Reavivados por Sua Palavra


DEUTERONÔMIO 1 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
15 de março de 2019, 0:45
Filed under: Sem categoria

Pregar sermão sobre Deuteronômio significa pregar sobre a pregação de Moisés. É pregar sermão de sermão.

“Este livro tem seu nome do grego Deuteronomion, que significa segunda lei, pois ele contém a repetição das leis anteriores. Inclui um relato do que passou no deserto do primeiro dia do décimo primeiro mês do quadragésimo ano após a partida dos israelitas do Egito, ao sétimo dia do segundo mês do mesmo, compondo no todo a história dos acontecimentos de exatamente cinco semanas” – analisa Adam Clarke.

Ele continua, “além de uma repetição das leis anteriores, este livro nos dá as mais belas ilustrações de cada uma, de modo que pode muito bem ser chamado um comentário espiritual sobre as leis de Moisés, e também um relato deste notabilíssimo homem, e todos os seus últimos discursos com o povo”.

Stanley A. Ellisen destaca: “O objetivo de Moisés ao escrever [este] livro ou a pronunciar os discursos era o de preparar a nova geração de Israel para viver em Canaã”. Para quem aguarda entrar na Canaã Celestial este livro é fundamental para ensinar princípios que visam preparar-nos para o Céu. Precisamos tanto dele como do Apocalipse!

O primeiro capítulo é o primeiro discurso de despedida de Moisés, o qual ensina-nos belíssimas verdades: PRECISAMOS:

• …cuidar para não cometer os mesmos erros de nossos pais;
• …aprender a olhar ao passado a fim de aprender com ele;
• …quebrar as tradições pecaminosas deixadas por nossos antepassados;
• …arrebentar com os exemplos espirituais negativos de ingratidão, incredulidade e rebeldia que se manifestam na petulância contra Deus;
• …amadurecer com os erros do passado e sermos melhores que nossos pais.

Deus cumpre Suas promessas, mas quer Seu povo confiante nEle. “A história acerca da estrada em Horebe vai de Êxodo 19 a Números 10.13. Agora Deus ordena que o povo vá para a Sua terra. É um momento grandioso em sua história, o cumprimento da promessa feita aos pais (8)” (D. A. Carson). Contudo, importa aprender com o passado a fim de, no presente, agir corretamente esperando um futuro conforme Deus promete.

Desta forma, por mais difícil e doloroso que nos seja, teremos benefícios se recapitularmos o passado, visando…

• Primeiramente, não cometer os erros de nossos pais
• Segundo, aprender dos acertos de nossos pais.

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armi.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: