Reavivados por Sua Palavra


JUÍZES 1 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ  by Maria Eduarda
12 de maio de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Se Josué é o livro da vitória, Juízes é o livro da derrota. Se em Josué você vibra com o povo de Deus; em Juízes você se decepciona. Se a história em Josué te enche de alegria e satisfação, em Juízes tem um gosto amargo e triste.

O livro mostra que, quando a humanidade está um caos é porque falta compromisso sério com Deus. Mas, como conhecer a Deus sem conhecer Seu Livro? “Se quisermos ser autênticos discípulos de Cristo, precisamos ir muito além de uma leitura descuidada, rápida e superficial da Bíblia” (Adolfo S. Suárez).

Prepare-se, madrugue-se e desperte para ler Juízes. Aprenderás muito:

1. A morte de um líder espiritual pode resultar em morte espiritual: Josué, o líder destemido, o exemplo fiel, o pregador ousado, firme e apelativo, morreu; então, a espiritualidade de Israel declinou (vs. 1; 2:1-23);

2. Após conquistar mais algumas vitórias e relaxar… o deixar de lutar, acomodar-se e entregar-se a ociosidade física, pode sofrer relaxo, preguiça e acomodação espiritual: Negligenciar desafios a enfrentar, muitos acabam esquecendo de orar, consagrar-se e dedicar-se a Deus. Foi isso que aconteceu a Israel após adentrar à Terra Prometida, embora houvesse terra por conquistar ainda (vs. 2-36).

Embora o livro de Juízes tenha muito que falar da natureza humana que é ingrata, infiel, incrédula, perversa, arrogante, negligente, orgulhosa, idólatra, imoral, corrupta, etc. por causa do pecado, a forte ênfase de livro é no caráter de Deus que é amoroso, bondoso, atencioso, gracioso, libertador, restaurador, paciente, salvador, etc.

O declínio espiritual é gradativo; mesmo na ausência de Josué, o povo ainda consultou ao Senhor por algum tempo (v. 1). “A pergunta ‘Quem (…) subirá, primeiro?’ revela a incerteza do grupo que, então, não tinha líder. Eles reconheciam que cada tribo deveria iniciar a conquista para assegurar a porção da terra concedida por sorteio. Que tribo encorajaria as demais? Eles desejavam um líder apontado divinamente” (CBASD, v. 2, p. 314).

Por buscarem a Deus, os israelitas venceram algumas batalhas; por negligência, deixaram de cumprir todo o plano de Deus a eles. Não acontece o mesmo conosco hoje? Não recorremos mais a Deus quando estamos em dificuldades?

Negligenciar Deus é a nossa derrota. Mas, a busca constante a Deus resulta em constantes vitórias. Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: