Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 1 by Jeferson Quimelli
2 de julho de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/pv/1

O Livro de Provérbios começa com a afirmação de que qualquer um pode se beneficiar em ter mais sabedoria – tanto o inexperiente quanto os que já são sábios. Deus é a fonte da sabedoria, e um relacionamento com Ele que inclui respeito pelo que Ele diz ser verdade é a estrutura de todo conhecimento, a perspectiva a partir da qual tudo faz mais sentido.

Existem, no entanto, aqueles que “armam emboscadas para si mesmos; tentam acabar com a própria vida” (v. 18 NVT); estEs são menos espertos do que os animais os quais evitam as armadilhas. Sim, Deus pode punir – e tem punido através da história, mas na maior parte das vezes nós punimos a nós mesmos através de nossos próprios pecados. É até mesmo possível destruir a possibilidade de arrependimento, de voltar atrás … ou até mesmo de desejar voltar atrás. Jesus chamou isso de “blasfêmia [pecado] contra o Espírito Santo” (Mc 3:29). Paulo no livro de Romanos chama isso de sofrer “a ira de Deus” (Rm 1:18, 24, 26, 28). Nas palavras da sabedoria: “comerão os frutos amargos de seu estilo de vida e engasgarão em suas próprias intrigas” (v. 31 NVT).

Mas isto não precisa ser assim: temos liberdade de escolher algo melhor! Por toda a parte vemos o convite da sabedoria para que nos apropriemos dos seus benefícios! (v. 20, 21).

Em todos os lugares há evidências a favor de Deus, impressões digitais de Sua obra e  providências. E se respondermos positivamente à Verdade, se aceitarmos a Sua perspectiva e discernimento, Deus nos revelará ainda mais da Verdade, a qual tornará a nossa vida recompensadora, segura e sem medo de calamidades.

Virginia Davidson
Projetista e construtora de vitrais
Spokane Valley, Washington, EUA

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=875
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos/Gisele Quimelli

 

Comentário rodada anterior:

Que bom seria se todos tivéssemos um pai como Salomão para nos aconselhar e nos conduzir na vida!

Salomão começa seu aconselhamento dizendo eloquentemente no que os caminhos da sabedoria nos auxiliarão: “…a viver com disciplina e sensatez, fazendo o que é justo, direito e correto; ajudarão a dar prudência aos inexperientes e bom senso aos jovens” (v. 3, 4 NVI). Não são estas características desejadas por todos? Qual é, no entanto, o caminho para adquiri-las? “O temor do Senhor” (v. 7), Salomão sugere, com palavras cheias de significado e experiência.

A instrução de Salomão para que seu filho ouça os ensinos de seu pai e de sua mãe, é belamente ilustrada como se fosse “um enfeite para a sua cabeça, um adorno para o seu pescoço” (v. 9 NVI). Que bom seria se a sabedoria fosse assim tão tangível e visível, pois assim evitaríamos muitas das armadilhas que muitas vezes nos afligem.

Gosto da maneira como Salomão personifica a sabedoria neste capítulo, trazendo-a à vida através de palavras como: “…quem me ouvir viverá em segurança e estará tranquilo, sem temer nenhum mal” (v. 33 NVI).

Que o temor do Senhor o conduza à Sua sabedoria e que você possa encontrar segurança em Sua presença.

Jackie Ordelheide Smith
Diretora Assistente de Escola Sabatina e Ministério Pessoal da Conferência Geral da IASD
Washington, DC, Estados Unidos

Texto original: https://reavivadosporsuapalavra.org/2017/03/31/


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: