Reavivados por Sua Palavra


I TIMÓTEO 6 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
9 de agosto de 2018, 0:20
Filed under: Sem categoria

Ensina outra doutrina. Certos mestres em Éfeso afirmavam que, como o escravo convertido estava liberto do pecado por meio de Cristo, ele também estava liberto de suas obrigações para com o um senhor terrestre. Esse ensinamento, assim como outros conceitos pervertidos, trouxe consequências para a igreja nascente (ver 1T:3-7) e despertou a firme condenação do apóstolo. CBASD  – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 7, p. 328.

Piedade. Ver com. de 1Tm 2:2. Se o ensino religioso não produz vidas piedosas, condena-se a si mesmo. O valor de toda instrução espiritual é medido pelo grau de saúde espiritual que seus seguidores desfrutam. CBASD, vol. 7, p. 328.

Fonte de lucro. Sempre tem havido pessoas que relacionam os bens materiais à saúde espiritual. No entanto, o exemplo de nosso Senhor e dos discípulos deve eliminar toda ideia de que os justos sõ também necessariamente os mais prósperos em bens materiais. CBASD, vol. 7, p. 329.

9 Ricos. Aqueles que se esforçam para enriquecer alimentam dentro de si um fogo de paixões que acabará por destruir as qualidades mais elevadas do coração. É impossível servir simultaneamente a Deus e às riquezas (ver com. de Mt 6:4). CBASD, vol. 7, p. 330.

Caem. A paixão pelas riquezas apresenta uma diversidade ilimitada de tentações para comprometer os princípios (ver com. de Tg 1:12-15). CBASD, vol. 7, p. 330.

Insensatas. Ou, “imprudentes”, “irrazoáveis”. Apesar das razões que as pessoas dão para sua corrida desenfreada pelas riquezas, poucas se provam razoáveis quando a saúde falha ou quando a morte se aproxima. Para se adquirir riqueza, há o perigo de negligenciar assuntos prioritários. Os deveres cristãos diários, que requerem tempo e atenção pessoal, inevitavelmente serão reduzidos a um mínimo. CBASD, vol. 7, p. 330.

Afogam. O desejo de riquezas, por sua própria natureza, é uma ameaça à vida e à saúde do espírito. CBASD, vol. 7, p. 330.

10 Amor. Paulo faz distinção entre o amor às riquezas e a simples aquisição delas, que podem ser dons de Deus para os cristãos dignos de confiança. CBASD, vol. 7, p. 331.

Raiz de todos os males. Paulo afasta a cortina que com frequência oculta as motivações humanas, pois muitos, pelas riquezas, sacrificam a honra, a amizade e a saúde. A raiz principal do amor ao dinheiro é a causa de muitas desgraças deste mudo. CBASD, vol. 7, p. 331.

14 Mandato. Na análise final, o testemunho cristão dos méritos supremos do modo de vida indicado por Deus constitui a exortação de Paulo. CBASD, vol. 7, p. 332.

16 Imortalidade. Ou seja, só Deus possui vida eterna inerente. Todos os seres criados são mortais e devem cumprir certas condições, para que sua vida continue (ver com. de 1Co 15:54). Alguns comentaristas creem que o apóstolo pode ter usado a palavra “único”como uma reprovação implícita à tendência oriental de divinizar o imperador, mesmo antes de sua morte (ver p. 792). CBASD, vol. 7, p. 333.

17 Ricos. Nos v. 5 a 10, Paulo adverte acerca dos mortais perigos espirituais que têm que enfrentar os que desejam enriquecer, ou procuram uma segurança exclusivamente material. CBASD, vol. 7, p. 333.

20 Contradições. Paulo sabia que a pureza da mensagem evangélica dependeria da fidelidade da geração seguinte de obreiros, representada pelo jovem Timóteo. CBASD, vol. 7, p. 334.

Evitando os falatórios inúteis. Isto é, deixando de lado as conversas levianas e fúteis. Uma maneira de preservar a pureza e o poder do evangelho consiste em evitar os temas triviais e usar o tempo para ensinar a verdade sem discutir irrelevâncias. CBASD, vol. 7, p. 334.

Saber. Do gr. gnosis, “conhecimento”. Acredita-se que Paulo alude aos ensinamentos similares aos que mais tarde surgiram e adquiriram um desenvolvimento mis pleno entre os gnósticos (ver vol. 6, p. 40-45). CBASD, vol. 7, p. 335.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: