Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 28 by jquimelli
27 de abril de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

“Quem repreende o próximo obterá por fim mais favor do que aquele que só sabe bajular” (v. 23 NVI). É difícil acreditar nessas palavras, na cultura em que vivemos.

Sendo honesto comigo mesmo, tenho que admitir que sou repreendido todos os dias, quando estudo a Palavra de Deus. A Bíblia está cheia de palavras de sabedoria que me edificam, mas ela também me corta profundamente, porque com frequência desejo seguir caminhos contrários à Palavra de Deus. Quando paramos para pensar, entendemos que pelo fato de sermos pecadores, as justas palavras de Deus irão nos ferir repetidas vezes.

Deus é um amigo de verdade que não me lisonjeia com Suas palavras, um amigo que quer o melhor para mim. Ele constantemente deseja me refinar para que eu esteja apto para o céu. Sou eternamente grato pela maneira como Ele trabalha comigo.

John Huynh
Hope Channel , Inc.

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/pro/28 e https://www.revivalandreformation.org/?id=902 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/28/
Tradução anterior: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/01/31
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Provérbios 28 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



PROVÉRBIOS 28 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
27 de abril de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



PROVÉRBIOS 28 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
27 de abril de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

PROVERBIOS 28 – Nossa fé deve reger nossa conduta em casa, no trabalho, esporte, mercado, em todo lugar, até mesmo nossos relacionamentos na igreja.

O capítulo oferece-nos estes pontos, conforme Bruce K. Waltke:

1. Relação com a Torá/Lei para gerenciar e ganhar riquezas:
• Provérbio introdutório (v. 1);
• Primeira subunidade sobre a Torá/Lei e o governo justo (vs. 2-6);
• Segunda subunidade sobre a Torá/Lei e o governo justo (vs. 7-11).

2. Relação com Deus para governar e conseguir riqueza:
• Provérbio introdutório (v. 12);
• Deus e o dirigente (vs. 13-18);
• Riqueza mediante trabalho duro frente à precipitação (vs. 19-24);
• Riqueza através da confiança no Senhor e generosidade frente à mesquinharia (vs. 25-27).

3. Provérbio de conclusão (v. 28).

Diz o teólogo Paul R. House que “o conhecimento e a observância da lei de Deus são fatores supremos na luta contra a maldade. Os que abandonam a lei de fato escolhem louvar o pecador e suas convicções (28.4). Os mantenedores da lei alcançam sabedoria (28.7); suas orações são ouvidas (28.9). Sem profecia, a aplicação da lei na vida diária, as pessoas não têm nenhum freio; mas quando obedecem à lei elas são abençoadas (29.18). Tanto a profecia quanto a lei são revelações inspiradas por Deus que ensinam as pessoas a viver, e ambas requerem uma relação com Yahweh. Assim as matérias de sabedoria, a lei e a profecia formam um corpo de ensinamento que torna possível uma vida sadia”.

Tratar com indiferença aos princípios divinos faz que o avanço dos princípios do inferno seja rápido. Quando permitimos que a filosofia do inferno domine nossas atitudes tornamo-nos missionários do maligno, precursores dos demônios, agentes do diabo.

Pior é atacar princípios bíblicos que dão vida, para defender conceitos diabólicos que promovem morte. A tirania religiosa caracteriza-se pela arrogância daqueles que são agentes do mal, vestidos com vestes religiosas, alegando crença no evangelho, mas distorcendo a Palavra de Deus.

“Como sempre, Deus é a figura central na aquisição da sabedoria. O temor do Senhor permanece o pré-requisito para a graça divina (28.14). Crer no Senhor continua sendo a chave para as relações divino-humanas que resultam em enriquecimento (28.25) e segurança (29.25)” – declara House.

Sejamos fieis à Torá/Lei de Deus, revistamo-nos com a justiça divina/Cristo, para que nossa religião não seja hipócrita! – Heber Toth Armí.



PROVÉRBIOS 28 – Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
27 de abril de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“O que encobre as suas transgressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia” (v. 13).


Diante do estudo destes provérbios em forma de antítese, a Bíblia mais uma vez nos confirma que Deus faz distinção entre o certo e o errado, o justo e o perverso, a bênção e a maldição. Não há como buscar ao SENHOR e não ser por Ele transformado. A conversão promove mudanças e o justo começa a experimentar uma novidade de vida que os ímpios não conseguem entender (v. 5).
 
Ricos passam a compartilhar as suas riquezas. Egoístas deixam de o ser e priorizam mais os outros do que a si mesmos. Ébrios abandonam o vício e tornam-se exemplares sacerdotes do lar. Prostitutas tornam-se respeitáveis mães de família. Jovens entregues à luxúria e às orgias tornam-se valorosos porta-vozes de Deus e de Sua Palavra. Religiosos fariseus passam a ser praticantes da verdadeira religião (Tiago 1:27). Para o mundo tudo isto é loucura. Para Deus é a conjugação de dois verbos: CONFESSAR e DEIXAR.
JAMAIS haverá prosperidade na vida de quem encobre os seus pecados! Fazer isso é como alguém que varre toda a sujeira da casa para debaixo do tapete. Um dia o “tapete” da vida será levantado e toda a imundícia, exposta (Eclesiastes 12:14)!
 
Os reis da Terra estão embriagados com o vinho da devassidão da grande meretriz (Apocalipse 17:1-2). A suma do mundo é: “Siga a voz do seu coração!”
A suma da Palavra de Deus é: “Teme a Deus e guarda os Seus mandamentos; porque ISTO É DEVER DE TODO HOMEM” (Eclesiastes 12:13).
A verdadeira felicidade está no “constante… temor de Deus” (v. 14) e, aquele que teme a Deus, guarda os Seus mandamentos. Mas, “o que desvia os ouvidos de ouvir a lei, ATÉ A SUA ORAÇÃO SERÁ ABOMINÁVEL” (v. 9). A quem você tem dado ouvidos? Não foi sem razão que Cristo nos advertiu: “Vede que ninguém vos engane” (Mateus 24:4).
 
Por onde você tem andado?
“O que anda em integridade será salvo, mas o perverso em seus caminhos cairá logo” (v. 18). A sua vida tem refletido o caráter de Jesus ou você tem tentado usurpar o lugar que só a Ele pertence? Ser cristão não é simplesmente viver para Cristo, mas ter Cristo na vida. Nunca seremos exemplo para ninguém, mas Jesus nos chama como Suas testemunhas (Atos 1:8), para proclamar as Suas preciosas verdades. Verdades que precisam ser ditas, mesmo que causem dor (v. 23). O problema é que as igrejas não enchem se a mensagem não for a que as pessoas querem ouvir. Os gazofilácios não terão dinheiro se não houver milagres e expulsão de demônios. ESTÁ ESCRITO: “Nem todo o que Me diz: SENHOR! SENHOR! entrará no reino dos céus, mas AQUELE QUE FAZ A VONTADE DE MEU PAI, que está nos céus” (Mateus 7:21). Jesus foi cristalino, meus irmãos! Assim como Ele veio a este mundo e fez a vontade do Pai, estamos aqui para fazer a mesma coisa. Não confie em si mesmo, pois “o que confia no seu próprio coração é insensato” (v. 26) e “enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?” (Jeremias 17:9). Escolha ser temente a Deus e fiel aos Seus mandamentos e, certamente, você “será cumulado de bênçãos” (v. 20) e suas orações chegarão ao trono divino como aroma suave e agradável (Apocalipse 8:4).
 
Bom dia, filhos prudentes (v. 7) do Pai!
 
Desafio do dia: “Examinais as Escrituras” (João 5:39)! Não se contente com uma leitura superficial. Estude a Palavra de Deus e o Espírito Santo continuará lhe guiando “a toda a verdade” (João 16:13).
 
Rosana Garcia Barros
#PrimeiroDeus #Provérbios28 #RPSP



%d blogueiros gostam disto: