Reavivados por Sua Palavra


COMENTÁRIO GÊNESIS 4 – PR. HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
16 de outubro de 2018, 0:45
Filed under: Sem categoria

GÊNESIS 4 – O pecado não entrou devagarinho no mundo. O diabo aproveitou a oportunidade e abusou da brecha aberta para mostrar o que é capaz de fazer com a criação de Deus.

1. A segunda geração em sua juventude experimentou brutalmente os estilhaços do pecado. Satanás ataca a família. Aconteceu o primeiro fratricídio, irmão assassinou irmão (vs. 1-8);
2. As orientações e a graça divina foi descaradamente rejeitada, Deus foi questionado e ignorado. Após todas as demonstrações de misericórdia e graça (vs. 9-15) ao rebelde e revoltado “… retirou-se Caim da presença do Senhor” (v. 16).
3. Materialismo, hedonismo, imoralidade, ambição, crueldade e perversidade passaram a reger a humanidade que Deus fizera perfeita a Sua imagem e semelhança (vs. 17-27).
4. Parece que uma depressão espiritual, uma apatia religiosa e uma mornidão na busca a Deus tomou conta por alguns anos até mesmo de Adão e Eva, após a desgraça com seus filhos, até que outro filho e um neto começam o primeiro movimento de reavivamento e reforma na história do mundo (vs. 25-26).

O espirito humano que causa sofrimento nos outros surgiu com o pecado evidente logo no início de suas manifestações na humanidade. O povo de Israel na escravidão egípcia começava a ter uma luz com esses relatos. O sofrimento na escravidão egípcia (ou no pecado) não se deve ao fato de que Deus não existe, ou que Ele não ama ao pecador.

Os piores capítulos de nossa história revela um Deus presente em cada acontecimento. Sua graça é infinita. Observe:

– Ele fala ao irado Caim antes dele cometer fratricídio; o qual ficou calado diante das perguntas retóricas e amorosas de Deus (vs. 5-7);
– Após ter matado seu irmão, Deus aparece-lhe novamente, mas Caim mentiu, transferiu responsabilidade, questionou e mesmo assim recebeu oportunidade de viver e um sinal que lhe protegeria (vs. 9-15).
– Embora Caim fora considerado maldito, é a terra que sofre as maldições. Isso é graça divina! (vs. 11-12).
– Satanás corrompe a família; porém, Deus opera na família. Quando o futuro parecia desesperador e a semente da esperança parecia não brotar, Deus despertou Sete e Enos, pai e filho; daí se começou a história dos reavivamentos e reformas na História humana (vs. 17-26).

Permita que Deus desperte teu coração também! – Heber Toth Armí.


Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: