Reavivados por Sua Palavra


I CRÔNICAS 15 by jquimelli
30 de setembro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: httpS://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/1cr/15

Depois de três meses, Davi convocou “todo o Israel” para levar a Arca para casa. Dessa vez, foi transportada adequadamente – levada pelos sacerdotes. Dessa vez o povo levou Deus a sério, não desconsideraram Suas instruções.

Oh, mas que alegria! Que música! Canto e instrumentos e dança! Até o rei, pulando e cantando como um jovem! Eu gostaria que hoje servíssemos a Deus com tamanha alegria! Afinal, “a alegria do Senhor é a nossa força!” (Neemias 8:10) – o que deveria nos ajudar a ver que mesmo quando nos arrependemos por termos “cometido um erro” ou mesmo quando estamos “levando Deus a sério” , ainda podemos ser cristãos felizes.

Nos é dito que devemos “nos arrepender continuamente”, o que nos leva a pensar sobre a natureza do arrependimento. Quando estamos conscientes de que nos afastamos do que é correto, ou estamos planejando cometer alguma rebelião, é claro que precisamos reconhecer o erro e abandoná-lo! Mas se “a alegria do Senhor é a nossa força”, então certamente o arrependimento contínuo é uma mudança contínua em direção a Deus … não permitindo que pecados, decepções ou frustrações nos afastem dEle, e, por outro lado, que bênçãos nos distraiam dEle … mas sempre vivendo na luz e alegria do Seu amor!

Virginia Davidson
Artista de vitrais
Igreja Adventista do Sétimo Dia de Spokane Valley
Washington EUA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=599
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I CRÔNICAS 15 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
30 de setembro de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 15 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ  by Maria Eduarda
30 de setembro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Reavivamento espiritual é tudo que o precisamos nos dias atuais da história do cristianismo. Assim, a reforma também virá.

· O sucesso em nossas atividades religiosas, eclesiásticas e missionárias só será verdadeiramente real se nossa religião for muito mais que meras formalidades, exibicionismos e declarações.

“Os cristãos devem estar-se preparando para aquilo que logo irá cair sobre o mundo como terrível surpresa, e esta preparação deve ser feita mediante diligente estudo da Palavra de Deus e pelo levar a vida em conformidade com seus preceitos. As tremendas questões de eternidade demandam de nossa parte algo mais que uma religião de pensamento, uma religião de palavras e formas, onde a verdade é mantida no recinto exterior. Deus pede um reavivamento e uma reforma” (Ellen G. White).

Esta é a segunda tentativa de Davi trazer a arca da aliança para Jerusalém. Temos muito a aprender deste sucesso; pois antes, na primeira vez, houve morte fulminante, resultando num terrível fracasso diante de uma tentativa cujo objetivo era positivo. Outrora, não houve preparo espiritual. Davi havia apenas consultado o povo, não a Deus ou Sua Palavra.

Agora, “desta vez, Davi preparou-se com os levitas, que eram os servos escolhidos por Deus para cuidar da arca” (Robert L. Sawyer). Reflita:

· É preciso preparar-se devidamente para fazer o que é certo; não é correto fazer a vontade de Deus impulsivamente. É necessário agir baseando-se na revelação divina. Toda decisão de todo crente deve ser pautada pela Palavra revelada (vs. 1-2).

· Parece que nós temos grande déficit de concentração nas orientações sagradas, assim é imprescindível que soframos as consequências de nossos erros para que aprendamos a orientar-nos pela Palavra de Deus (vs. 3-13).

· Quando humildemente aprendemos a dura lição outrora não praticada, passamos a fazer tudo com zelo, respeito e reverência; mas, sem perder a alegria, a empolgação e a satisfação de estar servindo a Deus (vs. 14-29).

Há quem declare que religião verdadeiramente bíblica é desprovida de emoção – pensamento do qual a Bíblia não coaduna. Nossa razão deve levar-nos a harmonizar nossas atitudes com a revelação, e a prática da vontade de Deus resultará em indescritível satisfação (Filipenses 4:4-9; I Pedro 1:1-9; Tiago 1:2-3; Mateus 5:3-12).

· Quer ser feliz? Ignore meras opiniões, fixe-se na Bíblia… e, pratique-a!

Reavivemo-nos!



1CRÔNICAS 15 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
30 de setembro de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Santificaram-se, pois, os sacerdotes e levitas, para fazerem subir a arca do Senhor, Deus de Israel” (v.14).

A bênção de Deus na casa de Obede-Edom alegrou sobremodo o coração de Davi, e o fez perceber que o seu procedimento anterior não estava de acordo “como Moisés tinha ordenado, segundo a palavra do Senhor” (v.15). Davi não havia consultado a Deus no transporte da arca, como havia feito antes de guerrear contra os filisteus. Por mais que as suas intenções fossem sinceras, deixou de cumprir o “assim diz o Senhor”. A diferença entre a sua atitude precipitada e a atitude de Saul com seus sacrifícios abomináveis (1Sm.15:22), estava no tipo de solo do coração.

Saul permitiu que seu coração se tornasse um solo pedregoso. Já Davi permitiu que Deus lhe conservasse um coração de carne, onde as correntes de Sua bondade pudessem penetrar e conduzi-lo ao arrependimento (Rm.2:4). Davi reconhecia o seu erro e procurava fazer o que era correto. E ao chamar os levitas para transportar a arca da aliança, a sua primeira ordem a eles foi: “Santificai-vos” (v.12).

Na primeira vez, não haviam buscado o Senhor conforme ordenado. Portanto, precisavam fazer tudo “segundo a palavra do Senhor” (v.15). Os levitas foram separados por Deus para desempenhar funções específicas no templo, e para isso deveriam santificar-se, ou seja, separar-se de tudo aquilo que pudesse tornar comum o que Deus havia declarado como sendo sagrado. E ao som de instrumentos, de vozes de canto e “com alegria” (v.25), Davi “e todo o Israel” (v.28) fizeram subir a arca do Senhor à Jerusalém. Exceto Mical, filha de Saul e esposa de Davi, que vendo “Davi dançando e folgando, o desprezou no seu coração” (v.29). 

Enquanto sua esposa insatisfeita e desprovida da alegria celeste lançava sobre ele olhar de reprovação, Davi se alegrava no Senhor. Como seu pai, Mical estava fechando o coração para enxergar a bondade de Deus, e o seu desprezo endureceu o seu coração. Para ela, aquela atitude de Davi não era adequada a um rei. Diante da Palavra de Deus e de tudo aquilo que Ele separou como sagrado deve haver alegria e júbilo. Davi escolheu adorar do chão para o Céu. Mical escolheu julgar da janela para o chão.

Temos buscado diariamente a santificação por meio do que Jesus orou: “Santifica-os na verdade; a Tua Palavra é a verdade” (Jo.17:17). E através desta busca, nos é dada a oportunidade do hoje e a possibilidade do amanhã. Portanto: “Hoje, se ouvirdes a Sua voz, não endureçais o vosso coração” (Hb.3:15). Com júbilo e com alegria, receba em seu coração a Palavra do Senhor! E se achar que está com o coração endurecido, Deus tem uma linda obra para realizar em você: “tirarei da sua carne o coração de pedra e lhes darei coração de carne” (Ez.11:19). Santifiquemo-nos, vigiemos e oremos!

Bom dia, santos de Deus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Crônicas15 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



I CRÔNICAS 15 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
30 de setembro de 2019, 0:10
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 15 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
30 de setembro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

971 palavras

1 Uma tenda. Por séculos, o santuário de Israel foi uma estrutura portátil (2Sm 7:6-7). Bíblia de Estudo Andrews.

Davi não trouxe o tabernáculo original de Moisés a Jerusalém. Continuou [este] em Gibeom, onde Deus, depois, apareceu a Salomão. Bíblia Shedd.

5 Os filhos de Levi, segundo a ordem de nascimento foram Gérson, Coate e Merari (Gn 44.11; Êx 6.16). Os coatitas, de quem provinha a família sacerdotal araônica, tinham primazia em tudo. Foi-lhes entregue, especialmente, guarda da arca e seu transporte. Assim, quatro dos seis guardas eram coatitas. Bíblia Shedd.

11 Zadoque e Abiatar. Esses eram os dois sumo sacerdotes durante o governo de Davi. Zadoque servia no tabernáculo, em Gibeão (16.39), e Abiatar servia em Jerusalém (18.16; 27.34 e notas). Posteriormente, Salomão excluiu Abiatar, por este haver apoiado a tentativa de Adonias em apossar-se do trono (1Rs 1.7; 2.26-27). Isso deixou Zadoque e seus descendentes como sendo a família sumo sacerdotal em Jerusalém. Bíblia de Genebra.

12 Santificai-vos. Como a arca era um objeto sagrado, manuseá-la exigia um ritual de consagração (Js 3:5, 6). Bíblia de Estudo Andrews.

Consistia de: 1) Não ter relações com suas esposas; 2) Não tocar em coisas naturalmente imundas (como cadáveres de pessoas e animais); 3) Lavar o corpo; 4) Lavar as roupas (Êx 19.10, 15; 2 Cr 30.3). Bíblia Shedd.

Embora não nos seja requerido efetuar esta cerimônia nos dias atuais, podemos purificar a nós mesmos pela leitura da Palavra de Deus e preparar nossos corações para participar no louvor. Life Application Study Bible Kingsway.

13-15 O cronista fornece a explicação pelo fracasso na primeira tentativa de levar a arca, explicação que não se acha no relato em Samuel. Bíblia Shedd.

Quando a primeira tentativa de Davi de mover a arca falhou (13:8-14), ele aprendeu uma importante lição: quando Deus dá instruções, é sábio segui-las com precisão. Desta vez entendeu que os levitas deveriam levar a arca (Nm 4:5-15). Nós podemos não entender perfeitamente as razões por detrás das instruções divinas, mas sabemos que sua sabedoria é completa e Seu julgamento, infalível. O caminho para conhecer as instruções de Deus é conhecer Sua Palavra. Mas do mesmo modo como as crianças não entendem as razões por detrás das instruções de seus pais até quando se tornam mais velhos, podemos não entender todas as razões de Deus nesta vida. É muito melhor primeiro obedecer a Deus e então depois descobrir as razões. Não somos livres para desobedecer às ordens de Deus somente porque não entendemos. Life Application Study Bible Kingsway.

16 Davi deu grande ênfase à música no culto divino. Davi providenciou cantores e acompanhamento musical a partir de quando a arca fora trazida para Jerusalém. Cânticos faziam parte das cerimônias religiosas (Êx 15.21; Jz 5.1; 1 Cr 13.8). É o primeiro lugar onde onde os levitas ficam encarregados da música nos cultos. Bíblia Shedd.

Interesse pela música na adoração se evidencia em Crônicas: ver 1 Cr 6.31-47; … . Essa ênfase, sem dúvida, estava relacionada à preocupação pela restauração da adoração apropriada no período do retorno da Babilônia (6.1 e nota). Bíblia de Genebra.

O grande cortejo musical foi concebido como um acompanhamento digno da grande ocasião. Isso aumentou a emoção, elevou o coração e a mente das pessoas e concentrou sua atenção no evento. Também ajudou a selar sua memória nos próximos anos. Iniciar qualquer tarefa louvando a Deus pode nos inspirar a dar a Ele o nosso melhor. Desenvolva a prática de louvar a Deus e você experimentará maior alegria e força para enfrentar qualquer coisa. Life Application Study Bible Kingsway.

Címbalos. Lit “causadores de ruído”; assinalavam o ritmo com altos e claros sons. Bíblia Shedd.

20 Soprano. A mesma palavra usada para “virgem”, no heb alemah. Por isso alguns acreditam que era um coro de virgens [jovens não casadas]. Ver título do salmo 46; 68.25. Bíblia Shedd.

23, 24 Quatro porteiros da arca: Berequias, Elcana, Obede-Edom e Jeías. Protegiam a abertura da arca, para que não fosse aberta [nem tocada]. Bíblia Shedd.

Eles guardavam a arca para que ninguém se aproximasse dela sem autorização. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 3, p. 166.

25 Nessa ocasião, parece que o salmo 24 foi escrito e musicado. Nos lembra da entrada triunfal de Cristo em Jerusalém e pode ser comparada com Sua recepção em nossos corações. Bíblia Shedd.

27 As vestes que [Davi] vestira eram dos sacerdotes e levitas, e deveria tornar-se nosso rei-sacerdote (Zc 6.12, 13). … Evidentemente, Davi despiu seus trajes reais e vestiu a veste de um servo do Senhor num ato de homenagem ao Senhor, que habitava entre os serafins da arca. Bíblia Shedd.

Estola. No heb. ephod. Davi parece ter tirado sua capa real; notar a reação de Mical (29 e 2 Sm 6.20). Bíblia Shedd.

28 ao som de clarins. Feitos de chifres de carneiro (shofar). Bíblia de Estudo Andrews.

29 Mical. A filha de Saul, casada com Davi. A atitude dela contrasta com o júbilo de Davi (ver história completa em 2Sm 6:20-23 e notas). Bíblia de Estudo Andrews.

A atenção se desvia aqui para o coração endurecido da filha de Saul. Fazendo contraste com o povo de Israel, com os levitas e com Davi, Mical ficou desgostosa diante da adoração entusiasmada. A sarcástica reprimenda de Mical (2Sm 6.20) não é aqui repetida, talvez para evitar lançar qualquer dúvida sobre a pureza da adoração de Davi. Bíblia de Genebra.

Davi estava disposto a parecer tolo aos olhos de algumas pessoas, a fim de expressar sua gratidão a Deus plena e honestamente. Em contraste, Mical ficou tão enojado com suas ações que a seus olhos eram indignas que ela não pôde se alegrar com o retorno da arca a Jerusalém. A adoração deteriorou-se tanto sob o reinado de seu pai, Saul, que tornou-se rígida e ritualística. Mical podia aceitar Davi como conquistador militar e como rei, mas ela não podia aceitar sua expressão livre e espontânea de louvor a Deus. Algumas pessoas devotadas podem parecer tolas para nós em suas sinceras expressões de adoração, mas devemos aceitá-las. Da mesma forma, não devemos ter medo de adorar a Deus com quaisquer expressões que pareçam adequadas. Life Application Study Bible Kingsway.




%d blogueiros gostam disto: