

Como alguém que tinha o seu coração perfeito para com Deus permite que uma situação faça com que proceda loucamente (v. 9)? Diante de exércitos poderosos e mui numerosos, Asa não temeu, e confiou no poder de Deus para livrar o Seu povo. Diante de dificuldades aterradoras, confiou no SENHOR dos Exércitos e preservou perfeito o seu coração. Mas diante do inimigo da própria casa, excedeu-se, precipitou-se e buscou auxílio em homens, ao invés de apegar-se a Deus. De um homem de coração perfeito passou a ser um perfeito covarde. Além da tolice de aliar-se a um rei inimigo, descontou a sua ira em quem lhe foi enviado para adverti-lo (v. 10). Seu triste fim relata a sua triste escolha: “não recorreu ao SENHOR” (v. 12). Ao invés de ter sido um perfume de Deus em vida, “a arte dos perfumistas” foi utilizada em sua morte, em ledo engano de que perfumes e especiarias cobririam o “odor” que suas más escolhas lhe causaram. Que grande loucura passar de coração perfeito para coração néscio! Isto nos deixa uma advertência muito séria. Basta um momento de fraqueza. Basta desviar o olhar de Cristo uma vez. Basta confiar em nós mesmos para que possamos fazer uma completa loucura. Agir conforme nossos impulsos nos leva à disposição de deixar ao SENHOR em último plano. Asa confiou no rei da Síria. Em quem ou em quê temos depositado a nossa confiança? A atitude do rei para com o profeta de Deus e alguns do povo (v. 10) revela a degradação de seu caráter. É fácil descontar nos outros as próprias frustrações. A indignação de Asa não era contra os que oprimiu, mas contra ele mesmo. Só que ao invés de arrepender-se, ele lançou a culpa em outros. Quem procede imprudentemente não reconhece que está errado, mas transforma os prudentes no alvo de sua fúria. E para quê? Para terminarem seus dias longe de Deus. O mais grave na vida de Asa não foi a sua doença física, mas a espiritual. 

Meus amados, precisamos tomar muito cuidado com o que estamos fazendo com o nosso coração, “porque dele procedem as fontes da vida” (Provérbios 4:23). “Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam retos” (Provérbios 4:26). A doença de Asa ter sido justamente nos pés creio que não foi sem razão, porém mais uma tentativa do SENHOR em abrir-lhe os olhos para enxergar a sua real situação: longe dos Seus caminhos. Asa tropeçou e não se deixou ser reerguido por Deus. Endureceu o coração e resvalou os pés. Declinou para onde jamais deveria ter ido e o resultado foi fatal. “Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal” (Provérbios 4:27). Quando os desejos do coração falam mais alto que a voz de Deus, os pés caminham rumo à enfermidade da alma, assinando seu próprio atestado de óbito eterno. Oh, querido irmão, que esta loucura nunca alcance o nosso coração! Que possamos agir como Asa quando mantinha o seu coração perfeito diante de Deus. Que confiemos plenamente no SENHOR, pois “os que confiam no SENHOR são como o monte Sião, que não se abala, firme para sempre” (Salmo 125:1). Que o teu coração seja totalmente do SENHOR, e a Sua força o acompanhará!

Um bom dia, para “aqueles cujo coração é totalmente dEle” (v. 9)!

*Leiam #2Crônicas16

Rosana Garcia Barros


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: