Reavivados por Sua Palavra


I CRÔNICAS 10 by jquimelli
25 de setembro de 2019, 1:00
Filed under: Sem categoria

Texto bíblico: http://pesquisa.biblia.com.br/pt-BR/NVI/1cr/10

Que fim violento para um homem violento! Saul cometeu muitos erros ao longo de sua vida e enquanto rei, mas o maior foi a deficiência em seu relacionamento com Deus. Ele se recusou a ouvir a liderança de Deus várias vezes e, em vez disso, recorreu ao próprio Satanás para obter orientação. Voltar-se para um médium foi dar um tapa na cara de Deus. Deus havia continuamente oferecido proteção e conselhos a Saul, mas Saul deu as costas a Deus e pediu ajuda ao inimigo. Ficou claro que Saul não concordava com Deus e isso o levou a uma morte violenta, trágica e prematura. Saul havia rejeitado continuamente a voz de Deus em sua mente e, quando chegou a hora de seus momentos finais, ele não conseguiu mais encontrar a voz de Deus.

Se seguimos o caminho para desprezar a voz de Deus em nossa mente quando não concordamos com o que Ele diz, será mais difícil ouvir a Sua voz quando quisermos ouvi-la.

Solana Campbell
Estudante da escola de ensino médio Great Lakes Adventist Academy
Michigan, USA

Fonte: https://www.revivalandreformation.org/?id=594
Equipe de tradução: Pr. Jobson Santos, Jeferson e Gisele Quimelli



I CRÔNICAS 10 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. ADOLFO SUÁREZ by Maria Eduarda
25 de setembro de 2019, 0:55
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 10 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
25 de setembro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Quando Deus não governa nossa vida, o pecado inescrupulosamente tomará conta dela por completo. O pecado arruína mais que o pior que podemos imaginar.

Ao examinar as Escrituras atentamente pode-se confirmar devidamente as palavras de Jesus em João 5:39, que elas (Antigo Testamento) testemunham dEle. Jesus antecede às Escrituras, as quais foram reveladas visando conduzir a humanidade a Ele.

A Bíblia apresenta Deus guiando um povo do qual nasceria Seu Filho que morreria pelo mundo. “Os dez últimos versículos do capítulo 9, praticamente iguais a 8:29-40, descrevem a linhagem de Saul e preparam o cenário para a seção histórica de 1Crônicas (10-29)” (William MacDonald).

“O cronista usa a derrocada de Saul e seus filhos como trampolim para introduzir o verdadeiro rei do Senhor, Davi” (Merrill F. Unger). Davi se torna o antecessor do Messias no lugar de Saul. Tendo em vista reis imperfeitos, espera-se um rei perfeito: Jesus!

Temos muitas lições para extrair deste capítulo:

• Quando deixamos de viver o ideal de Deus damos motivos para os inimigos da verdade pensarem que estão certos.

• Quando os pais fazem parte do povo de Deus, sem, contudo, viver para este Deus, certamente arruinará sua família.

• Quando o pecado ocupa espaço em nossa vida não sobra espaço para Deus, assim a destruição será nosso destino em vez de nossa restauração.

Deus escolheu um rei segundo o coração do povo: Saul – orgulhoso, arrogante e incorrigível. Como este falhou terrivelmente, Deus escolheu outro rei, desta vez, um homem segundo o Seu coração – humilde, submisso, corrigível, embora imperfeito: Davi.

Avançando mais no sentido do texto inspirado, note dois pontos importantes:

• A vida de Saul foi longa; no tobogã por onde desceu deixou muitas histórias; porém, como crônicas resume tudo em 14 versículos? Uma história sintetizada? Creio mais que seja uma história detalhada, não da vida, mas da morte de Saul.

• Os dois últimos versículos do capítulo possuem informações exclusivas. O cronista interpreta a morte de Saul e explica a razão de Deus ter trocado sua linhagem pela de Davi.

Deus nunca falou diretamente com Saul, mas este não percebeu que Deus falava a ele através de pessoas. Ao ignorar a Deus, o pecador afunda-se nos mais desvairados pecados.

Ouça a Palavra de Deus, independente dEle te falar indiretamente!



1Crônicas 10 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
25 de setembro de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Assim, morreram Saul e seus três filhos; e toda a sua casa pereceu juntamente com ele” (v.6).

Iniciamos agora uma recapitulação da história de Israel e de Judá. E vocês perceberão que não se trata de ler a mesma coisa, mas de fazer novas descobertas. O capítulo dez relata não somente a morte de Saul, mas a destruição de toda a sua casa. Saul enterrou consigo toda e qualquer possibilidade de seu nome permanecer no trono de Israel. Já vimos que o pecado tem o poder destrutivo de atingir até pessoas inocentes. Se assim não fosse, não veríamos tantas injustiças no mundo.

Como sacerdote do lar, o homem tem nas mãos a maior das responsabilidades: conduzir a sua família com hombridade. O mundo precisa de homens que olhem para seus filhos como joias e que sejam cooperadores de Deus, junto com a esposa, na obra de lapidá-los para a eternidade. O mundo precisa de homens que amem suas esposas “como também Cristo amou a igreja e a Si mesmo Se entregou por ela” (Ef.5:25). O mundo necessita de homens [filhos] que obedeçam a seus “pais no Senhor, pois isto é justo” (Ef.6:1). O mundo precisa de homens que busquem o caráter à semelhança de Cristo, “o Homem” (Jo.19:5).

Mas, infelizmente, a nossa realidade tem revelado uma sociedade repleta de homens que têm cavado a própria cova e de sua família; homens que não temem a Deus e nem tampouco se importam com as consequências de seus atos. E por causa disso, o maior vilão do homem tem sido o próprio homem. É raro alguém sair de casa com medo de ser atacado por um animal ou de ser atingido por um raio. A realidade é que a maioria absoluta sai de casa com medo das ações humanas que estão cada vez piores e cada vez mais imprevisíveis.

O suicídio de Saul foi um reflexo do valor que ele dava à sua vida e de sua família: nenhum. E o que fizeram com o seu corpo descreve bem os seus últimos anos de vida. Saul perdeu a cabeça ao não dar ouvidos à Palavra de Deus e ao consultar uma necromante. Ao fechar por completo o coração aos apelos divinos e ao dom gratuito de Deus, a consequência de sua insanidade foi a morte. A morte eterna é o contracheque de todo aquele que prefere dar ouvidos aos outros “e não ao Senhor” (v.14). Saul se lançou sobre a sua espada para acabar com a própria vida, ao invés de se lançar sobre a espada do Espírito para adquirir a vida (Ef.6:17). Ele não conservou a fidelidade ao Senhor e sua coroa foi transferida para Davi (v.14).

Longe de Deus corremos o mesmo risco. Saul pecou quando abandonou o “assim diz o Senhor” para dar crédito à voz de seu enganoso coração. Deixou de depender de Deus para alimentar o ego de que estava ali porque merecia. Precisamos conservar a nossa fidelidade ao Senhor, conforme está escrito: “Conserva o que tens, para que ninguém tome a tua coroa” (Ap.3:11). Amados, todos nós, homens e mulheres, temos um dever, e é este: “Teme a Deus e guarda os Seus mandamentos; porque isto é dever de todo homem” (Ec.12:13).

Apesar da mensagem de hoje ter sido mais direcionada ao sexo masculino devido ao contexto do capítulo, todos precisamos ter a consciência exata da importância de assumirmos com fidelidade o posto de nosso dever. Disto depende a salvação de nossa casa, firme e bem estabelecida sobre o rochedo das palavras de Cristo. Como escreveu Ellen White: “Aquele que vive o cristianismo no lar, será em toda parte uma luz resplandecente” (A Fé Pela Qual Eu Vivo, p.278). Vigiemos e oremos!

Bom dia, salvos em Cristo!

*Deixe nos comentários o seu agradecimento ou pedido de oração. #euoroporvocê

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #1Crônicas10 #RPSP

Comentário em áudio: youtube.com/user/nanayuri100



I CRÔNICAS 10 – VÍDEO COMENTÁRIO PR. RONALDO DE OLIVEIRA by Maria Eduarda
25 de setembro de 2019, 0:10
Filed under: Sem categoria



I CRÔNICAS 10 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
25 de setembro de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

584 palavras

1-14 Em contraste aos quase 10 capítulos dedicados ao reinado de Saul em I Samuel, I Crônicas tem somente um, registrando sua morte  (Andrews Study Bible).

1 I Crônicas se inicia com a morte do primeiro rei de Israel, Saul; sobre este reinado, leia I Samuel. Life Application Study Bible.

4 incircuncisos. Uma referência depreciativa comum repetidamente utilizada em I Samuel.  (Andrews Study Bible).

se lançou sobre ela. Para escapar de mutilação e uma vida de humilhação, Saul e seu escudeiro cometeram suicídio (ver Jz 9:54; 16:30; 2Sm 17.23)  (Andrews Study Bible).

6 toda a sua casa pereceu. Esta declaração não tem o objetivo de transmitir a idéia de que não houve sobreviventes da descendência de Saul, pois Isbosete sobreviveu (2Sm 2:8). Em vez disso, o objetivo parece ser indicar que sua ruína foi completa. A família de Saul não mais subiria ao poder (CBASD – Comentário Bíblico Adventista do 7º dia, vol. 3. p. 152).

10 no templo de seu deus. “Templo de Astarote” (1Sm 31:10). Astarote era o correspondente cananeu da deusa Ishtar, dos mesopotâmios. Ela era a deusa do sexo e da guerra (CBASD, vol. 3. p. 152).

11 Jabes de Gileade. Continuavam leais a Saul, desde quando os livrara, havia já, quase quarenta anos passados (1 Sm 11.1-11) (Bíblia Shedd).

11, 12 As ações dos valentes guerreiros que recuperaram e enterraram os corpos do rei Saul e seus filhos nos encoraja a respeitarmos nossos líderes dados por Deus. Davi mostrou respeito pela posição de Saul, mesmo quando Saul procurava matá-lo (I samuel 26). Como é fácil ser critico a respeito dos que tem autoridade sobre nós, focando apenas suas fraquezas. Não podemos desculpar o pecado, mas devemos respeitar as posições daqueles em posição de autoridade, seja no trabalho, na igreja ou no governo. I Tess 5:12, 13 fornece instruções a honrar os líderes da igreja. Romanos 13:1 e seguintes fornece instruções de relacionamento com líderes do governo. Life Application Study Bible.

13 consultara uma necromante. A infidelidade de Saul a Deus o levou a procurar médiuns. Isto era proibido em Israel (Deut. 19:9-14)  (Andrews Study Bible).

13,14 Estes versículos não têm nenhum paralelo no relato de Samuel; foram acrescentados pelo cronista, em consonância com seu tema do castigo imediato. […] Consultar médiuns era proibido (Dt 18.9-14) e levou à morte de Saul  (Bíblia de Estudo NVI).

Os que tentam “falar com os mortos” estão lidando com o reino demoníaco,  o que constitui, segundo a Bíblia, desobediência e infidelidade. Aqueles que se interessam pelo sobrenatural deveriam buscar a Deus por meio de oração e de Sua Palavra. Bíblia NVI Evangelismo em Ação. 

A infidelidade de Saul foi tanto ativa como passiva; ele não apenas fez algo, mas também falhou em fazer o correto. Ele desobedeceu ativamente ao tentar assassinato, ignorando as instruções de Deus e ao buscar instruções de uma feiticeira. Ele desobedeceu passivamente ao negligenciar buscar a Deus por guia ao conduzir o reinado. A obediência, também, é tanto passiva como ativa. Não é suficiente apenas evitar o erro, mas precisamos perseguir ativamente o que é o correto. Life Application Study Bible.

14 E não ao Senhor. Antes de consultar a necromante de En-Dor, Saul se esforçou para conseguir uma resposta de Deus, mas não conseguiu (1Sm 28.6). Se ele tivesse se arrependido de fato, buscado o Senhor com humildade e contrição, Deus o teria ouvido. O fato de ele ter buscado uma médium que representava o maligno indica claramente o quanto Saul tinha se afastado de Deus. A Davi. Com estas palavras, faz-se a transição da história antiga do povo de Deus para o rei Davi. A dinastia de Davi é o tema do restante do livro das Crônicas (CBASD, vol. 3. p. 153).




%d blogueiros gostam disto: