Reavivados por Sua Palavra


Êxodo 13 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
14 de dezembro de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Nunca se apartou do povo a coluna de nuvem durante o dia, nem a coluna de fogo durante a noite” (v.22).


Arregimentada para a grande marcha, a multidão dos filhos de Israel recebera as últimas instruções de Moisés sobre a consagração dos primogênitos do povo. As primícias da madre deveriam ser consagradas a Deus de forma especial; “os machos serão do Senhor” (v.12), como um símbolo da aliança feita com Abraão, Isaque e Jacó e da aliança eterna que Cristo, o Unigênito de Deus, viria confirmar. Vimos que a celebração da festa dos pães asmos possuía uma conotação de purificação, de santificação. Assim como, naqueles dias, nenhum fermento deveria ser encontrado em todo o território de Israel, também Israel deveria livrar-se de todos os costumes pagãos que traziam consigo da terra do Egito.

Novamente, o Senhor reforçou um dos princípios que rege a verdadeira educação: a transmissão de pai para filho. “E será como sinal na tua mão e por memorial entre teus olhos; para que a lei do Senhor esteja na tua boca” (v.9). Aos pais cumpria o dever de perpetuar a lei de Deus e torná-la a primazia na vida de seus filhos. Como um sinal de identificação, deveriam cumpri-la de todo o coração a fim de que, pelo exemplo, ensinassem seus filhos a verdadeira adoração. Creio que todos nós temos um testemunho a dar acerca da atuação da graça de Deus em nossa vida. Como pais, a nossa responsabilidade constitui em um hábil e constante serviço. Tal obra é considerada pelo Céu como a maior escola missionária da Terra.

A vida de cada pai e de cada mãe de Israel deveria instigar seus filhos a lhes perguntarem: “Que é isso?” (v.14). Cada pai e cada mãe, hoje, deve buscar viver a lei do Senhor movidos pelo amor que têm pelo Senhor da lei. A nossa resposta ao resgate feito pelo nosso Salvador, deve ser sempre esta: “O Senhor com mão forte nos tirou da casa da servidão” (v.14). A nossa vida deve ser uma constante declaração de que Cristo nos “chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz” (2Pe.2:9). Aquele que está em Cristo Jesus “é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (1Co.5:17). E é esta novidade de vida, é esta transformação que promove o desejo nos filhos em saber como seguir no caminho estreito. O exemplo sempre foi e sempre será o melhor método de educação do lar.

Não existe tarefa mais difícil e melindrosa do que a educação de filhos. Somos limitados e falhos no que diz respeito à nossa natureza pecaminosa, mas, arraigados em Cristo, somos por Ele instruídos e capacitados para tão sagrada obra. Semelhante a coluna de nuvem que guiava o povo durante o dia e a coluna de fogo que os guiava durante a noite, o Senhor promete ser conosco se confiarmos em Sua provisão. Ele deseja nos salvar e salvar a nossa família. Há um desejo ardente de Deus por salvar o nosso lar! E para isso, precisamos buscar a santificação, deixando para trás tudo aquilo que pode se tornar em pedra de tropeço durante a caminhada. Deus está disposto a caminhar conosco “de dia e de noite” (v.21). Aceite a Sua companhia e Ele, o “Senhor, seu Deus, naquele dia… salvará [você e sua família], como ao rebanho do Seu povo; porque [vocês] são pedras de uma coroa e resplandecem na terra dEle” (Zc.9:16).

Bom dia, famílias que caminham com o Senhor!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Êxodo13 #RPSP

Comentários em áudio:
https://www.youtube.com/user/nanayuri100
https://www.youtube.com/channel/UCzzqtmGdF4UqBopc6CRiqLA


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: