Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 13 by jquimelli
12 de abril de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Em Provérbios 13 destaca-se, entre outros temas, a importância daquilo que falamos. Palavras dão significado às coisas e são surpreendentemente poderosas. Palavras ferem ou curam. Palavras constroem ou destroem. E, sim, línguas soltas ainda afundam “navios” de todos os tipos: parcerias, namoros, amizades, aprendizagem e posses, para citar apenas alguns. Línguas soltas e sem controle afundam casamentos, famílias, governos, reputações e carreiras.

O conceito de que as palavras devem ser controladas por Deus, expresso por Salomão em Provérbios 13:2-5, 15 e, possivelmente, no versículo 17 (e mais adiante, em 18:21 e 21:23), não era novo para ele. Provavelmente ele o recebeu de seu pai Davi porque repete o conceito em Salmos 141:3: “Põe guarda, Senhor, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios” (ARA). Salmo 39:1 fala de um focinho ou um freio para controlar a língua. Antes disso, em Jó temos referências ao poder da língua e à necessidade de controlá-la (Jó 5:21, 15:3 e 5, 20:12, 27:4). Cuidar do que dizemos é tão importante que também é mencionado várias vezes no Novo Testamento. Tiago 3 fala sobre o poder da língua e a necessidade de controlá-la e usá-la para o bem.

Senhor, minha oração hoje é que coloques um guarda na minha boca. Quando a raiva surgir em mim hoje, controle minha língua. Quando tentado a falar mal dos outros, segure minha língua. Mas, mais importante, hoje, eu dedico a minha língua a Ti. Que ela esteja sob o controle do Espírito Santo. Use-a como desejas para construir o Seu reino de bondade, amor, graça e misericórdia para com todos os que me rodeiam. Amém.

David A. Steen
Professor Emérito
Universidade Andrews

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/pro/13 e https://www.revivalandreformation.org/?id=887 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/13/
Texto anterior expandido: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/01/17
Equipe de tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Provérbios 13 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas: https://credeemseusprofetas.org/



PROVÉRBIOS 13 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
12 de abril de 2017, 0:56
Filed under: Sem categoria



PROVÉRBIOS 13 COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by Maria Eduarda
12 de abril de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

PROVÉRBIOS 13 – Ao levantar-se bem de manhã (melhor de madrugada) para ler, meditar e absorver na alma as pepitas de sabedoria do livro de Provérbios, enriquecemos nossa vida e orientamos nosso coração a uma vida de grandes realizações.

Esse livro de apenas 31 capítulos abrange todos os assuntos de forma clara, sucinta e prática. Falando sobre este preciosíssimo livro, Ellen G. White destacou:

“Seus princípios de diligência, honestidade, economia, temperança e pureza, são o segredo do verdadeiro êxito. Esses princípios, como o livro de Provérbios apresenta, constituem um tesouro de sabedoria prática”.

Merrill F. Unger afirma que Provérbios, “é uma biblioteca de instrução moral e espiritual para os jovens, com o intuito de garantir uma vida piedosa e feliz e a recompensa da vida futura”. Portanto, quanto mais tempo passarmos estudando estas sínteses de sabedoria, estaremos investindo em nosso futuro.

No capítulo em apreço, podemos destacar os seguintes pontos:

1. A vida disciplinada não é regida pelas circunstâncias, mas pelos princípios de sabedoria em todas as situações, sejam elas favoráveis ou conspiratórias; porém, o viver, falar e agir disciplinadamente começam no lar. O lar que não tem disciplina gera filhos para o fracasso, sem amor e sem pudor (vs. 1-3).

2. Ser disciplinado no trabalho é essencial para o sucesso. Sem disciplina não existe crescimento tampouco pode haver promoção ao acomodado, que faz o mínimo, fraudulento; somente para o dedicado, esforçado, íntegro e proativo (vs. 4-8).

3. Aqueles que se dedicam a aplicar os princípios divinos em seu coração, a tal ponto de refletir cada um deles em todas as suas ações, não serão frustrados; todavia, quem confia em sua suposta sabedoria, enfrentará sérias consequências (vs. 9-16).

4. Quem aceita a correção e a disciplina do sábio que vem do Senhor será recompensado e honrado; entretanto, quem se recusa a aceitar orientações divinas, verão as desgraças de suas próprias decisões ingênuas (vs. 17-22).

5. Os pobres e os ricos, os filhos e os pais e, os ambiciosos e insatisfeitos, todos precisam ser corrigidos a fim de amadurecer o caráter e não deixá-lo apodrecer na injustiça, no pecado e na imoralidade (vs. 23-25).

Todos nós que somos atacados pelos pecados de todos os lados, precisamos deixar-nos influenciar pelos princípios de sabedoria de Provérbios!

Sejamos sábios! – Heber Toth Armí.



PROVÉRBIOS 13 #RPSP Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
12 de abril de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“O que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, cedo, o disciplina” (v. 24).

Eis a nossa geração: “egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus… Foge também destes” (II Timóteo 3:2-5).

Quando Paulo escreveu a Timóteo a situação da humanidade nos últimos dias, a aproximadamente 62 e 65 d.C., parece até que Deus lhe deu a visão exata do século 21.

Vivemos em um tempo em que dar uma palmada em um filho virou crime, mas permitir que sua inocência seja destruída por filmes e desenhos inapropriados tornou-se normal. Um tempo em que a educação na justiça (II Timóteo 3:16) foi trocada pela “deseducação” da televisão e da internet. Um tempo em que pais e mães estão tão ocupados em prover o sustento do lar que não têm tempo de evitar a ruína dos filhos. Tempo onde a mente das crianças nunca obteve tanta informação e nunca foi tão vazia do que realmente é importante. Uma geração que nunca teve tantos “amigos”, mas que nunca se sentiu tão sozinha. O que, afinal, está acontecendo? Porque tudo o que o apóstolo Paulo escreveu a centenas de anos atrás está se cumprindo com tanta precisão?

No início do verso 1 lemos o seguinte: “O filho sábio ouve a instrução do pai”. Filhos obedientes, de acordo com a Bíblia, são filhos sábios que alegram o coração de seus pais (Pv. 10:1). Este é o verso que inaugura o tema central de Provérbios. Ou seja, Salomão enfatiza a importância de uma família bem estruturada. E o que é uma família bem estruturada? É aquela cujos pais entendem e praticam os princípios bíblicos e cujos filhos são ensinados por preceito e por exemplo a seguir-lhes os passos. Satanás sabe que não há instrumento mais poderoso a favor de Deus do que uma família bem estruturada, cuja luz “brilha intensamente” (v. 9). Por isso que faz de tudo para que os pais estejam ocupados demais para instruir seus filhos e os filhos desocupados demais para que ele mesmo os destrua.

O ensino de pais que buscam a sabedoria do SENHOR “é fonte de vida” (v. 14) para os filhos, herança que é deixada “aos filhos de seus filhos” (v. 22). Filhos que são ensinados nas sagradas letras, desde a infância, tornam-se sábios “para a salvação pela fé em Cristo Jesus” (II Timóteo 3:15). Você percebe que a única forma de salvar a nossa família daquele quadro caótico descrito por Paulo é fazendo dela o nosso primeiro ministério?

Nunca houve um tempo tão oportuno para jejum e oração pelas famílias. Para deixarmos de lado as coisas vãs e passageiras deste mundo e cuidar da “herança do SENHOR” (Salmo 127:3). Para deixarmos a companhia dos insensatos e andar com amizades que nos edifiquem (v. 20). O nosso lar é alvo do mais puro amor de Deus. Mas também é o principal alvo da mais terrível cólera do inimigo (Ap.12:12).

Que o seu lar seja um pedacinho do Céu na Terra! Não há sermão mais eficiente do que este. Que sejamos salvos para salvar!

Continua…

Bom dia, famílias justas do SENHOR!

Desafio do dia: Inicie hoje o projeto que salvará você, sua casa e muitas outras famílias. Todas as quartas-feiras, jejum e oração até ao por do sol, em favor das famílias. Vamos fazer uma grande corrente e quebrar o jugo do inimigo dos lares dos filhos de Deus.

Rosana Garcia Barros
#PrimeiroDeus  #Provérbios13




%d blogueiros gostam disto: