Reavivados por Sua Palavra


JOSUÉ 16 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
3 de maio de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Assim, alcançaram a sua herança os filhos de José, Manassés e Efraim” (v.4).


De todos os filhos de Jacó, certamente José teve uma vida de destaque. Sendo o primogênito do amor entre Jacó e Raquel, era o filho amado de seu pai e isso não era segredo para ninguém. Tal predileção, no entanto, lhe custou caras provações e anos de afastamento do seio de sua família. Mas Deus provou ter propósitos grandiosos na vida de José, que seriam estendidos à sua descendência. As tribos de Manassés e Efraim eram herdeiras não apenas de terras, mas de um histórico familiar de admirável prestígio.

Antes de morrer, Jacó abençoou seus netos na presença de José. A Efraim, porém, ergueu a mão direita como sinal de uma bênção superior. Como o foi com ele e Esaú, seria com os filhos de José, o mais moço seria maior do que o mais velho (Gn.48:19). Mas esta era uma bênção condicional, caso dessem ouvidos ao Senhor. Um grave erro foi então cometido pelos filhos de Efraim, mantendo em seu território os “cananeus que habitavam em Gezer” (v.10). A respeito disto, o próprio Deus questionou: “Que é isso que fizestes?” (Jz.2:2).

O Senhor havia sido bem claro a Israel com relação às nações de Canaã: “totalmente as destruirás; não farás com elas aliança, nem terás piedade delas; nem contrairás matrimônio com os filhos dessas nações… pois elas fariam desviar teus filhos de Mim, para que servissem a outros deuses” (Dt.7:2-4). A desobediência a esta ordem divina causou muito sofrimento às gerações futuras. Sofrimento que poderia ter sido evitado se tão-somente tivessem confiado nas palavras de Deus.

Acostumados a julgar pelo que vemos, muitas vezes nos precipitamos pensando que estamos fazendo algo bom, quando, na verdade, estamos prejudicando não apenas a nós mesmos, mas também a nossa família. Ficar com os moradores de Gezer como escravos soava melhor do que o trabalho de livrar-se deles. Permitiram assim que os costumes pagãos daquele povo fossem infiltrados no meio do povo de Deus.

Hoje, corremos o mesmo risco, ou até pior. A tecnologia pode ser um instrumento a favor do evangelho pelo alcance que, de outra forma, não seria possível. Mas também pode ser uma arma letal quando utilizada visando fins egoístas. Estamos utilizando esta ferramenta para o avanço da obra de Deus, ou ela tem sido um mal incontido minando a cultura deste mundo dentro de nosso lar? Estamos tão perto de alcançar a herança prometida, amados! Seja esta a nossa oração: “A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei nEle” (Lm.3:24). Vigiemos e oremos!

Bom dia, herdeiros do Senhor!

Não esqueça do nosso desafio da semana. Ore e não desanime, e Deus lhe dará a vitória.

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Josué16 #RPSP

Comentário em áudio:
youtube.com/user/nanayuri100


1 Comentário so far
Deixe um comentário

Obrigada irmã

Deus abençoe

Comentário por Davi Rosa s




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: