Reavivados por Sua Palavra


2 REIS 21 – COMENTÁRIO PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
11 de setembro de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Assim como existem ateus bons, existem crentes em Deus que são maus. Contudo, Deus é sempre bom com cristãos, pagãos, crentes e incrédulos. Seu alvo é salvar a todos, independente de quão pecaminoso sejamos.

“A história está eivada de homens maus. Os anais da História estão repletos de homens que deixaram um rastro sombrio na nossa lembrança: Homens facínoras, assassinos, monstros bestiais, pervertidos celerados e déspotas sanguinários. Os arquivos da História foram manchados por homens incendiários como Nero, traidores como Judas, perversos como Adolf Hitler, truculentos como Mao Tsé Tung”.

Após relembrar a hediondez dos históricos atos humanos, Hernandes Dias Lopes declarou: “Talvez nenhum desses homens tenha excedido em perversidade a Manassés, o 13º rei de Judá, cujo reinado se estendeu em Jerusalém, por 55 anos, de 697 a 642 a.C.” Além de tantas coisas erradas, promíscuas e cruéis, ainda “ele matou os próprios filhos. Matou os filhos de outras pessoas. Ele mandou serrar ao meio o profeta Isaías”.

Você quer encontrar Manassés lá no Céu? Deus desejou tanto isso, que trabalhou muito pela conversão dele; até que, no final de sua vida, ele se rendeu ao Deus Salvador (II Crônicas 33). Agora, porém, analisemos o capítulo em apreço:

1. Lista de horríveis pecados cometidos por Manassés (vs. 1-9):
• Seguiu práticas que Deus abominava nos gentios;
• Desfez toda a reforma espiritual feita por Ezequias, seu pai;
• Adorou e serviu a todos os astros celestiais;
• Profanou os altares da casa de Deus;
• Praticou feitiçaria e envolveu-se com bruxaria e espíritas;
• Provocou ira a Deus;
• Substituiu a adoração verdadeira pela falsa, desviando o povo do Deus verdadeiro;
• Fez pior que as nações que Deus havia punido por meio de Israel.

2. Deus não cruzou os braços. Ele não permitiu que Satanás prevalecesse sobre Seu amado povo. Ele arregaçou as mangas e tomou providências para corrigir tamanha barbaridade (vs. 10-17).

3. Amom, filho de Manassés, não foi nada melhor que seu pai. Porém, após 2 anos, Josias reinou em seu lugar; e, este foi uma luz a brilhar em meio às densas trevas pecaminosas (vs. 19-26).

Por Deus, todos seriam salvos e vencedores neste nítido grande conflito entre o bem e o mal; entretanto, Ele respeita àqueles que preferem perder-se!

O que você prefere? – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: