Reavivados por Sua Palavra


GÊNESIS 19 – Comentado por Rosana Barros by Ivan Barros
31 de outubro de 2018, 0:30
Filed under: Sem categoria


“Ao amanhecer, apertaram os anjos com Ló, dizendo: Levanta-te, toma tua mulher e tuas duas filhas, que aqui se encontram, para que não pereças no castigo da cidade” (v.15).


Os mesmos anjos que estavam com o Senhor e com Abraão, seguiram em direção às cidades de Sodoma e Gomorra. Abraão ainda podia avistá-los, enquanto intercedia pelos homens perante o Senhor. Até que, finalmente, percebeu que o veredito divino já havia sido estabelecido. Em seu coração, uma tremenda angústia o fazia estremecer ao pensar em seu sobrinho Ló. Porém, “lembrou-se Deus de Abraão e tirou a Ló” (v.29) do lugar da destruição. Aqueles anjos não foram enviados para juízo somente, mas também por misericórdia (v.16). Quando Ló se separou de seu tio, a Bíblia relata que ele “ia armando as suas tendas até Sodoma” (Gn.13:12). O fato dos anjos o terem encontrado à porta da cidade demonstra que ele já possuía um cargo de destaque ali e, portanto, já não mais habitava em tendas, mas fixara residência na cidade iníqua.

Percebam que a reação de Ló ao avistar os anjos foi a mesma de Abraão quando dantes os recebera. Ele levantou-se, foi ao encontro deles, prostrou-se com o rosto em terra, insistiu para que fossem à sua casa e lhes ofereceu uma refeição. Não demorou, contudo, para que a maldade daquele lugar fosse manifestada. Logo, “os homens daquela cidade cercaram a casa” de Ló, “tanto os moços como os velhos, sim, todo o povo de todos os lados” (v.4), e lhe exigiram que os entregassem os anjos para que pudessem abusar deles (v.5). Ló, por sua vez, fez uma proposta odiosa àqueles homens: “tenho duas filhas, virgens, eu vo-las trarei; tratai-as como vos parecer” (v.8). Certamente, isto prova o quanto a moral de Ló fora corrompida e que o seu resgate era fruto da misericórdia de Deus e da intercessão de Abraão.

A recusa de Ló em atender aos reclamos dos ímpios causou-lhes um ódio sem limites, de forma que “arremessaram-se… contra Ló” (v.9). Os anjos, porém, “estendendo a mão, fizeram entrar Ló e fecharam a porta” (v.10). Feridos de cegueira, aqueles homens ficaram ali até que “se cansaram à procura da porta” (v.11). Avisado da iminente destruição, Ló foi incumbido de transmitir esta mensagem aos seus genros, mas a reação destes revela a omissão do patriarca da família quanto a ensinar à sua família o temor do Senhor: “Acharam, porém, que ele gracejava com eles” (v.14). Na verdade, o próprio Ló ainda não havia compreendido, de fato, a urgência daquela mensagem, de forma que os anjos tiveram de despertá-lo ao amanhecer e, percebendo ainda a sua demora, “pegaram-no os homens pela mão, a ele, a sua mulher e as duas filhas, sendo-lhe o Senhor misericordioso, e o puseram fora da cidade” (v.16). A mensagem final foi muito clara: “Livra-te, salva a tua vida; não olhes para trás, nem pares… foge para o monte… para que não pereças” (v.17).

Mesmo diante de tudo aquilo, Ló ainda insistiu em não seguir a primeira ordem dos anjos, mas pediu autorização para fugir para outra cidade. A sua falta de confiança na vontade de Deus e a sua demora em responder aos apelos divinos, porém, lhe custou a vida de sua esposa. Bastava ter confiado na boa mão do Senhor e assumido com responsabilidade o seu papel como sacerdote do lar, o coração de sua mulher não teria ficado em Sodoma. Não foi simplesmente o olhar para trás que a converteu em uma estátua de sal. Quando ela olhou para Sodoma em chamas, seu coração reclamou para si a mesma destruição. Em sua mente, caráter e conduta estava a inscrição: “Eu sou de Sodoma”. E a atitude promíscua de suas filhas só confirmou o quanto a negligência de Ló como chefe espiritual de sua casa e sua insensatez em fixar residência na roda dos escarnecedores causaram a ruína de sua família.

Amados, estamos vivendo em tempos muito difíceis, onde os valores da família têm sido lançados por terra como nunca antes. Sem o temor do Senhor, os pais vivem numa corrida desenfreada em busca do sustento e os filhos, por consequência, entregues aos próprios desejos. As escolas são obrigadas a assumir um papel que não lhes compete e a aceitar comportamentos que refletem a desordem de cada família. E assim, a “deseducação” torna-se uma influência inevitável. Conforme estudamos nos livros de Daniel e Apocalipse, estamos vivendo no limiar dos últimos dias. Chegará o momento em que o Senhor fechará a porta da graça e o mundo cairá em densa cegueira espiritual. A mensagem final para nós, hoje, é a mesma: “Livra-te, salva a tua vida; não olhes para trás” (v.17). Jesus mesmo disse: “Lembrai-vos da mulher de Ló” (Lc.17:32).

Não há gracejos nesta mensagem. É uma questão de vida ou morte eterna! Infelizmente, à semelhança do dilúvio e da destruição de Sodoma e Gomorra, assim se dará no Grande Dia do Senhor. Poucos estarão apercebidos e multidões perecerão por terem dado as costas ao último chamado de Deus. Como derradeiro povo do Senhor, temos cumprido com fidelidade a obra que Ele nos confiou? Saibam que esta obra possui uma ordem que precisa ser obedecida: do meu coração para a minha casa, da minha casa para a igreja e da igreja para o mundo. Sigamos o exemplo do pai da fé que, “de madrugada”, ia à presença do Senhor em oração (v.27). Salva-te e salva a tua família! Não te demores! Eis que o Senhor ainda está à porta e bate (Ap.3:20)!

Bom dia, alvos da misericórdia de Deus!

Rosana Garcia Barros

#PrimeiroDeus #Gênesis19 #RPSP


2 Comentários so far
Deixe um comentário

Envie só 2 comentários. Do Ivan Barros e Adolfo Suárez

Comentário por francisco de jesus a.quaresma quaresma

Caro Francisco,
O sistema envia automaticamente cada comentário, para nossa lista de e-mails cadastrados. Não temos como enviar individualmente, pois são mais de 3mil e-mails cadastrados.

Comentário por Ivan Barros




Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: