Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 13 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by Jeferson Quimelli
14 de julho de 2020, 0:50
Filed under: Sem categoria

794 palavras

3 Quem guarda a sua boca guarda a sua vida (NVI). A capacidade de controlar a língua é uma das marcas mais nítidas da sabedoria. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Salomão repete muitas vezes a importância de vigiar os lábios (ver Pv 12:13, 14, 22, 23; etc.). Embora esse conselho seja proclamado repetidamente e demonstrado com clareza ao longo da história humana, ainda são poucos os que conseguem vigiar a todo tempo os próprios lábios. Muito sofrimento seria evitado se as pessoas dessem ouvidos a essa admoestação, mas parece que elas precisam aprender a verdade por meio de amargas experiências pessoais. Infelizmente, muitos nunca conseguem aprender. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 1116.

5 Aborrece a palavra de mentira. A mentira abala a confiança e destrói amizades; no entanto, muitas pessoas usam a falsidade quando acham necessário, para se ver livres de alguma dificuldade ou escapar de problemas mais graves. Só é possível se proteger desse mal quando se desenvolve forte repulsa por pecados de todo tipo. Essa repulsa se faz mediante a presença do Espírito Santo no coração. Aquele que condescende com a mentira se identifica com o pecado, tornando-se, assim, repugnante e vergonhoso (ver Sl 101:7, 8; Jo 8:44; Ap 21:27). CBASD, vol. 3, p. 1116.

o perverso faz vergonha e desonra. Quem não está ligado a Deus na mais profunda harmonia, não tem paz consigo mesmo, e muito menos com o mundo ao seu redor. Bíblia Shedd.

6 A malícia subverte ao pecador (ARA). NVI: “A impiedade derruba o pecador”.

9 A lâmpada dos ímpios apaga-se (NVI). Sua vida terminará (v. 20.20; 24.20; Jó 18:5; 21.17). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Cf. a Parábola das Dez Virgens (Mt 25.1-13). Bíblia Shedd.

10 Da soberba só resulta a contenda (ARA). NVI: “O orgulho só gera discussões”.

Soberba. O contraste do versículo é entre o orgulhoso demais para pedir conselhos, que se sente insultado quando alguém sugere algo de que ele necessita, e o sábio, que dá ouvidos ao conselho de experientes. O soberbo, além de contender com aqueles que os instruiriam, entra em brigas de vários tipos em consequência de seguir os próprios caminhos imprudentes (ver Pv 11:2; 12:15). CBASD, vol. 3, p. 1117.

11 Facilmente. A riqueza obtida sem esforço real logo é dissipada. Aquilo que o indivíduo se esforça para ganhar é, de modo geral, gasto com cuidado, e aos poucos ele junta uma reserva (ver Pv 20:21; 21:25). CBASD, vol. 3, p. 1117.

12 A esperança que se adia. Pode ser que, para alguns, a longa demora da vinda do Senhor pareça uma esperança que se adia. No entanto, aquele que está pronto para esse dia e ora para que o retorno de Jesus seja apressado caminha tão perto de Deus que vivencia a todo instante o cumprimento de seus desejos e a renovação da confiança (ver Gn 5:22). CBASD, vol. 3, p. 1117.

13 A palavra. A referência é à própria Palavra de Deus. Bíblia Shedd.

14 Ensino. Do heb. torah, que significa “instrução” (ver com. de Pv 3:1). O ensino do sábio guia os que lhe dão ouvidos ao longo da vida, impedindo que caiam nas armadilhas do pecado e da morte, as quais atacam por todos os lados. CBASD, vol. 3, p. 1117.

16 Procede com conhecimento. O insensato exibe sua tolice em público, porque não a reconhece ou por não se importar (ver Pv 15:2). CBASD, vol. 3, p. 1117.

17 O mau mensageiro se precipita no mal, mas o embaixador fiel é medicina (ARA). NVI: “O mensageiro ímpio cai em dificuldade, mas o enviado digno de confiança traz a cura”.

19 Abominável. O insensato, justamente por sua insensatez, odeia deixar seus caminhos maus, mesmo para ter vida eterna. CBASD, vol. 3, p. 1117.

20 Mas … se tornará mal. É possível conhecer a pessoa por suas companhias. O “companheiro dos insensatos”se torna cada vez mais parecido com seus associados. … Aquele que se torna como suas más companhias também deve estar disposto a compartilhar do destino que elas terão (ver T4, 589). CBASD, vol. 3, p. 1118.

21 Serão galadoardos com o bem. Assim como o perverso colhe os resultados das próprias escolhas egoístas, a pessoa de bem tem recompensa garantida (ver Sl 11:5-7; Ec 2:26; Ap 2:23; 22:12). CBASD, vol. 3, p. 1118.

22 Herança. A pessoa bondosa pensa nos outros e ajunta uma boa herança para transmitir a seus filhos, ao passo que o pecador gasta consigo aquilo que deveria poupar. CBASD, vol. 3, p. 1118.

Não somente os bens honestamente acumulados, mas ainda mais, um bom exemplo, uma boa reputação, uma cultura espiritual. Bíblia Shedd.

24 A vara. A vara pode ser considerada um símbolo de ação disciplinar de várias formas. CBASD, vol. 3, p. 1118.

A “vara” é provavelmente figura de libguagem para qualquer tipo de disciplina. Bíblia de Estudo NVI Vida.

Cedo. O termo hebraico se refere à diligência de levantar cedo [disciplina aplicada desde o início do dia]. CBASD, vol. 3, p. 1118.

25 Para satisfazer. Os desejos da pessoa de bem são equilibrados, e Deus promete que serão satisfeitos (ver Is 33:16). Os desejos do pecador costumam ser desprovidos de temperança. CBASD, vol. 3, p. 1118.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: