Reavivados por Sua Palavra


I TIMÓTEO 5 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
8 de agosto de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

I TIMÓTEO 5 – Baseando-se na revelação de Deus, o líder espiritual jovem tem alguns desafios:

“Timóteo devia ‘exortar’ os homens idosos como um filho apela para o pai que erra; e tratar os jovens como irmãos, como parte de sua própria família […]. O jovem pastor, recém-saído do seminário e se defronta com um grupo de cidadãos mais velhos, pelos quais deve labutar, constitui um exemplo clássico de risco em potencial. O zelo da juventude e a cultura livresca muitas vezes colidem frontalmente com a experiência das pessoas mais velhas” (Donald H. Thomas).

1. As pessoas que erram têm dificuldades de receber repreensões; se forem mais velhas ou se acharem mais expertas, influentes e poderosas que o pastor, pior será. Contudo, o líder espiritual deve mostrar o erro com amor e bondade apesar dos possíveis resultados negativos (vs. 1-2).

• Saber discernir quem precisa de ajuda e quem apenas deseja explorar dentro da igreja é essencial na administração eclesiástica. “O amor cristão, moldado por genuíno respeito, resulta em pureza de pensamento, palavra e ação. Tratando a mulheres idosas como a mães, e as mais novas como irmãs, Timóteo estaria preservando os limites da respeitabilidade cristã. Nada prejudica tanto a natureza sagrada do ministério evangélico como os dirigentes cristãos que não resistem às ciladas morais planejadas pelo inimigo das almas. O padrão do relacionamento e da conduta é ‘com toda a pureza’” (Thomas).

2. Como família, a igreja precisa cuidar das viúvas verdadeiramente necessitadas, não engordar aproveitadores (vs. 3-16).

• “Os pastores e anciãos que [cuidam bem da igreja], dedicando-se a pregar e ensinar a ‘Palavra e doutrina’, são ‘dignos de duplicada honra…, merecem especial consideração por sua fidelidade na proclamação do evangelho e no atendimento das necessidades específicas da congregação” (Thomas).

3. Timóteo recebeu valiosas orientações inspiradas, escritas por Paulo, as quais deveriam ser devidamente seguidas para a prosperidade da igreja em todas as épocas. Inclusive, há orientações para lidar com líderes religiosos faltosos, pois ninguém é perfeito ou impecável (vs. 17-20).

4. Há, também, orientações sobre ordenação de anciãos, cuidado com a saúde, e informações sobre o juízo vindouro, tudo deve ser devidamente considerado pelos pastores ao começarem seu ministério (vs. 21-25).

Sintetizando: Cristianismo é amar, e amar significa cuidar uns dos outros!

“Senhor, reaviva-nos!” – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: