Reavivados por Sua Palavra


SALMO 142 #RPSP COMENTÁRIO ROSANA BARROS by Ivan Barros
22 de março de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Atende o meu clamor, pois me vejo muito fraco. Livra-me dos meus perseguidores, porque são mais fortes do que eu” (v. 6).


No mais interior de uma caverna um homem clama quando percebe que seu perseguidor feroz está a alguns passos de encontrá-lo. Na escuridão daquele lugar, Davi se arrisca a dar alguns passos em direção a Saul. Seu coração bate tão forte que é capaz de quebrar o silêncio da noite. Ele não diz nada, simplesmente corta um pedaço da veste do rei e retorna a passos vacilantes com a consciência pesarosa pelo que acabara de fazer. (Você pode ler o relato completo em I Samuel 24).

Davi estava refugiado no fundo de uma caverna e tinha por companhia um pequeno exército que a Bíblia chama de os valentes de Davi. Porém, ainda assim ele disse: “nenhum lugar de refúgio, ninguém que por mim se interesse” (v. 4). Ele sabia que se Saul o encontrasse não teria exército ou caverna alguma que pudesse livrá-lo de sua fúria. O seu único refúgio era o SENHOR (v. 5).

Em quem ou em que você deposita a sua confiança? Sabem porquê Davi se considerou “muito fraco”? Porque ele sabia que a sua luta não era contra os inimigos em si, mas contra as forças do mal que os governava. Davi sabia que “a nossa luta não é contra o sangue e a carne [pessoas], e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal” (Efésios 6:12). A nossa batalha não é de uns contra os outros, mas Satanás move toda a sua hoste maligna para destruir o máximo de vidas possível. Se nos consideramos fortes, grande é a queda; mas mediante o reconhecimento de nossa fraqueza, é que Deus nos torna fortes (II Coríntios 12:10).

Se fincarmos a âncora da confiança em nós mesmos, em outros ou em coisas, mais cedo ou mais tarde descobriremos que já estamos em meio às águas turbulentas quase a naufragar. Contudo, se a nossa confiança estiver firmada no SENHOR, descobriremos como Davi e como Daniel que o SENHOR dos Exércitos é Quem luta por nós: “e ninguém há que esteja ao meu lado contra aqueles, a não ser Miguel, vosso príncipe” (Daniel 10:21).

Miguel, ou seja, Jesus, já venceu a batalha no princípio (Apocalipse 12:7-9), venceu na cruz (João 12:31) e voltará “vencendo para vencer” (Apocalipse 6:2)! Ao lado dEle “somos mais que vencedores” e “nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados… nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 8:37-39). Se a nossa atitude for perseverante neste sentido: “Derramo sobre Ele a minha queixa, à Sua presença exponho a minha tribulação” (v. 2); Deus sempre nos livrará do cárcere e a nossa vida será um constante louvor em testemunho a todos ao nosso redor (v. 7). Basta orar, confiar e nEle esperar!

Bom dia, refugiados no SENHOR!

Desafio do dia: Em forma de oração, escreva tudo aquilo que lhe aflige. Exponha perante Ele a sua tribulação e coloque este papel dobrado em uma “caverna” fictícia, no fundo de uma gaveta, por exemplo. Então, continue a orar e a confiar no agir de Deus.

Rosana Garcia Barros

#primeiroDeus    #Salmo142

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: