Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 20 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
21 de julho de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

724 palavras

1 Escarnecedor. As pessoas, sob a influência do vinho e bebidas fortes, passam a escarnecer do direito e da religião. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 1143.

Bebida forte. Bebidas fermentadas feitas de outras fontes que não as uvas, como de romã ou tâmaras (ver com. de Dt 14:26). CBASD, vol. 3, p. 1143.

5 Descobri-los. A palavra moderna “educação” significa” descobrimento. Os professores sábios desde a época de Sócrates e, sem dúvida, muito antes disso, usam a habilidade de questionar para trazer à tona os pensamentos escondidos do estudante. O aluno é levado a relacionar as várias informações que adquire umas com as outras e, assim, crescer com sabedoria e entendimento. CBASD, vol. 3, p. 1144.

7 Integridade. A consistência é uma virtude rara, mas valiosa. Por mais pobre, humilde e ignorante que uma pessoa seja, se for genuína e consistente, será reconhecida como justa e seus filhos a honrarão. A inconsistência dos pais exerce um efeito devastador sobre os filhos em crescimento. CBASD, vol. 3, p. 1144.

8 Dissipa. Assim como o vento separa a palha do trigo debulhado, a sabedoria é juíza sábia que discerne a verdade e dissipa as artimanhas com o objetivo de escurecê-la. De maneira semelhante, quando viesse, o Messias exaltaria a verdade e revelaria o erro. CBASD, vol. 3, p. 1144.

11 Até a criança. Embora todos os seres humanos se revelem por suas obras (Mt 7:16-20), a criança, por sua abertura e isenção de falsidade, mostra de forma ainda mais clara sua natureza interior e dá indicativos do adulto que se transformará. CBASD, vol. 3, p. 1144.

12 O ouvido que ouve. Deus de a todos o privilégio de usar os sentidos e confia que estes serão empregados para encontrar o caminho a Ele e a vereda da justiça (ver Êx 4:11). Poucas pessoas usam ao máximo seus talentos. Cegos à beleza da terra, do céu e do mar, e surdos aos murmúrios do vento e canto dos pássaros, muitos seguem seu caminho concentrados apenas no ganho material e nos prazeres comuns. O Senhor procura ouvidos rápidos em responder à voz do Espírito e olhos que vejam com clareza o caminho da vida. CBASD, vol. 3, p. 1144.

14 Nada vale. Depreciar o valor do que compramos e exagerar nas boas qualidades do que vendemos faz parte da natureza humana, mas da humanidade caída. A honestidade verdadeira exige que tentemos descobrir com objetividade o valor preciso de um bem, quer o estejamos comprando, quer vendendo (ver T2, 71; T4, 311, 359). Além de nossa honestidade estar envolvida, o amor pelas outras pessoas é tão essencial para um viver justo quanto o amor pelo Deus criador (Lc 10:27). A observância desta regra áurea nos fará ter tanta consideração pelos outros ao vender, como se nós mesmos estivéssemos comprando. Esse padrão é elevado, mas o alvo diante de nós é a perfeição (Mt 5:43-48). CBASD, vol. 3, p. 1144.

18 Mediante os conselhos. Como o conhecimento e a habilidade humana são limitados, é sábio se aconselhar com outros que podem enxergar uma aspecto diferente da questão ou ter mais experiência em circunstâncias semelhantes à analisada. Quanto mais grave o problema, mais necessário esse tipo de consulta. CBASD, vol. 3, p. 1145.

21 Posse antecipada. Este provérbio é um lembrete da máxima: “Fácil se tem, fácil se perde.”A ascensão súbita e fácil à riqueza é muito diferente do lento acúmulo de bens por meio do trabalho duro e do esforço honesto. Sem compreender a labuta necessária para juntar a herança, o beneficiário não formou hábitos de diligência e cautela, os quais lhe permitiriam transformar o dinheiro numa bênção para si e para os outros. CBASD, vol. 3, p. 1145.

25 Dizer precipitadamente. A primeira frase pode ser traduzida como: “É laço para o homem gritar impulsivamente: Santo!”. Esse pensamento é semelhante ao da LXX, que traduz assim o versículo: “É laço para o homem consagrar apressadamente parte de sua propriedade pessoal”, pois, nesse caso, ao voto se segue o arrependimento. CBASD, vol. 3, p. 1146.

28 Amor e fidelidade preservam o rei. Esta é a verdadeira filosofia da história. Se todo governante houvesse compreendido e praticado o conselho implícito neste provérbio, a história do mundo teria sido diferente. Império após império caiu porque os políticos deixaram de se importar com o direito e a justiça, ou se tornaram severos e rígidos, sem considerar o amor e a misericórdia. Por outro lado, reis com a compaixão entronizada em seu coração tiveram uma vida longa e útil, que beneficiou seus súditos (ver Pv 16:12; Dn 4:27; PR, 501, 502) CBASD, vol. 3, p. 1146.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: