Reavivados por Sua Palavra


SALMO 15 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
17 de fevereiro de 2020, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Quem, Senhor, habitará no Teu tabernáculo? Quem há de morar no Teu santo monte?” (v.1).

Davi compreendeu a essência da verdadeira adoração. Ela não tem a ver com aquele que diz ser cristão, mas com “O que vive” (v.2) o cristianismo. A palavra “integridade”, no verso dois, significa “inteiro, que não sofre alteração, honesto”, e aparece como primeira característica do cidadão dos Céus. Referindo-se a Jó, a integridade também foi a primeira virtude citada por Deus: “homem íntegro” (Jó 1:8). Noé também foi considerado “homem justo e íntegro” (Gn.6:9). Integridade aos olhos de Deus é a entrega completa do coração a Ele, de forma que a vida seja tão somente a manifestação dessa entrega.

Costumo dizer que não há trabalho mais difícil e desafiador do que o de uma mãe a instruir seus filhos. Requer renúncia diária, paciência e muito amor. Mas, por mais esforço que se possa haver, não há meio mais eficaz e infalível do que o exemplo de uma vida que incida sobre os filhos o brilho que irradia do Céu. Isso não significa que em algum momento nossos filhos não verão nossos defeitos e nem notarão nossas fraquezas. E sim que, acima dos defeitos e das fraquezas, eles tenham a firme segurança de que sua mãe é uma cidadã do Reino dos Céus em construção. Integridade, portanto, amados, não é infalibilidade. Integridade é depender inteiramente de Deus.

A sequência das características do cidadão dos Céus não se trata de uma lista de comportamentos facultativos. Eles são cumulativos. Quem “vive com integridade” (v.2), “não difama com sua língua” (v.3). Quem, “de coração, fala a verdade” (v.2), “não empresta o seu dinheiro com usura” (v.5). Quem “não faz mal ao próximo” (v.3), também não “aceita suborno contra o inocente” (v.5). Entendem? Essa é a lógica de Deus. Dotados de um coração corrupto, precisamos recorrer à mais alta profissão de fé se quisermos transpor os portais de pérola (Ap.21:21). A vida de Jesus deve ser o nosso estudo diário. O meditar na Sua Palavra, o nosso primeiro e principal alimento do dia.

Somente através de um encontro diário com Cristo, somos capacitados pelo Espírito a viver em integridade. Jesus mantinha uma íntima comunhão com o Pai e Sua voz não era ouvida apenas nas ruas e vielas a pregar, mas nas montanhas e bosques a orar. Sua vida era tão completamente ligada a do Pai que até o Seu olhar despertava nas pessoas a necessidade de estar na presença de Deus. Cristo foi o nosso perfeito Exemplo e precisamos segui-Lo. Não adianta ser moralmente correto e nem fazer uma centena de atos de caridade por dia se as suas ações não forem compatíveis com um coração movido pela comunhão com Deus. A transformação deve ocorrer de dentro para fora e revelar ao mundo que somos peregrinos que “aspiram a uma pátria superior, isto é, celestial” (Hb.11:16).

Que você seja o “Quem” deste Salmo. E que não faça todas aquelas coisas para ser salvo, mas porque já foi salvo. Vigiemos e oremos!

Bom dia, cidadãos dos Céus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Salmo15 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: