Reavivados por Sua Palavra


NÚMEROS 29 – COMENTÁRIOS SELECIONADOS by jquimelli
7 de março de 2019, 0:05
Filed under: Sem categoria

829 palavras

Deus estabeleceu muitos feriados [festas, festivais] no calendários de Israel. A Festa das Trombetas era um dos três grandes feriados estabelecidos no sétimo mês (a Festa dos Tabernáculos e o Dia da Expiação eram os outros dois). Estes feriados proviam um tempo para revigorar a mente e o corpo e para renovar o  comprometimento com Deus.Se você se sente cansado ou distante de Deus, experimente tirar um “feriado espiritual”. Afaste-se da rotina diária e concentre-se em renovar seu comprometimento com Deus. Life Application Study Bible Kingsway.

1-6 A Festa das Trombetas era celebrada no início do sétimo mês, um mês muito ativo na adoração ao Senhor nas festas sagradas… Posteriormente na tradição judaica, esta festa comemorava o Ano Novo, Rosh Hashanah. A trombeta tocada tocada era o shofar, o chifre de carneiro [e não as trombetas de prata]. Bíblia de Estudo NVI Vida.

1-2 A Festa das Trombetas demonstrava três importantes princípios que devemos seguir em nossa adoração hoje: 1) Todo o povo se reunia para celebrar e adorar. Consegue-se um benefício extra pela adoração com outros adoradores. 2) A rotina diária normal era suspensa e nenhum trabalho duro era realizado. A adoração toma tempo e separar o tempo nos permite ajustar nossas atitudes antes e se reflete posteriormente. 3) O povo sacrificava animais como oferta queimada [holocausto] a Deus. Nós mostramos nosso comprometimento com Deus quando damos algo de valor para Ele. A melhor dádiva, é claro, somos nós mesmos. Life Application Study Bible Kingsway.

santa convocação. Isto é, uma convocação solene à qual todo o povo deveria comparecer. Bíblia Shedd.

O sétimo mês, o primeiro do ano civil, fora separado especialmente para propósitos religiosos (Lv 23:23-44), e contava com mais dias dedicados a ritos religiosos do que qualquer outro mês do ano. [ver tb Lv 23:24, 25]. CBASD – Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia, vol. 1, p. 1011.

três décimas de um efa. Cerca de 6,6 litros, a porção costumeira para sacrifícios dessa natureza. CBASD, vol. 1, p. 1011.

7-12 A Festa da Trombetas introduz [anuncia] o Dia da Expiação, um tempo de confissão, de arrependimento e de celebração (v. Lv 16; 23.26-32). Bíblia de Estudo NVI Vida.

Os sacrifícios da Festa da Expiação, realizada no décimo dia do sétimo mês, com feriado nacional e jejum. Aliás, é o único dia de jejum oficial ordenado pela Lei. Este era o dia da humilhação e da expiação dos pecados da nação, quando o sumo sacerdote ofereceria sacrifícios como expiação pelo santuário, pelos sacerdotes, e por todo o povo, Lv 16. Bíblia Shedd.

afligireis a vossa alma. Este ato incluía o jejum, que foi e é  grande jejum anual observado rigorosamente pelos judeus ortodoxos (cf. Lv 16:29; 23:27-29, 32; Sl 35:13; Is 58:3, 5; At 27:9). CBASD, vol. 1, p. 1012.

12-39 A Festa dos Tabernáculos, a última e a maior das três grandes festas anuais do povo judaico. Recebeu este nome para lembrar o tempo em que o povo habitava em tendas durante sua peregrinação no deserto, Lv 23. Na Terra Prometida esta festa se realizava ao redor do templo em Jerusalém, onde o povo armava suas tendas nos terraços e lugares abertos da cidade e da sua vizinhança, produzindo assim um aspecto festivo e original. Naqueles dias havia cerimônias esplêndidas. Bíblia Shedd.

13 treze novilhos. O mesmo tipo de sacrifício ordenado para outras festas. Mas, ao passo que dois novilhos eram suficientes em outras festividades, neste caso são prescritos 13 (Nm 28:11, 19, 27). A cada dia, durante sete dias consecutivos, um novilho a menos era ofertado (v. 17, 20, 23, 26, 29, 32). Assim, sete novilhos eram oferecidos no sétimo dia, totalizando 70 novilhos para os sete dias. CBASD, vol. 1, p. 1012.

17 No segundo dia, oferecereis doze novilhos. O total de novilhos oferecidos fica em setenta. Setenta era o número redondo no qual os israelitas calculavam os povos da terra, e a interpretação dadas a estes sacrifícios pelos próprios judeus é que foram feitos no sentido de interceder a Deus em favor de toda a raça humana. … o sacrifício único de Jesus Cristo haveria de abranger pessoas de todas as nações que se convertessem a Ele, o qual custou aos próprios discípulos entenderem (Gl 2.14-21; At 10.1-48). Bíblia Shedd.

doze novilhos. Um novilho a menos do que no dia anterior.  O número de carneiros e cordeiros não mudava. Todo o sistema de ritos repousava sobre o sacrifício diário; a despeito do número de sacrifícios acrescentados, a oferta diária nunca era deixada de lado. Da mesma maneira, o Cordeiro de Deus jamais pode ser substituído. Nenhuma função, nenhum rito e nenhuma regra pode tomar o lugar do Filho de Deus, o único por meio de quem há salvação do pecado. CBASD, vol. 1, p. 1012.

35 nenhuma obra servil fareis. Esta expressão ocorre muitas vezes quando se trata de festas religiosas, especialmente o dia do sábado, e nos ajuda a compreender que a religião não consiste no merecimento da obra humana, mas sim no descansar na graça divina, aceitando a salvação que Deus nos dá. Bíblia Shedd.

38 um bode, para oferta de pecado. Qualquer que fosse a festividade, requeria-se uma oferta pelo pecado (Nm 28:15, 22, 30; 29:5; etc.). O povo sempre precisava de perdão. Era importante não se perder de vista esse fato. CBASD, vol. 1, p. 1012.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.



%d blogueiros gostam disto: