Reavivados por Sua Palavra


DEUTERONÔMIO 10 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
24 de março de 2019, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Circuncidai, pois, o vosso coração e não mais endureçais a vossa cerviz” (v.16).


Segundo tudo quanto o Senhor havia escrito na “primeira escritura”, assim Ele escreveu nas segundas tábuas “os dez mandamentos” (v.4). Tendo lugar de honra dentro da arca no lugar Santíssimo, a Lei de Deus poderia até ser quebrada pelo homem, mas jamais perderia o seu vigor. Jesus mesmo afirmou: “até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra” (Mt.5:18). A Lei proclamada no Sinai é a mesma que permanece “no céu, [no] santuário do tabernáculo do Testemunho” (Ap.15:5).

“Agora, pois, ó Israel [de Deus dos últimos dias], que é que o Senhor requer de ti, [hoje]? Não é que temas ao Senhor, teu Deus”? (v.12) “Temei a Deus e dai-Lhe glória, pois é chegada a hora do Seu juízo” (Ap.14:7). Não é que “andes em todos os seus caminhos, e O ames, e sirvas ao Senhor, teu Deus”? (v.12) “Se Me amais, guardareis os Meus mandamentos” (Jo.14:15). Não é que guardes “os mandamentos do Senhor… para o teu bem?” (v.13). “Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus” (Ap.14:12).

Quando permitimos que o Espírito Santo retire de nosso coração a cobertura que nos impede de ouvir com clareza a voz de Deus e de conhecê-Lo como de fato Ele é, compreendemos que a Sua Lei nada mais é do que a transcrição do caráter de Cristo, que não fez acepção de pessoas, que não aceitou suborno (v.17), que fez “justiça ao órfão e à viúva”, que amou o estrangeiro e o cobriu e o alimentou (v.18) e que afirmou: “Se guardardes os Meus mandamentos, permanecereis no Meu amor; assim como também Eu tenho guardado os mandamentos de Meu Pai e no Seu amor permaneço” (Jo.15:10).

A circuncisão da carne era uma atitude externa, mas a circuncisão do coração simboliza a verdadeira obra de transformação que o Espírito Santo deseja realizar em nossa vida. Portanto, antes de qualquer reforma, deve haver o reavivamento. Se permitirmos que o Espírito Santo  realize esta boa obra em nós, ela será completada no Grande Dia do Senhor. Pois “a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito” (Pv.4:18). Que o Senhor nos ponha “como as estrelas dos céus em multidão” (v.22) rumo ao Lar eterno. Vigiemos e oremos!

Feliz semana, circuncidados de coração!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Deuteronômio10 #RPSP

Comentário em áudio:
https://www.youtube.com/user/nanayuri100


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: