Reavivados por Sua Palavra


ÊXODO 22 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
23 de dezembro de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“… Será, pois, que, quando clamar a Mim, Eu o ouvirei, porque sou misericordioso” (v.27).


Leis civis e religiosas também foram estabelecidas por Deus a fim de manter a ordem no meio do Seu povo. Como Legislador e Rei de Israel, o Senhor imprimiu em cada lei a Sua justiça. As leis sobre a propriedade revelam o zelo de Deus não somente para com a vítima, mas também para com o acusado. Ninguém poderia ser considerado culpado caso os juízes do povo não conseguissem comprovar o ato criminoso. O Senhor nunca coloca coisas acima de pessoas. Até no cuidado acerca dos pertences de Seus filhos Ele atentou primeiramente para a reputação e vida das pessoas, só então, comprovado o ato criminoso, exigia a devida restituição de valores ou bens.

Os estatutos, decretos e leis de Deus não impõem ordens absurdas ou hostis. Neles encontramos o Seu desejo em que o Seu povo se mantenha no contexto de uma sociedade organizada e decente. Apesar de serem leis que foram criadas especificamente para o antigo Israel, podemos extrair algumas aplicações de grande relevância para os nossos dias. Inquestionavelmente, Deus preza pela honestidade nos negócios e detesta o roubo e a corrupção. O verdadeiro cristão deve ser zeloso quanto à administração dos seus bens e jamais deve manter relações ilícitas ou duvidosas. Todo aquele que tem o Senhor como Sócio Majoritário percebe que o maior lucro é uma vida ilibada e uma reputação de confiança. Louvamos e honramos a Deus quando somos transparentes em nossos negócios.

Outras leis mais específicas são citadas neste capítulo e expressam de forma implícita alguns princípios bíblicos: a pureza sexual e espiritual, a caridade e a consagração do homem a Deus. O casamento entre um homem e uma mulher foi instituído no Éden como o propósito do Criador para a humanidade; e o sexo foi criado para ser uma bênção dentro deste contexto. A igreja de Deus é representada por uma mulher virgem, mas também por uma mulher casada (Ef.5:24) que mantém a pureza no casamento. O Espírito Santo não pode habitar em lugar imundo, contaminado por paixões infames. A idolatria muitas vezes é comparada ao adultério ou ao sexo ilícito, justamente pelo contexto de impureza e desprezo pelo que é santo.

Considero a caridade como sendo o antídoto de Deus contra o egoísmo e a fórmula do Céu para o conhecimento de Deus. O amor é a única coisa que quanto mais ofertamos, mais aumenta. O amor genuíno quebra todas as regras da lei da oferta e da procura; porque o amor gerado pelo Espírito Santo é fruto gracioso que não se barganha e nem se corrompe. O verdadeiro amor é o que alimenta, veste e doa sem pretensões pessoais. O verdadeiro amor não se resume ao interpessoal; ele é tão extensivo quanto os limites da Terra. O verdadeiro amor não se exibe, ele é naturalmente notado. O verdadeiro amor nunca leva a assinatura humana, mas concede ao homem o privilégio de viver na Terra a atmosfera do Céu.

O Senhor nos chamou para sermos “homens [e mulheres] consagrados” (v.31) a Ele. Ser um discípulo de Jesus em um mundo predominantemente mau e egoísta é desafiador. Ser honesto apesar da desonestidade de outros, ser puro diante da corrupção que nos cerca e amar apesar da dureza de coração da maioria é como nadar contra a correnteza. É extremamente exaustivo e, por vezes, pensamos ser impossível, mas o Senhor nunca abandona um filho que persevera. Ele prometeu: “Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo” (Mt.24:13). Se aqui formos reconhecidos como discípulos de Cristo (Jo.13:35), muito em breve, Cristo nos reconhecerá como filhos do Reino do Seu amor (Mt.25:34). Confesse a sua incapacidade diante do Senhor e Ele te ouvirá, porque é Deus misericordioso (v.27).

Feliz semana, discípulos de Jesus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Êxodo22 #RPSP

Comentários em áudio:
https://www.youtube.com/user/nanayuri100
https://www.youtube.com/channel/UCzzqtmGdF4UqBopc6CRiqLA


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: