Reavivados por Sua Palavra


SALMO 85 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
27 de abril de 2020, 0:45
Filed under: Sem categoria

“Próxima está a Sua salvação dos que O temem, para que a glória assista em nossa terra” (v.9).

No original bíblico, há algumas expressões para a palavra “perdão”, cada qual com uma vertente diferente acerca deste dom divino. Mas a palavra que mais se encaixa no contexto do Salmo de hoje é a palavra hebraica “nasa”, no sentido de “levantar”. Ou seja, buscar o perdão divino para ser reerguido: “Porventura, não tornarás a vivificar-nos, para que em Ti se regozije o Teu povo?” (v.6). Israel desejava a restauração de sua prosperidade como nação do Senhor. E fez uma espécie de aliança com Deus: “Escutarei o que Deus, o Senhor, disser” (v.8). O que há de tão grande e de tão importante nestas palavras? Era justamente por não dar ouvidos ao que o Senhor ordenava, que o povo caía nas mãos dos inimigos e em caminhos de insensatez (v.8).

Observem que a salvação está próxima daqueles que temem a Deus (v.9), daqueles que O obedecem como Senhor. Portanto, aceitá-Lo e servi-Lo como nosso Senhor é um requisito essencial para todos os que desejam um Salvador. Quando o jovem rico, por exemplo, procurou a Cristo e fez a célebre pergunta: “Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?” (Mc.10:18), ele ouviu claramente que deveria guardar os mandamentos de Deus. Só que aquele jovem, apesar de ser um exímio observador da lei, tinha o coração governado pelas riquezas desta terra. O desejo de Deus é que as palavras que Ele nos ordena estejam em nosso coração (Dt.6:6). Aquele jovem vivia apenas uma aparência de santidade, pois o seu coração estava longe dos propósitos divinos.

Avancemos agora nas páginas sagradas até o livro de Atos, onde encontramos a história do carcereiro romano. Ao deparar-se com dois homens tementes a Deus, sendo profundamente tocado pelo testemunho de Paulo e Silas, lhes fez a seguinte pergunta: “Senhores, que devo fazer para que seja salvo?” (At.16:30). Percebem? A mesma pergunta feita pelo jovem rico. Eis a resposta dos discípulos: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa” (At.16:31). Já a resposta de Paulo e Silas foi diferente da de Cristo, não foi? Não, amados. Foi exatamente a mesma. Notem isto nas seguintes palavras de Jesus: “Nem todo o que Me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos Céus, mas aquele que faz a vontade de Meu Pai, que está nos céus” (Mt.7:21). E qual é a vontade de Deus? A Bíblia toda declara: Que O amemos e O obedeçamos, assim como é o desejo de qualquer pai para com seus filhos. E não há alegria maior para um pai do que um filho que o honra.

Bem, a pergunta foi igual, o contexto da resposta foi igual, mas a diferença está na decisão que cada um tomou. O jovem rico foi embora triste; não aceitou ser confrontado com a verdade. Já o carcereiro aceitou o chamado de Deus e levou a salvação para toda a sua casa: “Encontraram-se a graça e a verdade, a justiça e a paz se beijaram” (v.10). Todos os atributos do Senhor andam juntos na vida do cristão. Não há paz se não há justiça, como também não há graça sem que haja verdade. Não há como pedir perdão por nossos pecados se não aceitamos ser confrontados pela Palavra de Deus (Leia 2Tm.3:16).

Quando entendemos que “o pecado é a transgressão da lei” (1Jo.3:4), passamos a enxergar que a lei não tem o papel de nos salvar, mas de nos mostrar a necessidade vital que temos de um Salvador. Então, seremos obedientes, tementes a Deus, porque cremos em Jesus e em Seu sacrifício de amor. E porque cremos nEle e O amamos, então, O obedecemos. A justiça só irá adiante daqueles que seguem as pegadas que abrem caminhos de vida eterna (v.13). Sigamos as pegadas do nosso Senhor e Salvador, que nos deixou o exemplo para seguirmos os Seus passos (1Pe.2:21), e a salvação entrará em nossa vida e em nossa casa! Vigiemos e oremos!

Bom dia, seguidores de Jesus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo85 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: