Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 28 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
29 de julho de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

464 palavras
1. Quando a morte se aproxima, a diferença entre a coragem do indivíduo que  busca a justiça e a covardia de quem ama o pecado fica ainda mais aparente. Enquanto a pessoa de bem tem confiança tranquila no Salvador, o ímpio enfrenta  a morte com ousadia desafiadora ou com medo servil.
 
2. A decadência social e moral resulta, muitas vezes, na rápida sucessão de governantes. Quando um sábio assume o poder, a desordem no reino é resolvida, a lei e a ordem voltam a vigorar, e o patrimônio do país é preservado (ver Ec 9: 14,15).
 
3. Quando o homem pobre se torna opressor dos destituídos, causa dano como  a enxurrada da tempestade, que carrega a parte de cima da terra, em vez de promover germinação e crescimento.
 
9. Existem muitos dispostos a servir ao Senhor, mas desejam fazê-lo à própria maneira… São poucos os que tomam toda a lei moral do Senhor como expressão autoritativa de Sua vontade para Seu povo (ver Jo 14:15; 15:10; cf Rm 8:3, 4).
 
12. Quando as pessoas de bem vencem os perversos e governam com eficácia, há “grande festividade” (ver Pv 11:10; 29: 2).
 
13. A prosperidade espiritual é impossível à pessoa  que acaricia o pecado. Desculpar-se pelos próprios pecados equivale a resistir à obra do Espírito Santo (Jo 16: 8-11) e correr o risco de endurecer tanto o coração ao ponto de não sentir mais o desejo de ser justo, nem o impulso de se arrepender.
 
14. Feliz é quem se vigia  a todo o instante e compara, de forma consistente, sua conduta com o padrão estabelecido pela vontade revelada de Deus, a fim de revelar instantaneamente qualquer desvio do direito e se corrigir (ver Sl 119:11; Fp 2:12; Tg 1: 22-25).
 
16. A avareza é o desejo excessivo  por ganhos. As pessoas que dão as costas ao verdadeiro ganho da vida eterna e passam a vida em busca dos ganhos mesquinhos e temporários deste mundo revelam  falta de entendimento.
 
19. … Aqueles que buscam as coisas vãs da vida, em vez de trabalhar para obter seu sustento, certamente cairão em pobreza, tanto material quanto espiritual.
 
23. A repreensão sábia traz recompensas tanto para quem a dá quanto para quem a recebe, mesmo que possa magoar na hora (ver Pv 27:6; 29:5; Tg 5:19, 20).
 
24. Nada serve de desculpa para o roubo. Mesmo que o filho alegue que tudo quanto os pais possuem será dele depois que morrerem, os bens materiais ainda não lhe pertencem, para que possa se apropriar deles sem o devido consentimento. Caso o faça, não será melhor do que um saqueador comum (ver Pv 19:26).
 
25. A pessoa inflada com o senso de importância própria e que despreza os outros incomoda todos com quem se encontra e causa dissensão (ver Pv 15:18).
 
27. … a doação sábia a quem precisa não empobrecerá o doador (ver Pv 11:24-26; 19:17).
 
28. Com a queda dos perversos, os justos aumentam em número e em prosperidade.
Fonte: Comentário Biblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3.

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: