Reavivados por Sua Palavra


SALMO 78 by Jeferson Quimelli
20 de abril de 2020, 0:55
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: https://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/sl/78

Este capítulo é uma reapresentação da história de Israel, do Egito até Davi.

Você gosta de ser lembrado de sua história? Não seria bom se sempre falassem de você apenas com descrições positivas? Algum de nós gosta de ouvir sobre as escolhas negativas que fizemos? Podemos aprender com nossas experiências e escolhas negativas?

Sim, nós podemos. Aprender com nossos erros, para não repeti-los depois, é o objetivo. Podemos fazer isso sozinhos? Absolutamente não! Nós precisamos da ajuda de Deus. Com Sua ajuda e orientação, podemos fazer melhores escolhas e decidir não repetir o negativo.

Assim como Deus não desistiu dos israelitas, Ele não desistiu de nós! Não importa a nossa história; é como permitimos que Deus nos corrija e nos forme para a eternidade que importa.

Kirsten Machado
Professora da Escola Adventista Americana de Taipei, Taiwan

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/?id=802

 

Texto da rodada anterior:

Os hinos nacionais despertam em nós sentimentos de patriotismo. As palavras de um hino nacional exaltam o país e nos lembram da sua grandeza. Os hinos nacionais normalmente não mencionam os fracassos do país, pois pode ser contra-produtivo. No entanto, é exatamente isso que o Salmo 78 faz. Pior ainda, nele os fracassos de Israel são apresentados contra o pano de fundo dos maravilhosos atos de Deus que vez após vez os socorre.

Após a travessia do Mar Vermelho e da água brotar da rocha, Israel pecou por resmungar acerca do alimento. Quando Deus lhes deu o maná, eles queriam carne. Quando Ele deu-lhes carne de codorna eles comeram tanto a ponto de ficarem doentes. Mas Deus foi misericordioso e os perdoou sempre que se arrependeram.

O Salmo 78 é, na verdade, um hino nacional que relembra a rejeição de Efraim, do Norte de Israel, e a seleção de Judá como a tribo da realeza. O compositor no entanto, não antecipa a futura rejeição de Judá.

Nunca devemos nos orgulhar de sermos os escolhidos de Deus, porque ser a nação escolhida e fazer parte da igreja remanescente depende da nossa fidelidade. Deus não nos abandona, nós é que o abandonamos.

Gordon Christo
India

Texto original: https://reavivadosporsuapalavra.org/2017/01/17/ e http://revivedbyhisword.org/en/bible/Psa/78/
Tradução: Jeferson Quimelli/Pr Jobson Santos


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: