Reavivados por Sua Palavra


PROVÉRBIOS 4 by jquimelli
3 de abril de 2017, 1:00
Filed under: Sem categoria

Comentário devocional:

Salomão torna-se ainda mais direto ao refletir sobre sua infância (v. 3), e compartilha o que seu pai lhe passou:

“Apegue-se às minhas palavras de todo o vosso coração;
Obedeça aos meus mandamentos, e você terá vida” (v. 4 NVI).
“Procure obter sabedoria e entendimento” (v. 5 NVI);
“Não abandone a sabedoria, e ela o protegerá” (v. 6 NVI);
“Procure obter sabedoria” (v. 7 NVI).

Com certeza o filho de Salomão foi abençoado pelos conselhos de seu pai. O que nos perguntamos é se ele foi capaz de assimilar tudo aquilo que o seu pai tanto queria compartilhar com ele!

Além de aconselhar seu filho a abraçar a sabedoria, existem muitos outros temas que Salomão traz à tona: a sabedoria traz proteção, compreensão, esplendor, longa vida e direção (v. 6, 7, 9, 10, 11); não coma o pão da maldade (v. 17), guarda o teu coração, a fonte da vida (v. 23), e mantenha a conversa corrupta longe de seus lábios (v. 24).

O rei expressa sua confiança nas bênçãos da sabedoria de Deus na seguinte promessa:

“…quando você por elas seguir, não encontrará obstáculos;
Quando correr, não tropeçará.
Apegue-se à instrução, não a abandone;
Guarde-a bem, pois dela depende a sua vida “(v. 12, 13 NVI).

Se Salomão tivesse seguido os seus próprios conselhos, não teria tropeçado tanto em sua caminhada. (Veja 1 Reis 11:1-13).

Jackie Ordelheide Smith
Diretora Assistente de Escola Sabatina e Ministério Pessoal da Conferência Geral da IASD
Washington, DC, Estados Unidos

Texto original: https://www.revivalandreformation.org/bhp/en/bible/pro/4 e https://www.revivalandreformation.org/?id=878 e http://revivedbyhisword.org/en/bible/pro/4/
Texto anterior expandido: https://reavivadosporsuapalavra.org/2014/01/08
Tradução: Pr Jobson Santos/Jeferson Quimelli/Gisele Quimelli
Texto bíblico: Provérbios 4 NVI
Comentário em áudio Pr Valdeci
Leituras da semana do programa Crede em Seus Profetas – “No Espírito e Poder de Elias”: https://credeemseusprofetas.org/



PROVÉRBIOS 4 – COMENTÁRIO PR EVANDRO FÁVERO by Maria Eduarda
3 de abril de 2017, 0:55
Filed under: Sem categoria



PROVÉRBIOS 4 – COMENTÁRIO PR HEBER TOTH ARMÍ by jquimelli
3 de abril de 2017, 0:45
Filed under: Sem categoria

PROVÉRBIOS 4 – Uma das mais importantes missões dos pais é ensinar seus filhos a viverem a sabedoria desde a infância, para que, ao chegar à idade adulta, estes ensinem seus netos a serem sábios.

O viver sábio não acontece de uma vez por todas, é um processo. Está atrelado à educação provida na infância, continuada em uma busca individual durante a vida inteira.

O capítulo em análise visa o amadurecimento moral do indivíduo, o qual deve prender nossa atenção caso valorizamos tal desenvolvimento. As três partes deste capítulo dividem-se pelos três versículos semelhantes (1, 10, 20):

1. Os pais devem conduzir seus filhos no caminho da sabedoria para que eles não descambem cada dia mais pelos obscuros caminhos do mundo. A base do ensino deve ser a “instrução” (Torá), ou seja, a Bíblia. Somente assim, o pai conseguirá inculcar na mente dos filhos que, adquirir sabedoria é o principal negócio da vida (vs. 1-9). Consequentemente, a existência dos filhos de pais que assim procedem será pautada pela…

• Segurança: Quem guarda a sabedoria no coração será guardado por ela das agruras da vida: aids, divórcio, prisão, assassinato, drogas, corrupção, imoralidade, etc.;
• Honra: Quem valoriza a sabedoria, verá que ela torna a vida gloriosa;
• Beleza: Quem preza pela sabedoria experimentará elevados prazeres, pois seus dias serão marcados pelas coisas mais belas da existência.

2. Nós, seres humanos, pecamos; consequentemente definimos nosso destino: A sepultura. Somos culpados, portanto, condenados. Contudo, a graça divina ofereceu-nos opção imerecida: A vida. Deste modo, hoje podemos escolher: O caminho da vida ou o da morte. Somente a sabedoria celestial pode-nos conduzir pelo caminho da vida (vs. 10-19).

• Os caminhos do pecado são caracterizados pela impaciência, problemas, estresses, perversidades, trevas, ignorância, violência, ingenuidade, misérias, tristezas, insignificância e amarguras até a morte;
• O caminho da vida é um confiante avançar das penumbras do pecado à luz da Palavra divina, ou seja, aproximar-se de Jesus que conduz à eterna felicidade (João 14:6).

3. Para ser verdadeiramente feliz (vs. 20-27) cada jovem deve…

• Relembrar sempre os ensinamentos da Palavra de Deus;
• Afastar-se de toda forma de corrupção;
• Manter o corpo e a mente em excelentes condições;
• Escolher excelentes amigos;
• Rejeitar constantemente a loucura para depender da sabedoria.

Atenção: Escolha, hoje, teu destino: Vida ou morte! – Heber Toth Armí.



PROVÉRBIOS 4 #RPSP Comentário Rosana Barros by Ivan Barros
3 de abril de 2017, 0:30
Filed under: Sem categoria

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida” (v. 23).

Não há nada mais confuso do que o coração humano. Somos movidos por sentimentos e emoções que muitas vezes nos fazem perder a razão. As emoções fazem parte de nossa vida, mas não devem ser colocadas acima da capacidade racional que o SENHOR nos dotou.

A sabedoria está em querer adquirir mais sabedoria e assim por diante até que Deus nos coroe com “uma coroa de glória” (v. 9). Até lá, o nosso caminho deve ser “a vereda dos justos… que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito” (v. 18). “Ouvi” (v. 1), amado, e “não entres na vereda dos perversos, nem sigas pelo caminho dos maus” (v. 14). Não troque “a luz da aurora” (v. 18) pela escuridão (v. 19)!

“Filho meu”, assim nos diz o SENHOR, o que sentimos está intimamente ligado com o que falamos (v. 24), com o que vemos (v. 25) e por onde andamos (v. 26). Por isso que, sobre os olhos, Cristo disse que “São os olhos a lâmpada do corpo” (Mt 6:22); que, sobre a boca, sentenciou: “porque pelas tuas palavras, serás justificado e, pelas tuas palavras, serás condenado” (Mt 12:37); e que, sobre o caminho em que devemos andar, este deve ser uma resposta ao Seu chamado: “Segue-Me” (Lc 5:27).

Seguir a Deus requer de nós a renúncia do “eu” e uma completa entrega do coração para que Ele realize a Sua mais linda obra salvífica. É extremamente perigoso expor o nosso coração. Notem que o sábio disse: “guarda”, isto é, não deixe à vontade, cuide, esconda, zele. Disto depende a nossa vida e a vida de muitos. O nosso coração deve ser morada do Altíssimo e um condutor para que muitos também façam a mesma sábia escolha. 

“No mais íntimo do teu coração” (v. 21) Deus deseja habitar. A você só cabe abrir a porta: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele, Comigo” (Ap 3:20).

Bom dia, filhos do Pai Celeste!

Rosana Garcia Barros 
#PrimeiroDeus  #Provérbios4




%d blogueiros gostam disto: